ALGUÉM ME AVISOU PRA PISAR NESSE CHÃO DEVAGARINHO

Sim, a Bahia tem história e um chão cheio de segredos e magia. É pra pisar devagarinho… Ficar um tempo nessa terra plena de luz, calorosa, com um céu que brilha e reflete no mar as suas belas cores, é uma delícia. Nesse chão abençoado, nasci eu, e toda a minha família. Aqui tenho amigos do peito e a alegria dessa gente é algo que explode em risos, brincadeiras, festas e festejos, que são parte do viver do povo baiano… Paz a todos e VIVA A BAHIA!

Tania Moura Sacchi

 

ALGUÉM ME AVISOU PRA PISAR NESSE CHÃO DEVAGARINHO

Dilu  Bartolomeo Villela

Na foto, brinquei com a música ALGUÉM ME AVISOU de Caetano Veloso, e ao publicá-la, tive esse comentário acima, lindo e gentil, vindo de Tania Moura Sacchi. Ela se expressou de uma maneira tão gostosa, que eu não poderia deixar de compartilhar e fazer dele, a introdução deste post. Fiquei muito feliz, primeiro porque venho ganhando parceiros extraordinários. Depois, sei que como Tania, eu jamais acertaria o início deste post com a mesma sensibilidade, afinal, além de ótima escritora, ela é baiana. Tania, espero que com os mesmos olhos que você vê a Bahia, eu consiga trazer um pouquinho de seu “abençoado chão” para o Dilucious. Prometo pisar devagarinho… Com muito respeito!

Praia do forte

Anunciei que ao voltar da Bahia, teria muito que contar. É verdade! Nesses pouquíssimos dias, um pedacinho da Bahia me mostrou o que todos deveríamos conhecer – e digo ainda, obrigação de saber.

praia do forte face

Apenas a uma hora de Salvador, se encontram deliciosas praias, e como hoje estou na Praia do Forte, o assunto vai girar, fora o hotel e sua gastronomia, em torno da biodiversidade, da beleza natural e da riqueza histórica e cultural da região.

a todas

O paulista descendente de alemães Klaus Peter foi quem idealizou esse belíssimo lugar ao comprar a Fazenda Praia do Forte em 1971, com 12 km de praias. Seu sonho era  construir o hotel com foco em preservação ambiental. Klaus Peter transformou a Praia do Forte, e o turismo deve muito a esse homem. Temos muito a agradecer! 

Captura de tela 2014-03-07 às 17.54 

Lá está instalado o Projeto TAMAR – combinação das sílabas iniciais das palavras tartaruga marinha.

IMG_0255

Com seu esplêndido trabalho de preservação das tartarugas, recebe cerca de seiscentas mil pessoas ao ano.

IMG_0248

Além de servir de modelo para outros países, o projeto é reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha.

a praia

Tanques e aquários abrigam quatro espécies de tartarugas ameaçadas de extinção e além das bichinhas, exposição permanente de painéis fotográficos, cinema, loja, restaurante e espaço cultural.

a eu tamar_Fotor_Collage

O projeto também se auxilia da iniciativa espontânea de trabalhadores locais, nativos, moradores de condomínios, donos de barracas em áreas onde há desovas para ajudar a minimizar os problemas causados às tartarugas. É inacreditável, mas o caseiro da minha amiga nos disse que já viu várias pessoas (vândalas) as maltratando. 

a tartarugas

Em 1988 em Caravelas, apareceram os primeiros turistas interessados na beleza das baleias jubartes. Depois, verificou-se uma concentração delas em Abrolhos, e mais tarde a presença das jubartes também foi observada na costa da Praia do Forte. Assim foi instalado, nessa última cidade, o Projeto Baleia Jubarte.

a bal_Fotor_Collage

A visão das baleias com certeza deve ser uma das mais extasiantes experiências da região. Pena que para Luiz e eu não foi possível, pois é preciso estar por lá entre julho e outubro. No entanto, quem como nós, for fora da época, poderá visitar o Instituto Baleia Jubarte.

IMG_0045IMG_0046

Assim como o TAMAR, o centro se dedica à pesquisa, à conservação da baleia jubarte, promoção de atividades de educação ambiental e preservação do patrimônio natural. É preciso agendar para fazer a visitação: ea.praiadoforte@baleiajubarte.org.br

a v_Fotor_Collage

A região além das praias de desovas de tartarugas, da observação das baleias, é ainda abençoada com reservas ecológicas de Mata Atlântica, rios, lagoas e recifes de corais.

a lagoa

a coque

a coral

Há ainda, a famosa e encantadora vila de pescadores que recebe no final da tarde uma leva de encantados turistas de todas as partes do mundo em busca da gastronomia, arte e cultura… De coisas da Bahia!

a vila_Fotor_Collage

Praia do Forte Coisas da Bahia

A principal rua da vila é colorida, simples, lotada de bares, restaurantes, sorveterias, pizzarias e as mais diversificadas lojinhas. Um charme!

IMG_0240

IMG_0263

IMG_0241

IMG_0208

IMG_0212

A rua é paralela ao mar e por todo o percurso, entre uma lojinha e outra, é possível ter lindas vistas. 

IMG_0245

IMG_0243

IMG_0224

A linda capelinha de São Francisco fecha o percurso com chave de ouro. Foi construída pelos pescadores em 1900 e enfeitada com telas do pintor baiano Carlos Bastos. Em frente à Praia do Porto essa linda “miniatura”, condiz com o charme de tudo que se vê ao seu entorno. 

IMG_0225

IMG_0233

IMG_0239

Bem gente, hoje paro por aqui. Digo apenas que para completar, teremos em um futuro post, as ruínas do Castelo Garcia D´Ávila, única herança em estilo medieval do Brasil.

 Claro, é um assunto que merece um post. Carlos Amorim, superintendente do IPHAN na Bahia, tem a história correndo em suas veias, e é ele quem vai nos oferecer mais esse belo e super curioso aprendizado. Aguardem, acho que vocês vão gostar demais!

Castelo Garcia d'Avila Um poço de surpresas

Castelo Garcia d’Avila
Um poço de surpresas, aliás, uma aula de história!

Não disse lá no início do post que tenho ganhado excelentes parceiros? Deus tem me feito merecedora, deve ser porque tenho pisado devagarinho… com muito respeito!

aaaa

Oiiiê, se quiser receber um email avisando quando publico um novo post, por favor deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

 

Você poderá gostar de:

24 comentários em “ALGUÉM ME AVISOU PRA PISAR NESSE CHÃO DEVAGARINHO

  1. Viva os orixas, os santos e todo o sincretismo da Bahia! Vamos viver bem sob o céu que nos protege! Que Oxalá nos permita!

  2. Hum Dilu, quer dizer que você foi conhecer meu paraíso??? Pois é menina, já me sinto “baianeira”, afinal já são 13 anos morando aí! Tudo de bom . com . br!!!!!!!
    Beijo grande e volte sempre!
    Patrícia

    • Hummm Patricia, isso é um privilégio que Deus te deu. Morar num lugar assim é isso: tudodebom.com.br
      Qdo eu voltar, te aviso para tentarmos um encontro
      Bjss

  3. Olá Dilu!
    Carnaval na Bahia deve ser bom, mas bem longe dos trios. Rsrs
    Tenho recebido muitas dicas de um lugar que chama “Boi Peba” na Bahia. Vc já ouviu falar?
    Seria um tipo de Morro de São Paulo ou Porto de Galinha, ou seja, um futuro Paraíso onde a infra-estrutura não chegou completamente.
    Vale a pena checar!
    Abraços e bom proveito!

    • Oi Felix querido, longe não, muito distante de trio, também não gosto.
      Eu nunca tinha ouvido falar dessa cidade, perguntei para o Luiz e ele disse que já ouviu falar. Vamos pesquisar! Boa dica!
      Bjs e super obrigada, vc sempre traz coisa boa pra gente

  4. Menina que bacana, vc poderia fazer o post do hotel da Praia do Forte, se vc ficou lá, né? Já ouvi mil coisas sobre ele. Sou doida pra conhecer.
    Candida

  5. Dilu, que bacana vai ser o post escrito por Carlos Amorim. Você é mesmo uma fera com esse seu jeitinho de “Faz um post pra mim?” kakakakaka

  6. Dilu, querida,
    Para ilustrar o seu lindo post,faço minhas as palavras do grande Yeats :
    ” Pise devagar , porque você pisa nos meus sonhos !”
    Um beijo,
    Maria Eugenia

  7. Ah Maria Eugênia, linda e querida! Você é assim: só diz aquilo que ficará para sempre fazendo cosquinha nos pensamentos da gente. Tenho de agradecer a dádiva de ter te conhecido…

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps