TÁVOLA REDONDA DE ANA PAULA E VITTÓRIO LANARI

Esse ano de 2013 está sendo muito especial! Estou de portas abertas para o mundo e recebo com enorme prazer os amigos que estou conquistando! Treze! Número de azar? De forma alguma! Número de Nossa Senhora, número do amor e de comunhão! Ano de colecionar amigos!

.

TÁVOLA REDONDA DE ANA PAULA E VITTÓRIO LANARI

Por Ana Paula Lanari

.

A lua, linda... veio para nos inspirar!

A lua, linda… veio para nos brindar com sua beleza e inspirar!

Nosso companheiro, enquanto ainda estávamos na "távola redonda" no jardim

Nosso companheiro, enquanto ainda estávamos na “távola redonda” no jardim

.

Falo em comunhão, pois é à mesa que, todos os dias, trocamos a comunhão com nossa família, filhos e amigos. A mesa de todo dia, é crucial na formação da harmonia da família. Nela, conversas, conselhos, desabafos, brigas, choros, risadas e casos criam o vínculo – o elo da corrente – da força do amor. O melhor e maior exemplo da importância da mesa, começa com Jesus que nos ensinou a repartir o pão durante a Santa Ceia. Depois disso, me vem a lembrança da “távola redonda” criada pelo Rei Arthur na forma de círculo, para que não houvessem cabeceiras e assim, todos seriam de igual importância.

.

Pão com Bacalhau "dilusbrante" rsrsss

Pão com Bacalhau “DILUsbrante” rsrsss

Acompanhado com esse queijo português ficou perfeito!

Acompanhado com esse queijo português, ficou perfeito!

.

Ontem, recebemos em casa para jantar “à mesa”, nossos primos Stella e Ricardo e nossos amigos Dilu, Luiz Guilherme e Henrique. Começamos a brindar nossa amizade na pequena “távola redonda”, sem frescuras, só alegria e sorrisos, sorrisos daqueles de dentro do coração, desinibidos e escancarados! Esse “desavergonhamento”, se deve ao Dilucious que primeiro nos trouxe o paladar e depois montou sua mesa… gigante, para acomodar todos os amigos, lado a lado, em harmonia e comunhão!

.

IMG_4270

A mesa estava linda!

Decoração linda!

.

Em seguida passamos para a mesa de jantar, apesar da gula, completamente sem pecado! Tudo foi especial, principalmente a dedicação do maridão em criar e cozinhar para nos deliciar o paladar. Essa dedicação, temperada com um tantinho de inibição por se colocar a prova da nossa cozinheira mor, a Dilu, e da Stellinha que tem milhagens em aulas de gastronomia, nos trouxe algo muito maior, nossos filhos à mesa do jantar!

.

Carinho... uma rosa para cada uma das mulheres!

Carinho… uma rosa para cada uma das mulheres!

Rosas e mais rosas... Tudo lindo!

Rosas e mais rosas… 

.

Pois é, essa turma do Dilucious tem esse toque mágico, desde segunda feira convocações e mais convocações: “Filhos, venham jantar para experimentar tal prato!” rsrsrsrsrrs Uma semana de filhos e neto à mesa do jantar, à mesa para a comunhão! Foi muito especial, completamente do jeitinho mineiro de receber. E com muito carinho, muito mesmo!

.

IMG_4259

Bruscheta de legumes especialmente para o Luiz Guilherme

Bruscheta de legumes especialmente para o Luiz Guilherme

Berinjela para a Dilu. É um dos pratos que ela mais gosta. Berinjela a Parmegiana. Ela já tinha dito que comeu em Sevilha e nunca mais achou uma igual! Então... Que seja feita a sua vontade!

Berinjela para a Dilu. É um dos pratos que ela mais gosta. Berinjela a Parmegiana. Ela já tinha dito que comeu em Sevilha e nunca mais achou uma igual! Então… Seja feita a sua vontade!

.

Sou romântica, nostálgica, melosa e por isso gosto de prestar atenção em cada coisinha bem mineirinha de que meus amigos gostam. Para a minha prima Stella, claro que estrelas e rosas (rosas de Santa Terezinha), para o Luiz Guilherme todos os neurônios usados para criar um prato sem carne bem gostoso, para o Ricardo vinhos bem gostosos, para o Henrique a cervejinha bem gelada e para a Dilu, para a dilu… detalhes, mil deles!

.

Frutos do mar com creme de pimentões vermelhos e pesto de manjericão. Ricardo adora!

Frutos do mar com creme de pimentões vermelhos e pesto de manjericão. Ricardo e Henrique adoram!

As delícias de Portugal... Para todos caírem de prazer!

As delícias de Portugal para todos caírem no prazer!

.

Todo o cenário recheado de lembranças de meus pais! Como as velas acesas que sei que ela adora, o requinte da decoração que vem do berço de valores que recebemos de nossas famílias, a água com gás e o principal a falta de frescura, a intimidade relaxada da amizade que nos deixou todos confortáveis e com o que eu mais gosto na vida: boas gargalhadas!

.

Tudo feito com todo carinho! Porta Guardanapo borbleta para Dilu e estrela, para Stella

Tudo feito com todo carinho! Porta Guardanapo borboleta para Dilu e estrela, para Stella

Decoração maravilhosa!

Decoração maravilhosa!

Perfeição!

Perfeição!

IMG_4264

IMG_4278

.

Dilu, te escrevo isso, pois tenho certeza de que o seu caminho está aberto em qualquer lugar do mundo e desse mesmo jeito que você pegou a todos nós, “em algemas”, oops! Quis dizer elos da corrente Dilucious, você vai conquistar franceses, chineses, e até mesmo Ets! Só tenho que agradecer aos meus amigos queridos o jantar maravilhoso de ontem! Enorme carinho para todos!

.

Stella, eu e Dilu

Stella, eu e Dilu

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

30 comentários em “TÁVOLA REDONDA DE ANA PAULA E VITTÓRIO LANARI

  1. Polinha e Toinho, meu queridos do coração. Em primeiro lugar, o que tenho a dizer vem só confirmando o que tenho demonstrado neste pouco tempo de amizade. Sim, pouco, mas imenso, intenso! De tudo, o que mais adorei, foi saber que nosso feliz encontro, fez com que a família tivesse “um pretexto” para degustar uma semana de convívio mais próximo. Maravilhoso!

  2. Toinho, as vezes a gente encontra tanta afinidade que as coisas vão acontecendo harmoniosamente. Você fez a berinjela que posso comer TODOS os dias, e não enjoaria. Só com uma diferença. So poderia ser com o seu modo de preparar. Super bem feita, deliciosa. Acho que na realidade, você arrumou um problema. Vai ter gente te pedindo para refazer MUUUUUUITAS vezes!!! rsrsrrsss Super obrigada por nos tratar com tanto carinho. Bjs

  3. Polinha, minha querida amiga que amo demais. Nem sei o que dizer, apenas faço questão de te copiar. Harmonia e comunhão. É o que você provoca com esse seu jeito romântico, leal, fiel, enfim, amigo de ser. Obrigada fia

  4. Dilu e Luiz Guilherme, Stella e Ricardo e Henrique, obrigada pela amizade! Sabe, meu avô Raymundo dizia que para se conhecer uma pessoa a gente tem que comer uma saca de sal juntos. Ele tinha alguma razão. Mas, como para tudo existem exceções, pulamos essa parte da saca e invertemos o tempo! É, já temos a saca de sal, pois tenho certeza de que somos amigos de vidas passadas, e agora pegamos um tantinho dele para colocar na comida cada vez que nos encontramos, e sempre à mesa da comunhão! No livro o “Arroz de Palma”, eles falam sobre o arroz mágico do amor da tia Palma, aqui a gente tem sal do amor! Sal comum, sal light, sal em barra dos Himalaias, e muita flor de sal! Viva a família de amigos!

  5. Meus olhos só foram para a mesa! Eu sou apaixonada pelas toalhas de renda e tenho uma muito parecida com a sua! Pratos lindos! Mesa chiquérrima do jeito que gosto! Linda demais!!!

    E o queijo português me deu água na boca!

    • Maria, essa minha toalha tem história! Minha mãe brincou de boneca comigo quando resolvi casar aos 18 aninhos! Doida né! rsrsrsrsrs Acho que essa é tailandesa, não me lembro e não tenho mais mamãe para perguntar. Tomara que você me diga de onde é! Chique é família, é a história de cada peça que a gente tem, é o carinho das lembranças. Se isso é chic, sou chiquérrima! kkkkkkkkkkkkkkk Chique de amor e romantismo!

      • hahaha adorei o seu conceito de ser chic! Vou te responder sobre a origem! A toalha que temos aqui em casa foi presente da minha avó materna quando preparou o enxoval da minha mãe. É da renda tipo richelieu da Ilha da Madeira, Portugal! A nossa toalha é idêntica à sua, mesmo tom, só muda um pouco padrão do desenho.

        • Oba! Era isso mesmo que mamãe falava – Ilha da Madeira! Putz! Não sei como fui parar na Tailandia! kkkkkkkkkkkkkk Agora, “acho” que não esqueço mais! bjo

    • Larissa, me perdoa, mas preciso contar! Esse passarinho também tem história, como tudo na minha vida. Papai já estava bem doente e com dificuldade para falar e mamãe já tinha ido para o céu cinco meses antes, para como boa esposa deixar a casa arrumada para receber o seu amor. Bom, mas de volta ao canarinho, o Ledo. É isso mesmo ele chama Ledo. Fui ao mercado Central comprar um passarinho para o papai e expliquei para o dono da loja que devido a urgência o canarinho tinha que cantar logo. “Claro dona, fica tranquila em meia hora na casa do seu pai ele vai cantar!”
      Pois é, passarinho comprado, fui para a casa do papai e contei para ele que em meia hora o danado iria cantar! Hã! Bravo como ele só, papai olhou para mim e levou um bom tempo para dizer: le-do en-ga-no! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Foi só ele conseguir acabar de falar e o canarinho disparou a cantar!!!!! Aí foi só gargalhadas e disse para o papai: tá vendo pai, ele vai se chamar Ledo!

  6. Que maravilha de “tudo” !!!!
    Com a absoluta certeza que a providência se faz presente em todos os momentos,aqui ela além disso se mostra caprichosa ao escolher pessoas tão amadas para dividirem estes instantes carinhosos da vida!
    Feliz por poder acompanhar tanta alegria e beleza!
    Bjos,queridas

    PS:claro que faltou eu!!!!

    • Júnia, colega, amiga, cúmplice da juventude! Providência foi te reencontrar, firme, forte, linda, irritantemente “magra”, descaradamente a mesma cara de 30 anos passados e ainda tem o desaforo de não ter cabelos brancos!!!!!!! Que que é isso???????? Com certeza dorme no formol e dentro de uma tape ware!!!!!! Apesar de você dizer que eu era chata, hum! Confesso que sempre te achei o máximo!!!!! Top total! Quem era eu para andar junto com a dupla Júnia Vaz de Melo e Clarissa Jardim!!!!!! Doida de pedra, né!!!!! Euzinha no meio de tanta lindeza!!!!!!!! O próximo dinner, será para você e o digníssimo maridão! Te adoro, desde a quarta série, mesmo sendo cinco dias mais velha do que você, como você faz questão de marcar!!!!!!!!!!!!!! Aliás, respeite aos mais velhos viu! Me deve obediência! kkkkkkkkkkkk
      PS: continuo um cubo de tão quadrada!!!!!

      • OH pecinha rara.Vai endeusando o “monumento” aqui viu??Vai causar uma decepção…
        Quanto a chatura,era tão leve e engraçada que durou toda nossa juventude.Imagina se “fosse” legal?!!
        Da menina “chata e quadrada” se fez uma pessoa incrivelmente bela:habilidosa,coerente,alegre,engraçada e amiga!
        Continue nos deliciando com seus comentários “supimpas”,seu sorriso sincero e sua amizade generosa.
        Só tenho a gradecer por tudo isso e …futuramente pelo próximo jantar!hahha.
        Bjos amada!

  7. Ana Paula, tudo maravilhoso! Bom gosto e carinho “personalizado” com cada um dos convivas deste fabuloso jantar feito pelo maridao. Você está se superando a cada dia! Artista, escritora, decoradora……
    Vamos aguardar as novidades que virão né!
    Beijos

    • Heloisa Moreira, tá perdoada! Não posso sentir ciúmes da minha filha com você de sogra dela, ela está muito bem cercada! Querida, te adoro!

    • Rita, que delícia de comentário. Fico até menos complexada, pois ando com um problema sério de incontinência “verbal”! Aqui no FB, deve ser “dedal”! rsrsrsrsrssrs Brincadeira, mas realmente era muito tímida e tem seis anos que desatei a falar sem parar. Juro! Ficava tão calada e sozinha o dia todo que um lábio colava no outro. Acho que meu problema é de over dose! Ou falo pouco ou muito, não sei o que é meio termo! kkkkkkkkkkkkkkkk Obrigada.
      AH! Descobri!!!! É efeito coletaral, é Diludose!!!!!

  8. Gente, minha mãe tem dessa toalha e eu achava que tinha virado fora de moda! Vou pegar emprestada e fazer igualzinho! Só nao temos esses pratos mara! problema nao! arrumo uns lindos! Beijao!

  9. Polinha e Vittorio, queridos primos e amigos, nas voltas que a vida dá, nos reecontramos,nos ajuntamos. Deliciosa recepção, jantar,decoração, papo animado e carinho personalizado recebemos de voces.
    Alto astral!

    Ahh, Vittorio quero aprender com voce a delicia do bacalhau e a beringela

    beijos
    Stella e Ricardo

    • Stella e Ricardo, aprendi hoje com a nossa amiga, tenente-coronel dentista, advogada filosofa e ainda Vera das Alterosas: “ Eu sou eu e minhas circunstâncias”. Show né! Ainda mais que você e Ricardo, nossos amigos e a nossa família hipertop são nossas circunstâncias!
      Juntos e misturados em alto astral!
      Beijos!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps