Conclusão: o caso é que, o HOTEL FASANO é um caso de amor!

São Paulo é tudo de bom pra quem quer ser surpreendido com novidades que pipocam a cada dia. Dá pra montar um monte de roteiro diferente, pois coisa que fazer é o que não falta onde a diversidade cultural é enorme, pontos turísticos despontam pra todo lado, restaurantes privilegiam todas as cozinhas do mundo e, claro, hotéis de altíssimo padrão. O caso é que, esse último item (hotéis) dá até uma atrapalhada pra quem tem intenção de fazer turismo, já que são tão bons que temos vontade de ficar só lá dentro, curtindo o hotel. É o caso do FASANO! Nossa primeira estadia no FASANO rendeu um post super engraçado veja aqui e, por isso, hoje quero um texto mais normal, já que não teve post das outras vezes que nos hospedamos lá.

.

Conclusão: o caso é que, o HOTEL FASANO é um caso de amor!

.

.

Neste final de semana prolongado pensei em ficar no recém inaugurado Hotel Tangará. Fiquei sabendo que é lindo, mas fora de mão – isso é péssimo numa cidade grande, pois perde-se muito tempo no trânsito e…

.

.

E, o caso é que, queríamos um hotel super bem localizado, bem nos Jardins, a poucos passos da Oscar Freire… Conclusão: deu FASANO!

.

.

Ok, confesso! Teve outro motivo para não ficar no Tangará: e o medo de sentir saudade do FASANO?

.

.

Chegamos no FASANO e Luiz já queria um drink, é o que mais combina neste tipo de hotel. Sentar ali no hall, naquele bar lindo é uma delícia.

.

.

Eu curto ver pessoas lindas e famosas, tenho até vontade de pedir uma selfie, mas Luiz não deixa 👿 . Em compensação… olha o que achamos ao entrar no quarto: um porta retrato com nossa foto! Show demais!

.

.

O caso é que, mais uma vez vimos que o FASANO oferece desde estrutura para a realização de casamentos até mimos para os pombinhos 🙂 .

.

.

Bem, descansamos do dia que foi bem agitado veja aqui e aqui e aqui num quarto lindo e super confortável.

.

.

Queríamos fechar o dia com chave de ouro e, o caso é que, pra isso, só jantando no próprio hotel, no restaurante de alta gastronomia e mega premiado: FASANO, onde a personalidade e excelência do restaurateur Rogério Fasano se unem à cozinha do Chef Luca Gozzani.

.

.

.

A ambientação é super linda e elegante, projeto dos premiados (aqui tudo e todos são premiados) arquitetos Isay Weinfeld e Marcio Kogan.

.

.

O caso é que, nosso jantar também seria premiado se tivesse entrado num concurso – tudo espetacular, das companhias à comida!

.

.

Para começar, o Luiz pediu uma seleção de queijos que vieram com geleias, mel, umas torradas fininhas, lindas e umas torradas comuns de pão de forma.

.

.

Minha amiga pediu uma salada (num lugar desse e a pessoa me pede folhas verdes… ahh… meu Deus, às vezes eu queria ser assim! Só que não! 😛  éééé… o caso é que, ela é magra e eu não…). Ela gosta de beber a comer, pronto!

.

.

Depois ela pediu camarão.

.

.

Nosso amigo pediu uma carne e o Luiz pediu, de entrada, um suflê…

.

.

… e para o prato principal, um risoto… Êta povo que não sabe aproveitar… Mas enfim, cada doido com seu gosto!

.

.

Euzinha fui de menu degustação, afinal, foi pra isso que vim ao FASANO. E pra minha felicidade, o cardápio oferece várias opções de menu.

.

.

Mas, jamais peço risoto em restaurante, não gosto! Pedi para trocarem por um prato do outro menu e o meu “desejo foi uma ordem”: carpaccio de vieira.

.

.

O caso é que, foi a melhor troca do mundo! Sobre fatias finíssimas de vieira vinha pipoca de arroz selvagem e, numa esfera, o iogurte… Esfera é um dos recursos da gastronomia molecular que forma uma cápsula com algum tipo de líquido dentro e que estoura quando colocada na boca.

.

.

Até estranhei porque Rogério Fasano deu uma entrevista dizendo que a comida molecular não entraria no Fasano…  (“Continuamos dentro do clássico, mas de uma forma mais contemporânea. Agora, se um dia eu tiver de fazer espumas, como aqueles europeus, vou me sentir um derrotado”).

.

.
.

O caso é que, adorei o “repensar” de Rogerio Fasano, pois logo em seguida veio o ovo perfeito, outra invencionice “daqueles europeus”. O do Fasano veio com berinjela assada, tomatinhos cereja, creme de queijo e algo crocante que, acho, eram croutons. Inesquecível!

.

.

Devo confessar: já experimentei uns 100 ovos perfeitos e nenhum tão bom e tão perfeito: gema aveludada, macia, sem aquelas “melequinhas” insuportáveis dos ovos imperfeitos que a maioria serve por aí.

.

.

Depois voltamos para o clássico e contemporâneo: ravioli de abóbora com foie gras, creme de amêndoas e manteiga de sálvia. Maravilhoso!

.

Observe como o ravioli é amarelinho, foi no Fasano que aprendi a fazer a massa com muuuuuuitas gemas caipiras

.

Em seguida veio o Brasato de wagyu ao vinho tinto com Creme de batata e cenoura. Juro, não tenho capacidade de explicar este prato, mas posso dizer que nunca comi algo tão maravilhoso. A carne desmanchava na boca. Na hora que disse que amei, o garçom me perguntou se eu queria outro. O caso é que respondi… não! E o arrependimento?!

.

Parei de usar minha câmera fotográfica pra usar o celular, mas morro de raiva com essas fotos horríveis

.

Sobremesa… Ahhh sobremesas! Alguém pode me explicar o que acontece com esta parte tão importante e tão difícil de acompanhar o alto padrão da refeição?!

.

Luiz ficou com a sobremesa do meu menu

.

Eu pedi o TIRAMISU, porque amo e este é “o melhor de São Paulo” 😮 . Estava gostoso, mas… meio bobagem e bem feiozinho, né?!

.

.

Não sei bem o porquê, ganhamos um bolinho de aniversário! O caso é que, sei sim: comemorávamos mais um dia abençoado de vida, com muita gratidão.

.

.

Ainda veio o prato de petit fours que minha amiga… nem tchum… E eu, nem “tchum” também? Ãh rã! Experimentei um de cada e ainda devorei todas as telhas…

.

.

Bem, o caso é que, se hospedando ou não no Fasano, é obrigatório uma passada no Baretto para o último drink.

.

Baretto, considerado bar número 1 do mundo! Isso mesmo, do mundo!

.

Considerado bar número 1 do mundo com música ao vivo e muita gente bacana. Ah, eles servem alguns pratos também.

.


.

Nossa! Nosso dia foi maravilhoso! Agora, só uma cama. Cada noite um mimo nos espera no quarto, com direito à uma pequena aulinha gastronômica. Amo!

.

.

Assim como dormir é bom, acordar é melhor! Ainda mais dando de cara com o chef no café da manhã, podendo parabenizá-lo e agradecer tudo que ele me proporcionou no jantar do dia anterior.

.

Eu e o chef Luca Gazzoni

.

Bem, é vida que segue e “prestenção” no clima que temos para o café da manhã, mais charmoso impossível.

.


.

Olha isso gente, que amor! Em meio aos prédios de São Paulo, uma hortinha bem escondidinha nos fundos do Hotel Fasano… Mais uma vez pensei: o caso é que, o HOTEL FASANO é um caso de amor!

.

.

Caso é que, com aquelas guloseimas então… Ah, não pense que comemos tudo isso, as fotos à seguir mostram 3 dias de café da manhã, tá?

.

.

Eggs benedicts ou ovos beneditinos são ovos poches colocados sobre pão com presunto ou salmão e coberto com creme hollandaise que é à base de ovos, manteiga e limão. 

.

..

Caso é que, são bons demaisssss…

.

.

Os ovos casam bem com espumante…

.

.

… que por sua vez, casa bem com café da manhã sem hora pra terminar, que casa com companhias maravilhosas…

.

.

… que por sua vez casa com brindes de boas novas!

.

.

No mesmo ambiente informal onde é servido o café da manhã funciona o NONNO RUGGERO, restaurante que Rogério Fasano encontrou para dar sua interpretação do que é uma trattoria italiana.

.

.

Durante o almoço conta com a opção de um bufê de saladas e antepastos, além do menu com pratos quentes.

.

.

Bem gente, podemos até nos distrair bastante nesses recintos gastronômicos, mas caso é que… depois…

.

.
.

É preciso achar a academia, e ela fica no último andar do prédio, onde tem também o SPA.

.

.

Affff… Bem que eu disse lá no início que, estando em São Paulo, coisa que fazer é o que não falta, né?  Caso é que, estando no hotel, coisa que fazer é o que não falta é lá dentro mesmo, e nem precisamos da cidade – essa SP que tudo proporciona – pra nos divertir.

.

.

Quase ia me esquecendo: você ainda sai do hotel com lembrancinha! É ou não um caso de amor? Conclusão: o caso é que, sim, o HOTEL FASANO é um caso de amor!

.

.

FASANO SÃO PAULO – Rua Vittorio Fasano,  88 São Paulo,  SP – T: +55 11 3896 4000

.

Veja o post anterior dessa viagem a SP

Em São Paulo é grafite, é pintura, é BECO DO BATMAN!

.

Veja o próximo post dessa viagem a SP

UMA MANHÃ NOS JARDINS de São Paulo acaba no RESTAURANTE PICCHI

.

aaaa

 Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

BBB

Você poderá gostar de:

28 comentários em “Conclusão: o caso é que, o HOTEL FASANO é um caso de amor!

  1. Amiga,
    Eu e um amigo estivemos no hotel pra conhecer o Baretto e já combinamos de a próxima vez nos hospedar lá. Gostamos muito do post, parabéns!
    Leo

  2. DILUDICAS dizem que tudo que é bom repete. Pois então ,este post veio duas vezes no meu email,só pra provar o velho ditado.Yesssss, maravilhoso!

    • Me desculpe, Angela! Foi uma confusão que aconteceu no computador que nem sei explicar… Coisas da modernidade! Mas que bom que você gostou! Obrigada, querida!

  3. Dilu amada ,
    Não é que eu segui sua sugestão e estamos aqui vendo se tudo que vc disse é verdade e olha , eu estou mais que certa e vendo que é sim , tudo maravilhoso , aliás, um sonho ! Não quero sair do hotel !

    • Ai que maravilha! Patricia, eu te entendo perfeitamente! É dificílimo sair e quando saímos, logo logo queremos voltar! Rsrsss… Enjoy, amor!

  4. Que tudo esta seleção do que fazer em SP. Nós temos um casamento e vamos pra lá em dezembro, vou olhar a sugestão desse caso de amor kakakaa

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps