COMO NOTAS MUSICAIS

coisas de mesa florzinhaNoto que às vezes fica confuso se sou eu, Dilu, ou outra pessoa quem escreve o post.

O motivo de eu estar falando sobre isso  é que, o IT AMIGOS, como o próprio nome sugere, sempre traz textos dos amigos para o Dilucious.

E hoje, além do IT AMIGOS, tem o LOOK DO DIA… Mais confusão…Coisas de mesa vasinhos_Fotor_Collage Rsrsrss…

Por exemplo, o grato texto de hoje (logo depois das fotos), quem escreve é a nossa querida Vera (mas bem que podia ser eu, confesso que ficaria muito metida se conseguisse me expressar dessa maneira… kkkkkkk…).

Não sei por quais cargas d’água, a única fotografada do dia, além da mesa, foi a Vera… vai entender! Coincidência ou não, veio dela a maneira mais linda de registrar o nosso encontro. E o que ela descreve de uma forma tão encantadora foi mais um momento especial na minha vida.

A de-li-ci-o-sa (em todos os sentidos) e linda tarde na casa da Júnia me trouxe, mais uma vez, a certeza de que a amizade entre mulheres é, se não a melhor, uma das boas oportunidades para me trazer felicidade e motivação.

A alegria é minha, o texto é da Vera e o LOOK DO DIA é da Júnia com suas COISAS DE MESA.

Que “coisa”! Tudo lindo, como notas musicais!

.

coisas de mesa mesa

coisas de mesa

coisas de mesa passarinhos

coisas de mesa cavalinho

coisas de mesa florzinha

coisas de mesa Mesa 2

coisas de mesa prato

coisas de mesa copo verde

coisas de mesa passarinho

 

 .

COMO NOTAS MUSICAIS

Por Vera Ribeiro

.

Vera.

Saindo de mais um encontro com as Diluzetes. Fim de tarde, véspera de feriado, mas o dever me chama. O desafio agora é atravessar a cidade… trânsito completamente parado. Um gostinho bom na boca. Um calorzinho bom na alma. Calma! O trânsito não pode estragar tudo agora. Aliás, Dilu disse que vai fazer um post sobre o poder da música. Ela descobriu que música serve para dar uma força durante as caminhadas longas e difíceis. Quero que me sirvam agora para esta travessia difícil a carro também, pensei.

Um CD urgente, de música boa. Que são músicas, senão o arranjo, de apenas sete notas, em infinitas possibilidades? A lembrança da musiquinha Dó, Ré, Mi me visita. A ela se misturam lembranças de minhas amigas. Lembranças que venho colecionando pelos dois últimos anos. Começo a sorrir sozinha, mesmo presa naquele engarrafamento e atrasada para o trabalho. Começo a imaginar as Diluzetes como notas musicais.

Dó…. Podia ser Dó de Dorinha,, mas pode ser também dos dons graciosos de Graça. A doutora disse que “Deus anda gritando”. Preciso então manter meus ouvidos atentos, pensei. E bem limpinhos.

Dorinha pode ser o Mi. Sim, hoje ela me pareceu com o Mi. Mi de mimosa. Como é mimosa esta moça…Também, em seus vídeos, explica tudo explicadinho nos Mí-nimíssimos detalhes e faz a gente ter fortes esperanças de que vai ser fácil cozinhar igual. Agora deu pra bordar. Deve estar bordando o enxoval, a menina vai casar finalmente!

Polinha! A Polinha não lembra aquelas meninas que saem por aí cantarolando lá, lá, lá, lá, lá? Hoje não estava lá. Ficou lá longe… Mas estava sim lá. Lá dentro da gente. É! Hoje penso nela como nossa nota Lá.

E falar nisso, lá vem o Sol! Toda vez que Dilu adentra nos recintos, não é que vem feito um sol? Sol de verão, sol da meia noite, sol maior ou sol menor, mas eita natureza solar a desta amiga. Fogo, força da natureza. De onde esta mulher tira este brilho todo?

Stellinha! Não me canso de dizer que ela, prá mim, é aquele toque de discreto charme. É reservada, mas não é fechada. Religiosa, praticante. Papo reto, sem muito “mimimi”. Stella bem pode ser o nosso Ré. Reta e correta.

Já a Júnia é fazedora, é falante, com suas mesas boca e meia. Mesas Fá! De fabulosas….

Cristina, uma outra nota essencial nesta nossa sinfonia. A Cris faz aquela carinha de quem está pensando… e é “nota pra toda sinfonia”. Sempre tem o que contar, sempre sabe fazer boas indicações. Sempre atenta, prestativa. Não sei muito de música, mas sei que as notas mudam na pauta conforme a clave. A Cris vai de Dó a Fá, é sempre uma boa nota.

Já estou há duas horas no trânsito, nem consegui ainda chegar na MG 10. Mas Diluzinha tem razão. A música tem muito poder. Ainda não praguejei e estou feliz. Começo a me perguntar: E se os alunos não me esperarem? E se o coordenador me mandar repor a aula? E se “garrar” a chover? E se um pneu me fura agora? Ou, pior, a gasolina, que acaba de entrar na reserva, resolve acabar? Em meio a tantos “se”, uma hipótese ainda mais inusitada me visita: e se o Dilucious não existisse? Muito provavelmente jamais teria cruzado com estas notas musicais, dispostas desta forma, fazendo esta sinfonia. Única como únicos são cada encontro nesta vida.

Em meio a tantas elocubrações e caraminholas, começo a cantarolar a musiquinha da infância: dó, ré, mi….

Não falei do Si… “ o Si indica condição…. Quem é o nosso Si? Uma vez li, em algum lugar, que o amor não impõe condições. Ele é a condição. Nosso “si” então fica sendo o afeto que nos une, nossa bem querença, nossas saudades umas das outras, nosso fraternal amor, que vem sendo construído dilucious-samente. Se vamos nos reencontrar? Certeza absoluta. E, até a próxima, seguimos juntas, mesmo quando passamos tanto tempo separadas. Afinal, o reencontro, em tempo mais ou menos breve, é certeza . “Si e apenas si” existe amor. Até a próxima meninas. Sei lá se deu um post, mas deu foi um jeito de dizer a vocês, ainda e sempre: muito obrigada. Vera.

notas-musicais aaaa

Se quiser receber as atualizações do Dilucious cadastre-se aqui. Obrigada, Dilu

BBB

Você poderá gostar de:

33 comentários em “COMO NOTAS MUSICAIS

  1. Meninas!!!! Que nossa amizade seja sempre DÓ – RÉ – MI – FÁ – SOL – LÁ – SI

    Ontem Cris e eu saímos e ela leu pra eu ouvir, no carro, esse ENCANTO (pq isso não pode ser chamado de post) Sem palavras meninas… Que “DÓ” de nós, pobres mortais que tentamos escrever coisas bonitas… Ah “SI” chegássemos a conseguir… A Vera é essa, que nos faz arrepiar a cada vez que dá o ar da graça, isso é “FÁ”to. Bastou abrir a boca, pode esperar que “LÁ” vem coisa. Ainda não deu pra acostumar, e na verdade, imagino que nunca vou “MI” acostumar com a beleza de ser uma privilegiada em poder ouvir o que ela tem a dizer. O “SOL” brilha mais quando ela resolve escrever ou falar… Se é a hora dele se pôr, ele dá uma “Ré”, pois sabe que não pode perder nada…

    E por essa e “outras” que dou graças a Deus por um dia a Stella ter falado a palavra mágica: Dilucious! Com ele o “outras” veio em forma de Cris, Polinha e Graça. A Júnia não conta, pq essa já é antiga na área… kkkkkkkkkk E amo demais essa antiguidade.

    Júnia, obrigada por esse almoço delicioso que mais uma vez nos fez ver o quanto é importante a amizade, que ela seja A de eterna, ops… ad æternum!

    • Amada do meu coração que só me faz ter certeza da providencia divina para tanto carinho.
      Esta partitura nada mais e´que a harmonia entre pessoas que foram unidas para tocar a vida
      com mais leveza e um real e desinteressado sentimento: o amor!!! Bjos

    • Dilu querida,

      Você é sempre muito generosa comigo. Na verdade não é o que escrevo , é o que me faz escrever que te encanta. Porque fala de sentimentos, e porque estes sentimentos são de verdade. E tudo que precisamos hoje, no mundo, com urgência, é de sentimentos; de bons sentimentos. Sentimentos que, aprendi um dia, podem valer mais que mil pensamentos juntos.
      Sim, o Dilucious consegue esta magia. De ser maternidade de bons sentimentos.Aqui, como em todos os lugares, virtuais ou reais, sinto-me sempre em falta com meus amigos. Porque estou sempre correndo, sempre atrasada, algumas vezes ausente. É minha sina, Dilu. Uma vida meio corrida, sempre. Mesmo agora que trabalhando menos. Como naquele desenho, acho que Perna Longa, o bichinho sempre correndo. Mas, jjá disse isto aqui uma vez e repito. Uma vez li um poema de um poeta sulamericano – queria localizar e não consigo. E um verso me ficou pra vida toda. Dizia ele que, ” estar em companhia não é estar com alguém, mas estar em alguém”. Ele foi a perfeita tradução de meu sentir para com meus amigos. Mesmo quando sozinha e correndo, sinto-me sempre acompanhada. E com vocês acontece igual. Percebo-me muitas e muitas vezes o quanto moram dentro de mim.Porque vejo algo e penso em uma, porque a lembrança de outra me visita e me faz sorrir sozinha… porque não dizer, muitas vezes é uma lembrança que me socorre em momentos de dúvida ou difíceis. Não há como explicar isto em palavras, mas há como entender, sei que nos entendemos muito bem. Especialmente em silêncios, impostos por vidas tão corridas. Pronto, isto é o que importa e o que criou laços entre nós. Obrigada sempre Dilu, pelo carinho, pela generosidade, por deixar-nos compartilhar de sua essência, tão linda, tão consistente. Estaremos sempre juntas. bjk

      • Vera minha querida, se existe uma coisa que você não precisa sentir é essa sensação de estar em falta com essa ou aquela pessoa. Sabe por quê? Você sempre faz de qualquer coisa, por menor que seja, uma coisa inteira, completa, e tudo que é inteiro permanece por muuuuuuito mais tempo, isso é, provoca muito mais “sentimento” e fica muito mais presente no coração das pessoas. Falando em presente, você é o presente na vida delas! Ah! Também em se falando em “magia”, penso que mágico mesmo é quem consegue fazer essas e outras pessoas arrepiarem cada vez que abre a boca. E mais mágico ainda, é você achar que as pessoas “estão em você” nas suas correrias, quando na verdade, é você quem está nelas todo o tempo. Imagino que elas “estão” em você analisando ou se deliciando com o silêncio de cada uma de suas palavras, todas muito altas, fortes e poderosas!

  2. Nossa, dei uma sumidinha pra voltar encontrando um manancial de emoção.Verdade Dilu! Eu emocionei com a linda mesa, lindo artigo da Vera Ribeiro e seu comentário também, tudo lindo!

    • Dorinha me lembrei de você, saí ontem à noite, mas cheguei e garrei no bordado. Sim, ando pensando mesmo em casar…kikiki. Aproveito pra te agradecer de novo a dica. Eu adorei tudo, adorei o lugar, as pessoas, a professora, adorei descobrir que posso aprender ago novo que me parecia impossível pra mim. Patrícia, bjk ( será que é a Patrícia nossa colega de escolinha?)

  3. Vera de poucas e certeiras falas,não desperdiça palavras.
    Quando fala,fala com a propriedade de quem as conhece muito bem(as palavras) e sabe “juntá-las” na
    sintonia perfeita(aqui neste post também conhecida como sinfonia perfeita)!
    Quanto prazer voces me dão em recebe-las!Isto é um privilégio!!!
    Obrigada queridas!!!

  4. Meninas , tudo lindo . Parabéns Vera,texto lindo e bem colocado.Eu só acho Dilu que não existe cargas d’água nenhuma , nada acontece por acaso .

    • É verdade Simone, sempre o porque das coisas são mostradas assim que se faz necessário. Estou certa que isso é a mão divina se posicionando. Bjs amor!

  5. Lembro-me de ter chamado a Júnia de ”encantadora de mesa” e hoje não foi diferente … Lindo , muito bom gosto com o clássico das cores , pra não errar … o cinza , com toques coloridos que deixaram a mesa admirável …Parabéns , Júnia !
    Quando li o título na pág da Dilu , sabia que encontraria beleza que enchem os olhos e a alma !
    A Vera sempre se destacou … escrevendo textos e comentários … É um impecável e lindo escrever , com nuances só dela ! Enquanto lia a inteligência e facilidade da Vera em usar as palavras , me transportei ao encontro de vcs … quantas coisas belas se vive e aprende com quem sabe de verdade e não se importa em dividir !
    Hoje , após esta incrível sinfonia em sintonia perfeita com as participantes do encontro , posso dizer que conheço um pouquinho da essência da Júnia , Dorinha , Graça , Stella , Cristina e um pouco mais do Sol Dilu … Vc , Diluzinha foi elevada á categoria do astro maior , o astro sol … Como a Vera foi feliz fazendo alusões ,comparações perfeitas …
    Fomos brindados com dois belos textos : o do Vera no lindo post e o seu comentário , Sol Dilu , que mais uma vez nos mostra sua delicadeza e o gosto pela convivência com as pessoas e sua paixão pelo Dilucious e pelas Diluzetes !
    Parabéns , querida Vera ! É sempre um prazer e aprendizado ler seus inspirados e belos textos !
    Parabéns , querida Sol Dilu , por nos proporcionar momentos com tanto brilho , irradiando sempre tanta beleza .
    Vida longa , cheia de boas vibrações á todas vocês e ao Dilucious !!!
    Beijos !

    • Nilza, tenho muita vontade de te conhecer pessoalmente. Precisamos providenciar isto.Obrigada pelo retorno. Sim,Dilu tem a natureza solar. Agrega, e é incansável. Nunca se nega à vida e compartilha esta luz. bjk, obrigada.

    • Nilza sua linda!!!!Quanta delicadeza em suas palavras!
      …”quantas coisas belas se vive e se aprende com quem sabe de verdade e nao se importa em dividir!”
      E como nos tornamos mais felizes e de coração mais nobre quando vivemos estes momentos!
      Adorei todo seu carinho!

    • Ah Nilza, não é por falta de minha total e completa “querência” que vc não se transportou, não apenas ao encontro que tivemos, mas para tudo que temos vivido. Eu entendo que vc tenha de ficar um pouco mais distante, mas pelo meu querer, seria no nosso pertinho que vc ficaria sempre…
      E outra, você fala da Vera, mas também tem o dom da escrita, também tem os sentimentos mais nobres nesse coração do bem, também tem carinho, amor e beleza para dividir conosco, enfim, vc enche nossos corações de alegria.
      Amiga querida, vc sabe mesmo, tudo que mais adoro é essa vibração, que Deus a proteja!!!

  6. Querida Vera, Júnia, Dilú

    Consumi algumas horas tentando organizar as emoções diante deste texto poético que retrata com muita fidelidade o que vai no coração e alma deste grupo de mulheres que celebra a amizade e a própria existência com muita alegria!
    Li e reli algumas vezes degustando como um bom vinho, as emoções que foram percebidas,vivenciadas e registradas por vcs durante nosso encontro, identificando total empatia no meu coração !
    A manifestação de Deus em nossas vidas tem sido claramente percebida! ELE tem feito muitos milagres e chega a ser gritante ! Conhecer vcs foi um grande presente que recebi!
    Querida Vera vejo claramente o grito de Deus na sua sensibilidade e no dom de de expressar !
    Júnia com este Dom maravilhoso do bom gosto, mas acima de tudo o Dom da alegria ,simplicidade desprendimento e dedicação faz de vc um instrumento vivo de Deus por onde percorre !
    Obrigado por nos receber !
    Todas as vezes que comunico em casa que tenho um encontro com vcs , só recebo manifestações de apoio, incentivo e colaboração. Minha família reconhece a diferença que vcs fizeram em minha vida !
    Dilú através de vc Deus se faz presente, neste maravilhoso trabalho de ser “ponte”,entre as pessoas, fazendo emergir LUZ, ressaltando sempre o que há de melhor em cada um!
    Obrigado a todos vcs por toda esta partilha e principalmente a Deus pelo Dom da Vida !

    • Ah amiga Graça, que graça…
      Que graça que grita a palavra de Deus em nossos ouvidos em cada encontro
      Que graça que só tem palavras boas para compartilhar conosco
      Que graça que espalha sementinhas do bem e semeia a amizade
      Que graça que entrou devagarinho e aos poucos vai tomando seu lugar no coração de cada uma
      Que graça que só sabe trazer energia positiva e a certeza… quuuue graça… a certeza que precisamos de você!!!!

  7. Graça, obrigada por tudo, viu? Sinto sim, que Deus fala em nossas vidas. Fala pelas pessoas, pelas coisas, pelos “acasos”, pelos detalhes….Já falou comigo observando você. Um dia te conto. bjks.

  8. Alguém já deixou aqui registrado que os comentários são tão lindos como os posts …
    Hoje não foi diferente , cada um se expressa com a voz cristalina do coração e o post só enriquece !
    Obrigada Vera pelas palavras amáveis … Sim , vamos conhecer pessoalmente . Será um grande prazer , querida !
    Beijos !

    • Nilza minha querida, disse algo parecido lá em cima e repito aqui: que Deus proteja cada uma dessas vozes “cristalinas” (que palavra linda!)… Vou dormir com ela me ninando! Obrigada amiga!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps