ENTRE MURMÚRIOS E SUSSURROS por Vera das Alterosas

Junia escreveu no post DILU por MIM (se quiser relembrar, clique aqui):

– ”Quando digo conhecidos com desconhecidos me estendo à comida também”.

Agora, eu Vera, escrevo:

Júnia, gostei do post todo e concordo com tudo. Mas esta frase foi genial. É exatamente o que sinto quando degusto os “dilu plates”. Ingredientes inusitados se conhecendo pela primeira vez. Aliás……….., aliás……….. isto dá um post, diria Dilu! Algo tipo realismo fantástico.

..

ENTRE MURMÚRIOS E SUSSURROS

Por Vera das Alterosas

.

Noite alta na casa de Dilu. Todos já se recolheram aos seus quartos. Mas na cozinha, ouvem-se murmúrios e sussurros que vêm dos armários de louça, do freezer, das prateleiras onde já estão separados vários pratos, cumbucas, loucinhas e louçonas que comporão o “mis en place” do almoço do dia seguinte.

Do armário se ouve um potinho oriental de servir sopa dizendo para um cubinho de acrílico feito para a mesma finalidade:

– Pode esquecer. Amanhã quem vai para a mesa sou eu e meus irmãos. O almoço é árabe!
– Eu não contaria vantagens antes da hora. Você sabe que Dilu inventa e reinventa, e é na hora.
– E quem vem? As diluzetes?
– Acho que amanhã serão casais, mas a Polinha , digo, Sra Ana Paula Lanari vem. Ela é diluzete de primeira hora, né?

De repente, se ouve um murro vindo de dentro do freezer e em seguida, um comentário do chocolate branco, já na bancada.

– Hummmmmm, é o caviar! Tá doidinho comigo! Seremos um par em breve.
– Enlouqueceu querido? retruca o potinho de Flor de Sal. Fosse comigo, ainda teria chance. Flor de sal em sobremesas tem feito sucesso. Mas um affair de Chocolate branco e Caviar? Amor impossível!
– Estamos na casa de Dilu, esqueceu?

(kikiki, e assim foi a conversa, a noite toda, ENTRE MURMÚRIOS E SUSSURROS, até o dia amanhecer e Dilu e seu staff entrarem na cozinha).

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

BBB

Você poderá gostar de:

14 comentários em “ENTRE MURMÚRIOS E SUSSURROS por Vera das Alterosas

  1. Vera sua linda!!!Vc sempre inusitada…mas acho que vindo ” donde” vem, a turma da cozinha confabula mesmo à noite( hehe)!!

  2. Vera minha amiga, diz a lenda que quase sempre coisas estranhas não acontecem por acaso. E não por acaso, os murmúrios e os sussurros já haviam me dito sobre outras coisas estranhas sobre o destino, sobre o que estava guardado pra mim ou sobre os caminhos que essas coisas estranhas iam tomar. Nessa linha de pensamento, nem me passa questionar sobre a coisa dos tais caminhos, até mesmo pq sei, se falar demais, vira blá blá blá, mas sei tb que lá dentro do meu coração, o que me resta é agradecer, isso basta!

    • Dilu, sim, temos um respeitinho grande por este tal de “acaso”, que, já te disse, prá mim é a morada de Deus. E ele acabou nos fazendo encontrar, um encontro improvável, e temos feito deste encontro uma amizade especialíssima para meu coração. Também agradeço, sempre. beijos, volte logo.

  3. Veraaaaa
    Quero o resto da história!!! Parou por que, por que parou??? Já estava com a imagem toda na cabeça quando o conto terminou…quero mais!!!!!
    Bravo, Uhuuuuu!!!!

    • Para usar um ” termo culinário ” , engrosso esse côro , que pede a continuação desse post genial !
      Parabéns , Vera !

  4. Vera ainda bem que vc tb acha o mundo da Dilu um mundo criativo, junta com o seu, aí que fica bom mesmo. Muito gostoso ver as duas juntas, beijokas!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps