Jornal Estado de Minas – Re-trato. É canja de galinha!

Materia de 08/09/2013

Materia de 08/09/2013

Minha cozinha é meu playground e hoje, a brincadeira é dedicada aos chefs que estão fazendo um festival em Belo Horizonte, mostrando a necessidade da valorização e difusão dos ingredientes mineiros. Depois que criei meu blog dilucious.com, me tornei apaixonada (talvez um pouco maníaca) por pensamentos alheios. Acho que menos egoísta, passei a prestar muito mais atenção em todos a minha volta, e tudo o que é falado, passou a ter enorme importância, pois me seduz a escrever novos posts. E a fotografia vem como espelho das palavras, do pensamento, do texto. Esse meu momento, onde tudo está ligado à gastronomia, é magnífico re-tratar um prato e ainda fazer um retrato.

.

Tenho um amigo paulista que acha mineiríssimo – para não dizer brega – falar retrato. Engano o dele… Não existe maneira melhor de expressar essa “multiplicação”… É mesmo um re-trato a “reprodução” da sensação. E dessas reproduções vão se formando o retrato da vida! Estou dizendo isso, porque foi o que pensei quando esquadrinhando um assunto para o Degusta de hoje, dei de cara com essa foto (a que ilustra a matéria). Um retrato de um momento da minha vida! Que sensação deliciosa ver e lembrar daquele momento, e para arrematar… agora poder partilhar com vocês.

.

05062011-IMG_6138.

Espero que desfrutem desse meu retrato com seus amigos, pois no mínimo ele dá “pano pra coador”! Quero dizer, pano para manga! Rsrssss… Imagino que quem observar a foto, irá comentar a este respeito com outras pessoas. Pois é, meu queridos… Como disse no início e para quem gosta, cozinhar é sempre uma diversão! A brincadeira de hoje é praticada com ingredientes simples, apetrecho mineiro e técnica moderna. Que tal usar um lindo – e charmoso – coador de pano encontrado em nosso querido mercado central, para servir (especialmente aos paulistas) uma boa canja de galinha mineira?

.

05062011-IMG_6140.

Se ao pensar em canja, te vem o retrato de um caldo ralo e bobo servido aos doentes, esqueça! A canja é poderosa! Ela aquece corações, anima papos, esquenta ambientes frios… Nem vou falar das muitas propriedades medicinais deste prato tipicamente português e tão bem aceito nas antigas casas mineiras. Além de ser um prato apetitoso e saudável, é de baixo custo e baixa caloria. Tudo de bom! O hábito de tomar canja é super antigo, mas agregar a ela uma maneira descontruída e engraçada de servir, pode trazê-la de volta às mesas modernas e jovens. Nesses dias especiais com os amigos, sugiro que no instante de servi-la, você faça um retrato da sua nova canja, pois posteriormente irá gostar de reviver bons “re-tratos” da vida!

.

Minha canja de galinha

Minha canja de galinha

.

BAIXAR RECEITA

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

54 comentários em “Jornal Estado de Minas – Re-trato. É canja de galinha!

  1. Dilu, achei muito inusitado servir com coador assim. De onde vem as idéias como esta? Viu assim em algum restaurante do mundo? Para mim é algo impensável! No máximo a gente pensa em coar café e chás na frente de todos.

    Beijos!!

    • Maria, estava em algum lugar que nao me lembro mais onde e vi esse mimo mais lindo. Olhei pra ele e tive a idéia de coar chá. Ai a primeira vez que o usei foi voltando com um prato que fiz há 14 anos, so que agora mais charmoso, pq antes eu servia o cha da chaleira diretamente no prato sobre os Mini Ravioli de queijo com grãos de Mostarda e Chá de rosa mosqueta. A primeira vez que o usei foi pra isso mesmo. Aí me deu vontade de fazer pra vcs, jovens, voltarem com a canja para as mesas modernas. Faz e me conta como ficou, ta? Bjss

      • Você tem uma super imaginação!! Me lembrei de você hoje porque encontrei aqui em Hamburgo uma filial do restaurante de trufas, Maison de la Truffe, que mencionou outro dia num post, resolvi que vou almoçar lá amanhã!

        Beijos!

  2. Dilu, se der, vc poderia nos contar da onde veio essa sua imaginação! Não é possivel! E ainda fala que não é chef, é “cozinheira”… Cozinheira que eu conheço é bem outra coisa! kikikiki Num qué vir trabaiá aqui nao?

    • kkkkkkkkkkkkkkk adoei! Lilian, contei no primeiro comentário respondendo a Maria. Dá uma olhadinha lá.
      Se querê messss vô trabaiá na sua casa sim gente! kkkkkkkkkkk

  3. Dilu, nem preciso falar nada a respeito da canja, todos ai ja falaram. Mas quero te dizer que o pequeno texto ficou super bacana. Gostei de como vc linkou os re-tratos da vida com o re-trato da canja de galinha. Parabéns! Que Deus continue te abençoando para que a gente tenha uns artigos tão gostosos como esse. Beijo

    • Marianne, vc deve imaginar tb como fico feliz com comentários como o seu. Muito obrigada querida.
      A partir de domingo vou escrever para o jornal uma vez por mês. Eu tb peço a Deus pra me iluminar! Bjs

  4. ÊTa!!!! Num é que essa menina tá ficando boa por di mais, nas escrita dela!!!!! Só num concordo com o tar coador. Parabéns!

  5. Fiquei sem palavras! E olha que o que não me falta é isso…
    Seu amor e dedicação pelo que você faz é contagiante e apaixonante!
    continue assim, inspirando-nos! Bjos

    • Val meu maior querido amigo paulista. Não é carapuça, é vc mesmo! kkkkkkkkkk Por isso te marquei, eu queria colocar nome, mas não pode ter cunho muito pessoal kkkkkkkkk

  6. Isto é que é criatividade, hein D. Dilu? Um luxo só esta canja, pura diversāo!
    Você com sua maestria deu aquele trato na velha e boa canja e, agora ela nāo
    é mais comida de doente, que dilucious !!!!!!
    E vamos comer muita canja enquanto a gente tem muita saude, amém!
    Beijo my dear.

    • Maravilhosa! Vc sabe que sua opinião me amedronta e qdo ela vem… hummmm… é bálsamo para os meus ouvidos. Simplesmente um elogio vindo de vc… É Deus me mostrando o quanto vale a pena as noites sem dormir, só pra sair um texto desse tamanhozinho.
      (Lágrimas nos olhos…) Te amo demais!

  7. Ah , já disse que de tão lindo , maravilhoso , inusitado , criativo e tantos adjetivos mais ,
    parece coisa de mágico , de fada ou de bruxo …..
    Parabéns , Dilu !
    Achei o texto lindo e comovente ! Me fez pensar e me emocionar ! É tão gratificante Re-Tratar os fatos que nos marcaram pela alegria e felicidade …..
    Rsrsrsrsrsrs ….. afinal , vc é maga ou bruxa ????
    Adorei , amei , me emocionei e é claro , salivei !!!
    Beijos , querida .

    • Afinal, vc é maga ou bruxa???
      Hummm… Vc me deu uma idéia… É por isso que vc não pode sumir, vou acabar c a estrada daquela fazenda pra vc não me abandonar mais… Eu preciso de vc por perto.

      • Rsrsrsrsrs , vc é muito generosa !
        Adoro participar e é claro que dentro de minhas modestas possibilidades ,
        conte sempre com meu carinho , fidelidade , enfim , conte sempre comigo para o que precisar !!!
        Bjs .

  8. Dilu, a D. Nilza fez a mesma pergunta que me fiz ontem na hora que vi isso no jornal. Em principio li o titulo e vi a foto e pensei: eles erraram, colocaram o titulo pra um cha. Ai prestei atençao no RE-TRATO. Aí lembrei que tudo seu é mesmo um arraso e pensei, deve ser mais uma coisa da bruxa. Menina! Vc não é desse mundo!

  9. Irresistível…
    Como não compartilhar com os meus amigos a alegria e o orgulho de ter Dilu Bartolomeo Villela, “a Diluciosa”, como uma amiga querida, dedicada, cozinheira espetacular, fotógrafa e ainda por cima… escritora!

    Num guento! Amo você demais da conta sô!
    Você escreve com a alma, com o corpo, com o coração!
    Posso ver seus olhos brilhando ao escrever esse post e se lembrar da alegria do dia em que serviu essa canjinha…

    Parabéns, simplesmente maravilhoso!

  10. Querida Dilu ! Lendo os mais incríveis comentários , fica confirmado o que comentei
    em um post mais antigo ….
    Oh , blog maravilhoso ! Aqui a gente encontra o que alimenta o corpo e o espírito !
    Suas leitoras são muito sensíveis e como eu , amam tudo que vc faz !
    Bjs !

  11. Sensaciona!!
    A canja passou a ser pano de fundo para as mais diversas reflexões.
    Re-Trato…pode ser de tudo e me tudo,né?
    Mais uma vez parabéns,Iluminada!

    • Junia querida, foi exatamente essa a intenção! Re-trato de uma receita, re-trato de um momento, re-tratos da vida! E amanha? Re-tratos e retratos das maravilhas que vc faz. rsrrssss Bjs

  12. Concordo que ela não seja deste mundo…
    Mas,na minha opinião,não é bruxa. É fada!!!!! rsrsrs
    Dilu,estou e-n-c-a-n-t-a-d-a !!!!!Um beijo,
    ME

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps