Jornal Estado de Minas – O MILAGRE DA RENOVAÇÃO

 Matéria e receita para o caderno Degusta do Jornal Estado de Minas

Cone de maracujá com capa de chocolate

Houve uma época em que passei uma fase muito difícil. Tinha fé que sairia dela, porém, apenas com dias por viver, jamais que teria vida de verdade dentro mim. Às vezes, chegava a duvidar que conseguiria sair respirando, mas como a conjuntura do momento me obrigava a levantar todas as manhãs, literalmente eu enfiava o transcorrer das horas num árduo e longo dia de trabalho. Não ter tempo para pensar podia me fazer esquecer a tal obrigação de ser feliz. A tudo aquilo, e com auxílio do tempo, resisti e escapei. Sobrevivi carregando um legado: “é preciso renovar, ter comprometimento com o ser feliz, ou ao menos viver em busca da sorte, a de alcançar a alegria de viver” (Deus foi gentil quando nos deu de presente o milagre da renovação).

Na procura da felicidade, me deparei com um cenário que me convidou a cozinhar, seguramente, um momento que se tivesse nome, seria “divisor de águas”. Uma dualidade, para dizer a verdade. Vida moderna, mulher agitada “adestrando” a aceleração da era contemporânea e quando desperta, ou ressuscita, se vê novamente encantada, absorvida e envolvida com abobrinhas…

Minha relação com a comida, desde o início, foi plena de alquimia e tão incorruptível, que senti a vida, até então apressada, parar! Tão virtuosa que vi a transformação dos alimentos também transformar a mulher moderna e acelerada, numa pessoa mais generosa e afetiva, ascendida pelo fogo. Testemunhei que a mutação dos alimentos nesse mesmo fogo tinha um espírito, e esse espírito veio trazendo sentido, gerando conforto e a percepção de uma nova vida. Renovação!

A renovação alimenta. Quem cozinha sabe bem o significado do inovar, do restaurar, do revigorar. E é isso que a Páscoa propõe, que façamos desabrochar uma nova história a cada dia. Hoje, desejo que cada um encontre seu segredo, seu mistério num gesto pessoal de renovação. Que ninguém se nivele a ninguém, nem a si mesmo. Recrie-se! Renove-se!

Ah, e no fogão, ao refazer uma receita, sugiro que jamais reproduza o mesmo sabor, pois ao cozinhar, cuida-se da renovação do alimento, mas também, das feições e das paixões. Comece hoje, aproveite que o chocolate por si só, já é um ingrediente “milagroso”, inspire-se nessa receita e crie a sua própria forma de surpreender, de maravilhar, de renovar!

FELIZ PÁSCOA e lembre-se sempre: Deus foi gentil quando nos deu de presente o MILAGRE DA RENOVAÇÃO. Aleluia!

O milagre da renovação

CONE DE MARACUJÁ COM BAIXAR RECEITA

CONE de MARACUJÁ com CAPA DE CHOCOLATE com calda quente de MARACUJÁ
BAIXAR RECEITA

aaaa

Oiiiê, se quiser receber um email avisando quando publico um novo post, por favor deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

35 comentários em “Jornal Estado de Minas – O MILAGRE DA RENOVAÇÃO

  1. Querida fada, sejamos humildes e dignos de renovação.
    Hoje sou uma pessoa extremamente positiva ainda que o mundo esteja caindo na minha cabeça. Como você me ensinou, sorrir é o melhor remédio.
    Com amor,
    Clarisse.

    • Minha linda e querida Cla, flô! Você é uma pessoa que pode ser dada como exemplo para tudo isso. Renovação faz parte do seu viver. Parabéns! Bjss

  2. Dilu, eu acho que vc não se lembrará de mim, mas eu venho te acompanhando e adorando tudo que vejo. Vc sempre foi assim perfeccionista. Tudo que faz, faz bem feito. Parabéns!

    • Lud, claro que me lembro de você e é sempre. Que bom você aqui! Obrigada pelo tudo que faz, faz bem feito. São seus olhos carinhosos! Volte sempre querida, fiquei muito feliz!

  3. Dilu, você devia escrever para o jornal toda semana, seus escritos são os mais bacanas pq sai do lugar comum. Adoro!

    • Ah Joana, obrigada querida, fico super feliz de você gostar. Mas não consigo escrever toda semana, por que além do texto, crio o prato, arrumo a receita, saio para comprar os ingredientes, preparo o prato, tiro as fotos (mais ou menos umas 150), escolho uma e arrumo a foto… ufa! Cansou? kkkkkkkkkkk Mas de qualquer maneira, você me incentiva. Bjss

  4. Dilu dilucious, superinteressante como no texto vc saiu do lado triste e triunfou com a virada da renovação. Eu gostei demaissssssssss Bravo!

  5. A tudo aquilo, e com auxílio do tempo, resisti e escapei. É isso, só o tempo faz com que a gente continue viva depois de coisas ruins que acontecem. Um grande abraço e feliz por vc.

    • Obrigada Marcia. Na verdade, quando vivemos um momento de vida triste e ruim, é horrível ouvir que o tempo ajuda a superar. Mas depois que passa, entendemos e percebemos como só o tempo tem esse poder. Bjss minha querida

  6. Adorei o texto e a receita! Como sempre você brilhou! Queremos Dilu todo Domingo no Estado de Minas! Abraços, Tetê

    • Ah Teresa querida, demais você como grande criadora de sorvetes artesanais super diferentes e arrojados, ter gostado da receita. Fico feliz!
      Rsrsrss Todo domingo? Ufa! Vou copiar e colar aqui a resposta que dei para a Joana: “não consigo escrever toda semana, por que além do texto, crio o prato, arrumo a receita, saio para comprar os ingredientes, preparo o prato, tiro as fotos (mais ou menos umas 150), escolho uma e arrumo a foto… ufa! Cansou? kkkkkkkkkkk Mas de qualquer maneira, você me incentiva. Bjss

  7. História comovente e linda Dilu, só quem vive uma dor real sabe o verdadeiro significado da palavra renovação e sobrevivência….bjs!

    • É verdade Candida, as vezes não somos capazes de avaliar a dor de um irmão, de um amigo, ou de um ente querido. Só é possível entender o “milagre” da renovação quem num momento de vida, não conseguiu ver “a luz no fim do túnel”. Minha querida, muito obrigada!

  8. Dilu,
    Este espirito de renovação, de recriação,de reisurreição que você viveu , realmente foi e é um presente de Deus…
    Sua fé realmente nos mostra que a vida vale a pena de ser vivida e que move montanhas …..
    Parabéns pela bela matéria, parabéns pela deliciosa receita e obrigada por nos dar esta grande lição de vida…
    e VOCÊ como sempre, “brilhando” no cenário da VIDA….
    Feliz Páscoa !!!!

  9. Diluzinha, adorei o criar a sua própria forma de surpreender, de maravilhar, de renovar! É isso “fia”, cada um tem a sua peculiaridade, e vc incentiva isso, mesmo dando a receita. Adorei!

    • Rsrssss dar a receita é apenas uma maneira de conduzir. Maravilhoso é cada um seguir seu próprio caminho. Na cozinha, na vida e nas relações. Bjs amore

  10. Dilu, eu vou tentar fazer o cone, se não der certo, eu coloco outro nome e digo que “inovei”. Parabéns pelo belo texto de Páscoa.

  11. A renovação alimenta. Que façamos desabrochar uma nova história a cada dia. Hoje, desejo que cada um encontre seu segredo, seu mistério num gesto pessoal de renovação. Que ninguém se nivele a ninguém, nem a si mesmo. Recrie-se! Renove-se!

    Bárbaro! Bárbaro e bárbaro! Dilu, como copiei e colei aqui, colei também na minha vida. É um aprendizado que deve ser levado.

    Muitos beijos e abraços no seu coração, Natalia

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps