FASANO Las Piedras – Una maneira única de ser o más melhor

Louise, minha filha, queria viajar para uma praia no Brasil, especificamente para a Ilha de Comandatuba – local que já fomos umas vinte vezes. Desde pequena, é a sua praia preferida, mas desta vez, fui contra pois, além do custo de viagem no Brasil estar um tanto quanto inviável, insisti que queria variar. A principio, eram dois contra um, no caso, eu. Consegui convencê-los e aí pesquisamos, comparamos preços, analisamos o custo beneficio e decidimos conhecer Punta Del Este, no Uruguai, que é puro bom gosto. Depois de conhecer essa cidade, dá para entender porque o grupo Fasano a escolheu para abrigar tão maravilhosa iniciativa fora do Brasil – Las Piedras. Acreditem… É incrivelmente lindo!

.

Chegando no "paraíso"...

Chegando ao “paraíso”...

.

O hotel faz parte da rede The Leading Hotels of the World que é uma organização de hospitalidade representante de altos padrões de qualidade e excelência. Isso quer dizer que o Fasano está selecionado entre os melhores hotéis, resorts e spas do mundo.

.

Uma das maiores marcas internacionais de hotelaria de luxo

Uma das maiores marcas internacionais de hotelaria de luxo

.

Quem tem o privilégio de se presentear com uma estadia no Las Piedras, receberá momentos cheios de paz e privacidade numa propriedade instalada no campo. Na área reservada às acomodações, os hóspedes distribuídos em trinta e dois bangalôs desfrutam de quietude, pois posso dizer que não é silêncio o que se tem lá, é mais que isso, é a total falta de barulho.

.

Muito lindo!

Muito lindo!

Muito, muito lindo!

 Cenário quase dramático e fascinante 

Dá vontade de sentar e ficar sem nada fazer

Dá vontade de sentar e ficar sem nada fazer

.

O deslumbrante e contemporâneo projeto arquitetônico desenvolvido pelo arquiteto Isay Weinfeld conservou na perfeita implantação, o estilo similar das casas de Punta ao manter as linhas retas, sem telhados aparentes, muita madeira e vidros grandes.

.

Nosso lar, doce lar por uma semana

Nosso lar, doce lar por uma semana

Imagina estudantes de arquitetura nesse lugar!

Imagina estudantes de arquitetura nesse lugar!

O hotel ainda dispõe de um lounge para eventos. Se eu tivesse uma casa, seria assim, como esse maravilhoso espaço.

O hotel dispõe de um lounge para eventos.
Se eu tivesse uma casa, seria assim, como esse maravilhoso espaço.

.

“…módulos isolados, “pousados naturalmente” sobre o terreno, como as próprias pedras – uma solução que visa evitar a construção de grandes prédios ou volumes que interfiram demais na paisagem.” Do escritório de arquitetura.

.

C

Verdadeira obras de arte em linhas retas

Concepção que ostenta caixotes minimalistas

Concepção que ostenta caixotes minimalistas…

Concepção que ostenta caixotes minimalistas dando a impressão que nasceram das pedras

 …dando a impressão que nasceram das pedras.

NitidaCenário quase dramático e fascinante

Simplicidade  em impressionante sofisticação

.

O conceito de bangalôs contribuem para que o hospede se deixe levar ao bel-prazer. Negligenciar o tempo, serenar a alma, curtir a natureza, enfim… Ficar na varanda do quarto em estado de contemplação e se largar apreciando a beleza reinante do local.

.

Contemplação!

Contemplação!

Cadê coragem para levantar e malhar?

Cadê coragem para levantar e malhar?

Do bangalô, vistas espetaculares para o paisagismo exuberante típico da região, para a mata e para os lagos.

Do bangalô, vistas espetaculares

Do bangalô, vistas espetaculares para o paisagismo exuberante típico da região, para a mata e para os lagos.

 …para o paisagismo exuberante típico da região, para a mata e para os lagos.

.

Cada um opta por gastar seu tempo do jeito que mais gosta. Eu, como estou na minha fase “escritora”, aproveitei para fazer a matéria para o DEGUSTA. Degustando esse momento Dilucious!!!

.

Trabalhar no blog já é "Dilucious", imagina nesse paraíso...

Trabalhar no blog é uma “alegria”, imagina nesse paraíso…

.

As acomodações são espaçosas e maravilhosas. Os revestimentos são básicos: madeira, pedra, couro e tapetes em lã. Não se tem a impressão de estar em hotel, de tão aconchegante.

.

m

Bangalô

q

Sala de TV

Café e mesinha de apoio

Café e mesinha de apoio

Quarto e banheiro

Quarto e banheiro

Sala

Sala

.

O empreendimento conta com um excelente spa dirigido por uma mineira, Renata de Abreu. Parabéns a nossa conterrânea pelo bacanérrimo trabalho!

.

Spa

Spa

.

A luz é filtrada pelas aberturas no concreto e as cúpulas oferecem uma atmosfera de paz.

.

las spa foto_Fotor_Collagelas flor_Fotor_Collagelas spa relax_Fotor_Collage

.

O espaço incide em mais um caixote retangular de apenas um andar em vidro, madeira e concreto aparente, onde um pequeno jardim interno é abraçado pelos ambientes dedicados aos tratamentos e relaxamento, fitness, saunas e piscina.

Cara de missão cumprida

Cara de missão cumprida

.

A piscina… um espetáculo a parte. Foi simplesmente amoldada, pois tirou partido de uma depressão natural entre as pedras na parte mais alta do terreno, onde ficam os bangalôs. A vista dessa parte do terreno ainda consegue ser mais privilegiada.

.

Piscina de dia Não dá pra descrever. Nem as fotos conseguem, mas é a única maneira de tentar mostrar.

Foto tirada da piscina durante o dia
Não dá pra descrever. Nem as fotos conseguem, mas é a única maneira de tentar mostrar.

Foto tirada da piscina a noite Indescritível!

Foto tirada da piscina a noite
Indescritível!

.

Um deslumbrante (e simples) container de aço foi instalado ao lado da piscina para servir de bar e vestiários. A área ao lado da piscina mais parece um lounge descoberto.

.

No topo de uma paisagem rural com vista para o lago

No topo de uma paisagem rural com vista para o lago

O bar da piscina e a piscina...

O bar da piscina. Requintado e diferenciado.

.

O paisagismo… formações rochosas cercadas por jardins, árvores centenárias, lavanda, cactos.

.

Terreno rochoso com muita aridez e vegetação inóspita

Terreno rochoso com muita aridez e vegetação inóspita

A única coisa "over" nesse hotel é a natureza.

A única coisa “over” nesse hotel é a natureza.

Arvores centenárias

Arvores centenárias

Linda!

Linda!

.

Tudo isso pode ser visitado a pé, mas assim que você chega, eles te levam ao bangalô num carrinho que passa a ser só seu, já que te entregam a chave para, dai em diante, você ficar livre e fazer o que bem entender, sem depender de alguém para te buscar ou levar.

.

Eu prefiro andar a pé!

.

Para visitar Punta del Leste, Jose Ignácio, Casa Pueblo, enfim, se quiser sair do hotel, você tem a opção de alugar esse “tchuco”…

.

Bunitinho demais!

Bunitinho demais!

.

As acolhedoras áreas comuns do hotel são inacreditavelmente simples e maravilhosas. A sensação é de estar na casa de um amigo. Também pudera, essa parte não foi construída. Simplesmente instalou-se a recepção do hotel e o Restaurante Las Piedras na antiga casa que servia de residência ao dono anterior.

.

las recepcao_Fotor_Collage

.

Todas as paredes de largos corredores, revestidas de madeira em forma de estantes decoradas com muitas flores, livros, obras de arte, além de peças antigas, e até mesmo objetos velhos e/ou engraçados.

.

las corredores

las corredor

.

Ah… Tive vontade de tirar foto de cada canto, cada prateleira, enfim, cada um daquelas arranjos.

.

las decora_Fotor_Collagelas deco_Fotor_Collage

.

A casa em forma de U foi adaptada para hoje funcionar de um lado, a cozinha e o Restaurante Las Piedras. No meio, salas de convívio, de leitura, lareira, e do outro lado, a recepção do hotel.

.

Todos os ambientes combinam com o charme campestre de Punta del Este

Todos os ambientes combinam com o charme campestre de Punta del Este

.

A experiência se completa com a gastronomia e seus restaurantes. O Fasano, conhecido como chic e mais exclusivo, e o Las Piedras, que é mais despojado. Os dois com a supervisão de Rogério Fasano, responsável por manter a personalidade da marca FASANO. Vou começar com o Las Piedras.

.

Las Piedras Culinária estilo Fasano em clima descontraído

Las Piedras
Culinária estilo Fasano em clima descontraído

.

Las Piedras é o restaurante informal e sua decoração, é a continuação dos corredores com aquelas lindas estantes entupidas de livros, como se a refeição estivesse sendo servida na biblioteca.

.

las mesa

.

Imagina a delícia de um café da manhã nesse clima íntimo de leitura, curiosidade, surpresa…

.

las 5_Fotor_Collagelas 10_Fotor_Collagelas 4_Fotor_Collage

.

Os cômodos anteriormente usados para uso pessoal do antigo proprietário, foram aproveitados para a instalação do restaurante Fasano.

.

Construído sobre a mais alta colina rochosa

Construído sobre a mais alta colina rochosa

.

Sem perder o clima intimista, no ponto mas alto do terreno e com a vista mais espetacular…

Restaurante Fasano Las Piedras

Restaurante Fasano Las Piedras

.

Praticamente a única mudança no anexo foi propriamente a cozinha que teve de ser construída. Lá é onde o estilo Fasano carioca e paulista comparece na versão uruguaia pelas mãos do jovem chef Leandro Minelli. É uma cozinha tradicional sem ares contemporâneos. Onde uma massa, leva trinta gemas para cada quilo de farinha… Por aí já se pode ter ideia do nível de qualidade do que é servido aos clientes.

.

las 2_Fotor_Collage

.

O salão é lindo, só de imaginar que é Fasano, logo imagina-se que é suntuoso, mas não tem nada disso.

.

Paredes, piso, portas, janelas e forro de madeira

Paredes em pedra, piso, portas, janelas e forro em madeira

Na espaço exterior, deck de madeira com iluminação a base de muita vela

Na espaço exterior, deck de madeira com iluminação a base de velas. No verão deve ser tudo de lindo!

.

Ernesto Anzalone, meu querido amigo uruguaio, me recomendou que eu não deixasse de experimentar mollejas. Já lá em Las Piedras, conversando com o simpaticíssimo e competente diretor de alimentos, Richard Nieto, eu disse que gostaria de experimentar as tais, que até então, não sabia do que se tratava. Ele mais que prestativo, foi super gentil e disse que ele próprio, iria se encarregar do preparo dessa iguaria para meu jantar. Imagina minha ansiedade. Por dois motivos: curiosidade, e outra, e se eu não gostasse? Ele se propôs fazer um prato que não consta no cardápio, na intenção de me agradar. Disse que é o tipo de ingrediente, que se ama ou odeia e que nos Estados Unidos é conhecido por sweet bread… Nesse momento, caiu a ficha! Me lembrei de um episódio super engraçado que nos aconteceu há exatos 18 anos em NY, no Daniel Boulud. Como já disse N vezes, Luiz é vegetariano. Sempre aquela busca do que comer. Nesse dia ao ler o cardápio… “Sweet Bread… deve ser bom isso, um pão doce como entrada…” Mas nem perguntou e foi logo pedindo. Quando ele colocou aquilo na boca… Imagina!

.

las 2_Fotor_Collage

.

Voltando ao Fasano… Acabei de dizer que é uma cozinha tradicional, mas um toque de vanguarda, na dose certa, veio nesse meu prato. Acho que Richard e o chef são tão sensíveis, que souberam dosar essa modernidade para me seduzir desde a chegada das “sweet bread”. Adorei! Obrigada Ernesto, Richard e um beijo de agradecimento ao chef Leandro Minelli.

.

las 6_Fotor_Collage

Festival delicioso de mollejas

Festival delicioso de mollejas

.

Confesso que é preciso agradecer aos dois últimos. Nossa estadia lá talvez não seria a mesma sem as gentilezas e o carinhoso tratamento. O hotel Fasano exibe uma postura de hospedagem, que expande o reconhecimento da hotelaria cinco estrelas. E o Las Piedras não foge a essa regra, pois apresenta também a mesma aura de exclusividade. Aconteceram diferentes momentos onde eles confirmaram essa atitude de amabilidade, de cortesia, enfim, tivemos o privilégio de sentir na “pele” que a política é agradar. Posso citar diversos, mas um dos exemplos é o fondue que eles nos ofereceram…

.

Fondue na sala da lareira

Fondue na sala da lareira

.

Super interessante o modo deles prepararem fondue. Nunca tinha visto essa versão light – segundo eles. Além dos pães, legumes pré-cozidos al dente ficam deliciosos ao serem encobertos com o queijo. A carne já vem pré-selada no röti. Adorei! Vivendo e aprendendo, pois daqui para frente, é assim que vou fazer aqui em casa.

.

las 5_Fotor_Collage

A carne e os legumes são envolvidos no queijo

A carne e os legumes são envolvidos no queijo

.

O fondue de chocolate é normal, o que não é normal é o carinho com que o pessoal do hotel trata seus hóspedes…

.

Fondue de chocolate O chef e eu

Fondue de chocolate
O chef Leandro Minelli e eu

.

Cada noite era uma surpresinha no quarto… Como não engordar?

.

las 7_Fotor_Collage.

E como não se encantar e “cair” de amores?

.

Essas garrafas de agua eram colocadas no carro na hora que a gente ia passear

Essas garrafas de agua eram colocadas no carro na hora que a gente ia passear… 

.

Faço uma brincadeira, que ao terminar nossa estadia em algum hotel, se eu colocar a mesma roupa com que cheguei, é porque vou voltar. No Las Piedras, fiz questão de seguir essa regra. Quero voltar nesse lugar que apelidei de FABULÂNDIA!  Aliás, VOU voltar nesse lugar fabuloso!

.

IMG_8286

Não consigo achar nome melhor para esse lugar

Não consigo achar melhor e mais propício nome para esse lugar

.

Depois de vivenciar todos os serviços diferenciados e individualizados de alto padrão, nada me resta a dizer, senão que o FASANO tem o domínio absoluto na arte da hospitalidade e esse é o valor maior que define “una maneira única de ser o más melhor”.

.aaaaSe quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

38 comentários em “FASANO Las Piedras – Una maneira única de ser o más melhor

    • Lu, podemos combinar de fazer juntas, se vc quiser. Faço fondue aqui em casa toda hora, o Luiz ama. E tenho mesmo uma dica dilucious. Coloco uns 40 dentes de alho pra cozinhar lentamente na manteiga e vinho branco e só depois coloco o fondue. Vou adorar aproveitar essa desculpa para encontrarmos. Bjs

  1. Dilu, mais uma vez que lindeza de matéria, que lindezas você e Louise, e principalmente que lindeza essa sua generosidade em compartilhar com tanta delicadeza e carinho suas experiências!
    Você conseguiu nos mostrar todo a exuberância do lugar, a beleza simples, mas perfeita da arquitetura, e as delícias da cozinha.
    Parabéns e obrigada!
    Beijossss

  2. Oi Dilu,
    Já estive neste Fasano e é realmente fabuloso, adorei!!!E você conseguiu em suas palavras descreve-lo perfeitamente, tive a mesma sensação que você, a de estar num lugar muito especial!!!
    Beijos,
    Leninha

  3. Dilu querida,meu vicio e “ler voce”
    Adoro a naturalidade com que voce escreve
    Fecho os olhos e sinto o gosto dos pratos,o cheiro das flores e me sinto nos lugares por voce descrito
    Parabens!!!!
    Afinal o que e o sweet bread?

    • Nossa Guta, fico muito feliz por vc dizer isso. Super obrigada.
      Bem lembrado, esqueci de falar sobre isso lá no post. Sweetbread ou Molleja é uma glândula (timo), que pode ser do boi, do cordeiro ou do vitelo. É “a menina dos olhos” dos argentinos e uruguaios, pois de uma maneira geral, eles adoram (ou odeiam rsrssss). E é tb valorizado, porque cada animal só fornece 1 unidade. É considerado destaque na gastronomia não só deles, mas tb na Europa e um pouco menos nos Estados Unidos. No Brasil não damos valor e não temos essa cultura. Pessoalmente, fui disposta a gostar, por isso, acho que gostei. Não quero repetir mais, mas comi as três mollejas que vieram em seus respectivos preparos. Acompanhou uns pedacinhos de pêra, que para falar a verdade, eu gostaria que tivesse mais uns muitos pedaços de pêra para a molleja descer mais fácil rsrssssss

  4. Acho bom quando vc dá uma sumidinha , pois , quando retorna , vem arrasando !
    Mais um post daqueles que a gente ”degusta” várias vezes e sempre descobre um fascínio a mais …
    Lindo , maravilhoso !!!
    A foto da piscina a noite é um espetáculo de se ver , imagino , desfrutar !
    Tradição , conforto é a marca de FASANO Las Piedras ,,,, beleza , sensibilidade , sagacidade e um jeito único de nos encantar é a sua marca , marca da Dilu e Dilucious ….
    Parabéns querida , bjs !!!

    • SAU-DA-DE!
      Menina, fiquei sumida mesmo, não sei o que está acontecendo que não tenho tempo pro blog, nao tenho tempo pro Luiz, pra Louise, pra mercearia, pra casa, enfim, pra nada.
      Amiga do coração, cada comentário seu me dá vontade de escrever um post, sabia? Vc me inspira, juro!
      Bjs, obrigada por tudo, viu?

  5. Dilu, muito bacana a maneira que vc como blogueira coloca cada informação. Muito diferente de repórter que informa, informando. Vc informa, cativando!
    Vejo os seus posts assim: qdo o leitor lê, se sente cada vez mais curioso, e nem percebe que aquilo são dicas e recomendações.
    Só parando para analisar, que a gente percebe que o blog é um meio que visa informar, e vc faz isso como se tivesse contando historinha. Super legal!

    • Ah Stela, muito obrigada por colocar dessa maneira. Gostei demais! Aliás, como é bom contar histórinhas… Nascemos as ouvindo da maneira mais carinhosa… da pessoa que mais nos ama… nos momentos que mais precisamos e que são cheios de afeto…
      Se eu conseguir passar parte desse carinho que recebemos de nossas mães, me considero uma pessoa feliz!
      Um grande abraço e volte mais

  6. Dilu,como e prazeroso viajar com você
    Amei tudo,as imagens,as sensações e quase da para sentir o aroma dos pratos
    O hummmmm para os encantos no quarto
    Realmente fabuloso!!!!
    Bjs

  7. Dilu

    Impresionante ,de verdad sin palabras para agradecer tan increíble articulo . Nos llena de orgullo ver esta critica y saber que han gustado de nuestra propiedad y servicios. El agradecimiento por vuestra visita y solo resta que vuelvan cuando quieran ,esta es su casa en Uruguay.

    Saludos

  8. Dilu, só hoje fiquei conhecendo seu blog. Estou encantada e “encanada”, não consigo parar de ler. Delicioso ou como voce se deu um nome perfeito, DILUCIOUS. Parabens, adorandooooooooooooo!!!!!!!!!!!!

    • Ah que bom Taciane, eu eu aqui amandooooooooooooo de vc estar gostando! rsrssss Vc tem ótimas dicas para nós, se quiser pode escrever posts, ta? Estou criando um espaço que vai se chamar IT Amigos. Para vcs, meus queridos, postarem tb suas experiências. Vou contar com voce, ta? Bjs e volte sempre

  9. Dilu, agora eu que vou sair de ferias. Existe uma sutil diferença entre o comi e nao gostei e nao comi e nao gostei. Achei bonito vc dizer algo como…..fui com vontade de gostar! Esse e um precioso segredo …vontade de ser feliz, vontade e gula de se permitir o novo. Espero que tenha uma copia de segurança para seus posts. Mais um tempo e terá material suficiente para um livro….intuição.bj

    • Livro só com sua participação efetiva minha querida.
      Mas esse “precioso segredo” é precioso mesmo. Esse tipo de atitude é um grande aliado à nossa busca da felicidade. Se vc deixa um sentimento menor, ou o mau humor, ou a indiferença, ou o desprezo, ou o pouco caso, enfim, ou outros milhões, tomar conta de vc… Com certeza a sua experiência tem total chance de se transformar num desastre. Agora, ao contrário… Se vc vai de coração aberto, com alegria, com pensamento positivo… Pode ser até ruim, mas vc tira o lado bom, vc ve coisas boas. Isso mais parece papo de auto ajuda, mas sinceramente, eu vejo assim.
      Amiga, não tem um comentário seu que vem simplesmente simples e atoa. Qualquer palavrinha sua, me leva a pensar. Obrigada!

  10. Amiga querida!!
    Mais um post lindo,a sua cara!Lugar deslumbrante,comida especial,e as companhias…sem comentários.
    E as mollejas?Gostou?Eu,sinceramente,adoro!!!Como sempre que tenho oportunidade qdo estamos na Argentina.Quem sabe vc descobre um fornecedor e elabora uma daquelas suas alquimias fantásticas!
    Fico feliz em te ver degustando a vida,apreciando os detalhes que se apresentam e valorizando o privilégio de viver momentos tão especiais.
    Obrigada por compartilhar conosco tudo isto.
    Bjos saudosos!

    • Junia querida, a vida é maravilhosa demais e não tem como não degustar nos e os mínimos detalhes de tanta alegria de viver! Obrigada por ser minha amiga.

  11. Achei engraçado a sua família propor uma viagem a uma praia quentinha e você propor outra completamente diferente, num lugar mais frio! Me conta o seu segredo por ter convencido a família a trocar o calor pelo frio hahaha preciso dessa fórmula para aplicar na minha família pois eu amo frio e neve!

    Eu praticamente não conheço nada da América do Sul, somente Buenos Aires! Percebi pelas suas últimas viagens da existência de lugares maravilhosos, de encher os olhos! Vou começar a pensar em visitar estas regiões! Tenho paixão por lugares aconchegantes, com cara de casa!

    Um beijão!!

  12. Maria minha querida, mostra essas fotos para eles e pronto! Com certeza eles também vão querer conhecer. Amiga, eu tb amo frio. Prefiro mil vezes ao calor e “quentinho” como vc mesma diz rsrsssss
    Eu conheci Punta em uma versão mais “quentinha” rsrsss Fui uma outra vez, mas de navio. Era verão. Mas adorei mesmo foi esse paraiso chamado Las Piedras! Não deixe de conhecer. Vc vai adorar!
    Bjs

  13. Li o post e me interessei em ler também os comentários. Gostei muito do da Stela e acho que ela tem razão. Hoje eu aprendi tanto lendo esse post, mas tanto! The Leading of Hotels, Isay Weinfeld, o estilo das casas de Punta del Leste, que já fui algumas vezes e nunca prestei atenção, mollejas, ficar no hotel sem fazer nada, fico sempre achando que viajar é sinonimo de conhecer tudo que tem na regiao. Achei muito legal vocês ficarem simplesmente no hotel, sem “nada fazer”. Fazer ginastica? Nossa senhora! Nem penso em levar tenis. Acho que daqui pra frente meu estilo de viagem vai mudar um pouco. Vou dar um outro olhar pra elas e dar “una maneira única de ser más melhor” kikikiki….

    • Ah que linda Jackie, adorei seu comentário. E depois dessa tentativa de fazer uma viagem com “una maneira única de ser más melhor”, por favor, me conte como foi a experiência. Fiquei muito feliz com seu comentário, bjs

  14. Oi Dilu! Quando li seu texto sobre o Fasano Las Piedras me encantei pela forma que você descreveu este lugar e, em segundo plano pelo hotel. Passou mais de um ano e cheguei ontem neste lugar incrível, que me surpreendeu desde a saída do aeroporto, pela civilidade do povo, o paisagismo super bem cuidado, a falta de muros(segurança) e pela limpeza das ruas. Coisa de primeiríssimo mundo. Ao pisar no hotel, seu texto me veio à lembrança e a vontade/ obrigação de relê-lo para desfrutar melhor de tudo. Estou amando isso aqui e, graças a Deus, ainda terei mais 2 dias para me sentir privilegiada. Pretendo e VOU voltar, como você também se prometeu!

  15. Angela minha linda, que delícia! E que vontade de estar aí agora com vocês aproveitando essa maravilha que só mesmo os privilegiados têm a oportunidade de desfrutar. Sejam muito felizes, “degustem” a alegria e… Bem, ainda bem que aí está você que não me deixa mentir ou mudar uma virgula desse post. Bjsssss

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps