Cérebro, seu _ _ _ _ _ _ Por Ana Paula Lanari

polinhaSabe, tenho uma amiga que é tão amiga que é Fada! Juro, Fada mesmo, daquelas que te transformam em Cinderela num toque de quatro palavras!!!! “Como você está linda!!!!”. Isso naquela hora que você está se sentindo o ó do borogodó, essa mulher maravilhosa, sofisticada, linda, magra, chique, te dá aquele abraço apertado, te olha com carinho e ainda te diz por uma segunda vez: “puxa… você está linda!!!”. Só pode ser Fada da Disney, com varinha de condão e tudo mais!!! Como eu gosto dessa minha fada madrinha, amiga mais que irmã!!!

.

Cérebro, seu _ _ _ _ _ _

Por Ana Paula Lanari

.

Bom, mas agora vou contar umas coisas no meio do carinho desse amor todo por essa amiga, tá? Essa criatura encantada me desperta a vontade de escrever, além de aguçar as memórias da minha infância, e desde cedo fiquei a lembrar de pedacinhos gulosos da minha vida lá pelos sete anos de idade! É, papai tinha um sítio que eu amava de montão e lá, além dos meus dezessete cachorros, tinha um caseiro que fazia queijo e servia o bendito na palha de milho!!! Meu Deus, nem parece que eu comecei a almoçar às três horas da tarde e terminei agorinha mesmo, às 8 horas da noite na companhia da minha Fada e do lorde dela!!!!! Tô falando… essa amiga enfeitiçada tem esse poder de trazer à tona as lembranças da gente, né não? O queijo vinha quentinho e mole, e exalava aquele cheiro delicioso que me faz babar até hoje!!! Que coisa boa!!! Não faço a menor ideia que tipo de queijo era, só que era branco como a neve, salgadinho, quente , cheirava como em sonho e vinha na palha de milho!!! Vai explicar o motivo dessa lembrança hoje? Sei lá sô, deve ser essa Dilu mesmo, com seus queijos franceses, italianos e tal e qual!!! Deve ser encanto, magia, amor pela felicidade da vida! Só pode!

Outra coisa que eu queria dizer é que, antes de ir encontrar com a Fada, me preparei e me produzi, afinal não sou uma cinderela qualquer. Essa coisa de ficar suja de borralhos de lareira e vestida de trapos só mesmo nas estórias, na vida real a gente tem que subir no salto! rsrsrsrs Bom, hoje sofri um tanto bom, já que para a aparência ficar mais bonitinha resolvi entrar na minha cinta segura banha. Sabe aquele cretino que inventou o aparelho de mamografia? Pois é, quem inventou a cinta segura banha é o avô desse _ _ _ _ _ _ (não falo palavrão, então deixo para você completar a lacuna). Me espremi, puxei, pulei, estiquei, por uns quinze minutos e consegui entrar naquele tecido de auto flagelação. Banhas contidas, fui com o Vittorio almoçar com o casal mais chique de Belzonte! Com relação à banha, hoje li um artigo por demais interessante e… cretino! O danado do cérebro humano é um tremendo _ _ _ _ _ _ (complete a lacuna com um bom palavrão). Sabe aquela promessa de fim de ano que a gente faz toda cheia de boa vontade e expectativa, que jura que vai cumprir, que te dá uma sensação gostosa de felicidade e esperança? Pois, é no meu caso, no primeiro prato de macarrão que meu cérebro enxergar vai tudo por água abaixo!!! Grande _ _ _ _ _ _ (complete com um palavrão bem feio, por favor). É científico, o meu cérebro quando vê um prato de macarrão bem gostoso, fica abanando o rabo feliz da vida, tal qual cachorro carente e libera uma quantidade enorme (grande mesmo), de dopamina ao ver a delícia a ser consumida!!!!!! AHHH! Nemmmm!!! Cadê a felicidade da promessa da virada de ano??? Se esvai na primeira vista de um prazer gastronômico. Simples assim!!! _ _ _ _ _ _ (complete a lacuna) de cérebro volúvel!!!! Poxa, como lidar com um cretino desses que nos trapaceia na primeira guloseima???? Affff!!!! Preciso ter um papo com Deus. Coisa séria, entre Ele e eu. Você deve estar a pensar, o que tem a Fada a ver com meu cérebro e minha gula? Tem tudo, a mulher é Fada e cozinha divinamente, tem um blog de gastronomia maravilhoso e fala sobre tudo o que eu mais gosto que é comida!!!!!!!! Então vou concluir por aqui, já que meu cérebro não pode ser domesticado como um bom cachorro, vai ser domado na base da chibatada, para aprender a ter educação para comer!!! Libera dopamina na primeira foto de comida pra ver uma coisa, trezentas chibatadas!!! Kkkkkk Seu cérebro _ _ _ _ _ _ (complete a lacuna com um palavrão bem cabeludo). E ainda vais aprender a gostar de exercício físico seu _ _ _ _ _ _ (agora complete com o seu palavrão favorito)!

Para finalizar a delícia da tarde e início da noite, nada melhor que sair do aparelho de tortura medieval no qual eu me encontrava, claro que não foi tarefa fácil depois de cervejas, vinhos, comidas e um pequeno gole de água. A coisa que já estava apertada, esturricou e aderiu como uma cola à minha pele e só saiu com mil pulos. E as lágrimas que rolavam devido à vontade absurda de fazer xix?!!!! Ufa! Dei conta!!! Chorei lágrimas de alívio junto aos litros derramados!!! rsrsrsrsrs Valeu a pena, sempre vale a pena sair com o casal Dilucious!!!

P.S. Cérebro, seu _ _ _ _ _ _ (complete a lacuna com o pior palavrão que você conhece), a minha promessa de fim de ano está de pé e eu vou te domar, viu?

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu e-mail aqui. Obrigada, Ana Paula

BBB

Você poderá gostar de:

14 comentários em “Cérebro, seu _ _ _ _ _ _ Por Ana Paula Lanari

  1. É engraçado a forma de cada um ver o outro, né? Graças a Deus que é assim! E por ser assim existe o tal “o que seria do amarelo, se todos gostassem do verde”. rsrsss… Temos todos tantos outros etcs e tal desfavoráveis e nem tão bons assim que nem imaginamos… Contudo, só podemos agradecer por ter alguém que gosta tanto da gente que vê numa mulher comum uma “mulher maravilhosa, sofisticada, linda, magra, chique,”. É o amorrrrr….. Tanto que a Pessoa chic etc e tal, completa as lacunas com a maior facilidade… kkkkkkk
    Mas de tudo, o que mais gostei foi o “despertar a vontade de escrever”, isso é maravilhoso pra nós que lemos o que vc escreve. Que bom, fiquei muito feliz com isso! Espero despertar tb a vontade de “ginasticar” pra promessa se tornar mais fácil de ser cumprida. E o “tecido de auto flagelação” vai chegar ao ponto de ficar bambo, mesmo quando o seu “cérebro” ver o primeiro prato de macarrão…… kkkkkk

    • Fada minha amiga querida do coração , você me faz bem! Você é tão mágica que me faz caminhar 40 minutos na esteira, só mesmo um poder sobrenatural para isso acontecer! !! Rsrsrsrs

    • Obrigada Renata! A declaração é a mais pura verdade, você sabe que a Dilu é a pessoa mais “gostável” da face da terra né? Adoro a sinceridade absoluta da Fada, e rechear esse carinho com bom humor é fácil! Beijo

    • Ana Lúcia, adorei seu comentário! Kkkkkkk Sabe que tem pouco tempo que me caiu a ficha do significado do palavrão – tá f. e mau pago? Kkkkkk Sou bem fraca nesses vocábulos! Kkkkkk beijo

  2. Cama Ana Paula! Eu tb sou igual a vc. Pq que no primeiro prato de qualquer coisa que meu cérebro enxerga vai tudo por água abaixo? Pois é, no meu caso nem é macarrão, é qualquer coisa. Ninguém merece!

    • Sandrinha querida, vamos revezar o ombro amigo, mas não para chorar, vamos rir um bocado e tratar de domar esses nossos cérebros infiéis! KKkkkkk beijo

  3. Ana querida, vc é incrível! Vc escreveu esse texto pensando em vc, certo? Pois vou te dizer que muita gente, inclusive eu, me identifiquei totalmente com tudo que vc escreveu aqui! Só que há alguns anos atrás. Era pior que politico pra cumprir promessa! Todo final de ano a meta para o ano novo era caminhar, fazer dieta, enfim emagrecer! Mas hj em dia vivo absolutamente sem culpa, nesse detalhe talvez me diferencie de vc. E outra, nem ouço mais cobranças alheias, pois com 61 anos tenho direitos adquiridos, e um deles é me permitir ser gorduchinha e comer de tudo que gosto e ainda posso! E com nossas amigas maravilhosas e cozinheiras inigualavés fica impossível resistir! Parabéns Ana! Dizem que o bom humor é o que mais nos aproxima de Deus! Bjos!

    • Virgínia querida amiga, você tem razão, a culpa dorme comigo toda noite e eu nem convido a safada. Infelizmente não posso comer de tudo o que gosto, porque meu corpo assimila tudinho. Afff! Mas, com bom humor vou dar um jeito nesses vinte kg que não me pertecem. Saí gordura desse corpo que não te pertence!!! Kkkkkkk beijo grande

  4. Ana querida….delicioso seu texto! Dá até vontade de comer(literalmente) as palavras para ver onde termina!!
    Apesar de nossa fada despertar os desejos mais perversos quando está no comando das panelas(gula-quero mais;egoismo-não divido o meu;inveja-como cozinha bem) saber que ela também despertou sua vontade de escrever,é o maior presente de todos!!!!
    Seu bom humor e presença de espirito brinca com as palavras com uma leveza estonteante!!
    Continuo te adorando!!!!Bjos amada!

    • kkkkkkkkkkkkkk Júnia, colega e amiga de uma vida inteira, obrigada pelas palavras! Adorei os desejos perversos! kkkkkkkkkkkkkkkkk Continuo te adorando tambem! Beijos

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps