“A 100 passos de um sonho”

Essa dica Dilucious para comer com os olhos e o coração, além de imperdível, se apresenta como um programa delicioso para o fim de semana: “A 100 passos de um sonho”, é um filme que narra a história de um talentoso garoto indiano que chama a atenção para o que hoje, é o assunto do momento, a gastronomia. Sua criatividade na cozinha, aos poucos vai conquistando o paladar francês, e o poder transcendental da comida entra na maior de suas funções: a de unir pessoas muito diferentes. Sim, o filme culmina numa aproximação simbólica entre duas culturas, num enredo leve, que veio para conquistar também nossos estômagos, e o melhor, com final feliz! Confira a programação no conforto da sala Premier Cineart do Ponteio. Programão gastronômico 100 receitas… ops… sem receitas!

.

.

aaaa

Se quiser receber um email avisando quando publicamos um novo post, por favor deixe seu email aqui. Obrigada, Stella

BBB

Você poderá gostar de:

13 comentários em ““A 100 passos de um sonho”

  1. Não vou perder. Já viu um filme indiano A Lancheira é o título em Portugal em inglês The lunchbox ? é lindo o romance através da marmita.

    beijo, Mônica

  2. Stela, acabo de chegar do cinema e fico pensando nesse filme, que, ainda bem, você o colocou como uma deliciosa dica no PITADAS. O filme é realmente leve, lindo, simples, previsível como diz a critica especializada, mas nos conquista e nos envolve com o que a gente tanto tem propagado nesse último ano: sensibilidade, gentileza, carinho e principalmente, amor. Adorei!

    Em especial, em três falas que me marcaram, mais que outras.

    Não lembro as palavras, mas o espirito dos alimentos dito pela mãe… ai que coisa linda. Se alguém lembrar o que exatamente ela disse, pleasseee, escreve aqui. Preciso saber.

    “Pensamos que morremos todos no acidente e achamos que estamos no paraíso”

    “Porque mudar uma receita que tem 200 anos? ”
    “Talvez 200 anos seja tempo suficiente”

    • Dilu, acabei de chegar do cinema e fui ver o mesmo filme. Adorei. Encantador. Sem amor não há cozinha com alma.
      Stela que bela dica. obrigada.

      beijo as duas,

      Mônica

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps