LOOK DO DIA – Vera Ribeiro

O LOOK DO DIA, aliás… as fotos das mesas que vocês nos mandarem, pode ter qualquer estilo… pode ser linda, engraçada, simples, sofisticada, rústica, transada, fake, natural… Não importa, o importante é ser charmosa. Ou melhor, ser com arte. Até combina com a logomarca do Dilucious Ser com Arte. Para ser com arte não é necessário muito, basta ter dedicação, carinho, cuidado…

E amor! 

.

Foi como escrito acima, que apresentei o LOOK DO DIA, espaço que criei no blog. Nos comentários, fui surpreendida por um LOOK DO DIA com ricas imagens que me revelaram tudo isso que descrevi, e ainda veio algo maior, história. História que continha tamanha ternura que só alguém tão compassiva como Vera, minha amiga invisível, foi capaz de armazenar… LOOK pronto, completo, lindo, intenso! Mas sem foto. Sem registro. E aí me perguntei, se memória fotográfica ou registro da alma? Não fui capaz de responder, mas vislumbrei uma tentativa de viajar na recordação alheia. Acho que consegui, e assim como eu, espero que vocês também vejam a magnitude que existe neste Look… Melhor dizendo, neste “olhar” de hoje.

.

LOOK DO DIA

Vera Ribeiro

.

Gostei da sua nova idéia criando o LOOK DO DIA, terei sugestões inusitadas. Eu nunca fotografei uma mesa que tenha feito especificamente. Mas uma, em especial, me marcou muito. Dela posso falar, não mostrar.

.

look prato

.

Tenho comigo muitas louças, copos e até guardanapos de pano que foram da minha avó, da minha mãe, e que comprei ao longo da vida. Sentia-me triste porque os conjuntos eram incompletos, tendo as vezes uma única peça. Um Natal comprei um adamascado e apliquei diferentes paninhos de crochês feitos por minha avó. E fia… uma mesa com pratos e taças de jogos incompletos.

.

Look prt

.

No aparador, uma bandeja com velas que acendi ao longo dos anos (adoro velas e acesas. Guardo uma de cada dia em que fui feliz a luz de velas. Juro!). A mesa, as velas acesas pela segunda vez e flores brancas, foi a mais linda mesa que fiz.

.

look vela

.

Pena nao ter foto porque hoje nao posso saber se esta beleza era objetiva ou subjetiva. Fato é que, nunca mais me lamentei de jogos incompletos. A incompletude apenas me fez recordar da vida vivida, das crianças que derrubaram os copos e quebraram, do prato que escorregou e mostrou que um amigo é sempre mais valioso que um jogo completo… Enfim, passei a ver que ali estava contada em vida, a história da minha vida e vida doutras gerações.

.

look flor

Bjs, Vera

..

P.S 1 – Descobri um ser super bacana chamado Guilherme Poulain, que quero muito que vocês também o conheçam, pois é assim como nós, que além de um sentimental, ama a gastronomia. É artista e tão sensível a ponto de conseguir captar e desenhar a partir do relato informal da Vera, essas imagens deslumbrantes. A ele, também tenho muito  agradecer.

P.S 2 – Na introdução, me referi à “Amiga invisível”. Se você tiver curiosidade, veja este lindo post UM ENCONTRO EM PARIS… em tons de rosa! 

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

37 comentários em “LOOK DO DIA – Vera Ribeiro

    • Maria, devo também te agradecer, pois se não fosse você, talvez não tivesse chagado no Guilherme e o post não teria ficado tão rico. Thanks amor
      E a foto mágica ficou TUDO!

      • Adorei saber que o Guilherme Poulain foi indicado pela Maria de Meniccuci !
        Pessoas inteligentes e sensíveis como a Maria , são um verdadeiro e grande milagre quando o assunto é contato , dentre tantas outras coisas boas ! Já faz um tempinho , né Dilu , que vc imaginou que seria tudo de bom para o blog , localizar quem tivesse o dom de desenhar … E pelo que vimos , o Guilherme é um grande artista e fez muito sucesso com suas belas aquarelas , que deram ”vida” às palavras da Vera …
        Beijos , Maria e Dilu !

        • Hahaha na verdade foi coincidência, o Guilherme foi meu colega de faculdade de Design! Aí vi ele fazendo lindas ilustrações de comida e mostrei para a Dilu porque achei que ela gostaria de ver por serem muito bonitas.

          Beijos!!

          • Que legal , Maria !
            Fomos todos privilegiados , pois o post ficou maravilhoso e original !
            Beijos !

      • Nunca imaginaria que sairia um post desse tipo quando te mostrei as ilustrações do Guilherme. Tinha te apresentado só porque achei as ilustrações lindas e eram relacionadas à comida! Fico feliz com esta surpresa que a vida nos traz! Ficou tão lindo e emocionante!

  1. Nossa! É sem dúvida o seu melhor texto, para mim é claro! Tem família! Dilu esse me comoveu demais, me levou às lágrimas… Tem razão, temos que juntar os jogos incompletos e assim remendar uma família partida. Melhor! Fazer com isso uma família nova, cheia de amigos. Colocar à mesa a nossa colcha de retalhos e transformar lembranças boas em emoções novas. Viva a família, viva a família antiga, atual e futura! Viva a amizade!

    • Ah que lindo comentario Polinha. Ainda bem que estamos tecendo nossa colcha de retalhos desta forma carinhosa e saudável. Graças a Deus, sim… Deus tem sido muito generoso conosco. Viva a amizade e a família!

  2. Dilu, que lindeza de texto… Varias lindezas ja foram postadas no LOOK do DIA mas certamente esse post foi o que mais me marcou!
    A M E I…
    Parabens Vera!!!!! Nota mil
    Bjo grande

  3. Parabéns , querida Vera !
    Que linda homenagem no dia do seu aniversário a Dilu e o Dilucious prestam a vc !
    Lembro-me muito bem de um post que vc falou tudo isso que acabei de ler …
    Muito emocionante , puro e belo , como tudo que vc compartilhou conosco aqui nesses últimos meses !
    Sempre ”devorei ” seus comentários , muitas vezes ficava ansiosa para le-los , pois há tempos admiro muito seu jeito único de escrever e nos envolver !
    Parabéns novamente pelo niver , querida ! Não sei se me farei compreendida , mas lendo o lindo post e vendo o lindo trabalho do Guilherme Poulain , viajei e me instalei lá na sua roça . Me senti muito bem recebida , comemoramos seu niver , em um lugar de destaque estava a mesa vestida com uma linda toalha adamascada e lindos paninhos de croches aplicados , feitos por sua avó . Conversamos , cantamos , sorrimos e fomos muito felizes por estar ali no carinho do seu lar ! Tive o privilégio de desfrutar de um pouco da sua história e de seus familiares , com tudo mais que adornava o ambiente , deixando-o magistralmente acolhedor ….
    Querida Dilu , muito linda e justa essa homenagem à nossa querida Vera ! Parabéns , vc é muito dedicada aos amigos e para nosso deleite , muito dedicada ao Dilucious … Que maravilha vc descobrir e mesmo que virtualmente nos apresentar o Guilherme Poulain e sua linda arte ! Adorei …
    Beijos , Vera e Dilu !

    • Ah Nilza, você me emocionou pq eu tb me transferi para essa festa dos sentidos e das emoções.
      Obrigada minha amiga, por estar sempre no meu pertinho. Não me abandones jamais…
      OBS Você também é “magistralmente acolhedora!”

  4. Gente! Não tô acreditando! Dilu, vc mandou desenhar essas maravilhas pq uma leitora fez um comentario que te agradou? Dilu… vc não existe! O mundo precisava de muitas Dilus e muitas Veras também. Beijos e parabens!

    • Liliane querida, devo te confessar que não pedi o Guilherme para fazer essa obra de arte porque uma leitora fez um comentário que me agradou. Não foi e não é bem assim. Esse e outros posts aconteceram porque nasceu aqui no Dilucious um forte sentimento que nos uniu, um encontro de almas. Um encontro completamente livre de quaisquer outras coisas, que senão a beleza, a pureza… os mais nobres e maravilhosos sentimentos entre pessoas que só visam o amor.
      Bjs minha querida, volte mais vezes. Seu comentário também fez abrolhar um sentimento muito gostoso aqui dentro do meu coração. O da constatação! Obrigada por isso.

  5. “Quando os japoneses colam objetos quebrados, eles exaltam o dano preenchendo a rachadura com ouro. Eles acreditam que, quando algo sofreu danos e tem portanto uma história, torna-se mais bonito.”

    • Olha a grande corrente que se formou no querido Dilucious !
      As emoções fazem nossas corações palpitar e os lindos comentários se completam …
      Veja como maravilhoso exemplo , Dilu , a bela citação que vc fez ! Lindo , apaixonante !!!
      Bjs , querida !

      • Nilza minha querida, acabei de dizer para Leanne, num comentário mais pra cima, que as palavras estão ficando escassas… a emoção está muito forte, muito divisora de águas. Um abraço forte em você

  6. Dilu,
    Que lindo!!!Os desenhos consegue realmente nos transportar para aquela mesa, podendo imaginar que lindo encontro deve ter sido, linda homenagem, parabéns!!!
    Amei!!! Bjs
    Leninha

  7. Adorei!
    Embarquei nessa viagem pela casa da Vera, quantas recordaçoēs,quanto carinho,quanta história.
    Confesso que amo fazer minha colcha de retalhos, reunir fotos e objetos de familia, imaginar a historia de cada coisa e de cada pessoa.
    Parabéns pelo lindo post!
    Feliz aniversário Vera!

  8. Hoje, (ontem) embora tenha sido meu aniversário, foi um dia de trabalho intenso. Das sete da manhã, às onze e meia da noite, fora de casa, trabalhando. Entre tantas manifestações de carinho que recebi ao longo do dia, chegar em casa e ver o seu presente, devo confessar, me desmontou. De tal forma Dilu, que não consegui conciliar o sono. Pensei em escrever algo amanhã. Mas tive de me levantar, ligar o computador e voltar aqui.
    Adoro fazer aniversário amiga. Por muitos motivos, e por um, em especial. Sempre no meu aniversário, sinto, de forma especial, o amor e a presença de minha avó, a mulher mais importante de minha vida, o meu maior amor, meu amor necessário, essencial, para sempre. Todos os anos, neste dia, meu primeiro pensamento é sempre dela. E todos os anos, ela dá um jeitinho de me dizer, de uma forma indubitável:
    – Feliz aniversário, estou e estarei sempre com você, até o dia em que nos reencontraremos. Não é maneira de dizer, nem figura de linguagem. Sempre acontece, se mais não for, porque creio nisto, com todo meu coração, de toda minha alma. E por toda saudade que sinto dela. Hoje, ao me presentear com a mesa da minha avó….quando vi os desenhos tão lindos e tão fiéis à mesa que ela plantou em meu coração, senti que, já quase nos quarenta e cinco minutos do segundo tempo, o dia quase acabando, mais uma vez, ela não me faltou.
    E se senti sua presença viva por intermédio de você, alguém que a tão pouco tempo conheci e de forma tão inusitada, então devo entender que reencontrei em você uma velha amiga de infância, que ficou por aí desgarrada, esperando o “acaso” providenciar este encontro.
    Agora sei, há muitas coisas que ainda iremos conversar. Temos muito tempo. Sei também que um dia, eu irei cozinhar pra você. Da forma como aprendi xeretando, à beira dos fogões das cozinhas mineiras da minha infância, em especial, a dela. E a prosa vai correr solta.

    Por hoje Dilú, muitíssimo obrigada. Você não tem noção do que significou para mim este presente. Embora consinta com você, não é bem isto que deveria dizer-lhe, mas também não sei ainda o que seria. Descobriremos juntas. Grande beijo a ti, e a todas também pelo carinho que sempre encontro por aqui.

    • Vera querida, engano seu! Faço sim a exata idéia do tamanho desse carinho que te proporcionei, chego a pensar que senti quase que o mesmo que você. Apesar de não ter tido essa experiência, fico pensando se quem sabe Deus tão generoso que é, me reserva uma surpresa. Um dia serei eu a lembrada, serei eu quem vai oferecer isso à minha neta. Serei eu o amor essencial e necessário… Vc sabe… reminiscência da vida ainda não vivida.

      Adorei saber que vou comer a comida que fez parte dessa história! Vou ficar esperando, ansiosa!

      Ah… que fiquemos gratas ao acaso. Bjs minha querida

  9. Que lindeza de texto e de fotos!
    Quanta sensibilidade da Vera ao “fotografar” atraves das palavras esta mesa maravilhosa.
    Obrigada Dilucious por mais um post lindo !
    Parabéns Vera,mas o presente é nosso!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps