Uma breve viagem pelo Alto Douro Vinhateiro

Uma breve viagem pelo Alto Douro Vinhateiro

Por Mônica Leite de Campos

.

Eu adoro conhecer pessoas e lugares, sinto-me sempre renovada e preenchida por poder aprender com o que vejo e com quem convivo. Este fim de semana foi assim: amigos queridos nos convidaram para um fim de semana em família na sua bela e harmoniosa casa em São Cosmado, no Conselho de Armamar.

douro azul

.

A primeira surpresa Armamar – terra da maçã da montanha… por todo o lado lindas macieiras, carregadas de maçãs de todas as cores e o perfume no ar… sentem? É mesmo assim como se estivéssemos numa loja de perfumes a céu aberto.

douro margem

.

Por todo o caminho a paisagem se mistura com o Douro Vinhateiro e sua paisagem protegida pela Unesco – Patrimônio da Humanidade.

douro casa.

E neste quadro de maravilhas da natureza, claro que não podia faltar a água avistada de muitas paragens a dar seu toque .

Douro

.

Quem visita o Douro tem muito que provar, que se deliciar e que ver.

douro azul 1.

Os caminhos são inúmeros, as estradas em curvas e contra-curvas nos obrigam a apreciar com lentidão uma paisagem talhada pelo tempo e curiosamente melhorada pelo homem…

douro horizonte

.

Ouvi esta expressão do nosso anfitrião e não pude deixar de comprovar que o homem fez um belo trabalho em toda a encosta.

douro por do sol

.

Os muros de xisto, as videiras milimetricamente plantadas, o rio e seus braços a desenhar o vale, encantam a cada olhar.

douro parreira

.

Muito eu poderia dizer destes dias de encanto renovado, porque por mais de uma vez tive a oportunidade de visitar este Douro, mas não conseguiria transmitir aqui o tudo que vi, por isto, convido-os a todos a esta viagem pelas imagens, cheiros, sabores e claro, um belo copo de vinho tinto ou branco, um espumante refrescante da região ou o imbatível vinho do Porto, em toda a sua gama de história, que remonta aos Romanos e alegra os Ingleses….

douro parreira 2

.

Sou muito parcial nesta matéria porque tenho as minhas preferências:

Do tinto um QUINTA DO VALLADO, com alguma idade e monocasta Touriga Nacional. A junventude fica para os brancos que de nome pode ser o ALTANO DOC 2011.

Se a comemoração da vida for uma certeza, por que não juntar uma taça de MURGANHEIRA SUPER RESERVA BRUTO que rivaliza com o TERRAS DO DEMO e tem vindo a conquistar o seu terreno, não fosse aqui nascido e criado.

E não pensem que me esqueci do Porto…. aqui temos um probleminha, eu só gosto deles brancos, como bom aperitivo, e a escolha tem obrigatoriamente que ser um Lágrima Branco das Caves Ramos Pinto. Se este aperitivo puder ser degustado na Quinta da Ervamoira, depois de uma visita às gravuras rupestres do Côa, o coração e o palato vão agradecer….. boas lembranças de uma viagem.

Agora que já me sinto bem regada, como se diz por aqui… É preciso pensar no que comer: um cabrito grelhado de Armamar com maçã e batatinhas, um naco de vitela com o arroz de feijão… ou quem sabe um fatia de bola com muito presunto? E claro, não podemos nos esquecer do pão amarelo, da broa de milho, dos enchidos caseiros que atendem por nomes sonoros como moiras, salpicão, paios e muitos outros….

Os lugares para tantas delícias: Castas & Pratos na Régua, Restaurante Fonte Nova em Armamar; Restaurate DOC na Folgosa, Restaurante Calça Curta em Carrazeda de Ansiães.

Como ninguém é de ferro e o descanso necessário, é preciso escolher onde adormecer e sonhar: Quinta do Vallado; Aquapura Douro Valley; Quinta Branca e claro a casa dos amigos.

Se a escolha for mais citadina: Hotel Douro Palace; Douro River Hotel e Hotel Vintage House.

Neste recanto de belezas, mais uma escolha se coloca: a visita de barco com visitas diárias ou em cruzeiros semanais (www.douroazul.com ).

Sejam felizes e gozem a vida, que dela só levamos o que vai no coração.

Um beijo carinhoso da

Mônica

 

Mônica Leite de Campos

Mônica Leite de Campos

 

aaaaOiiiê, se quiser receber um email avisando quando publicamos um novo post, por favor deixe seu email aqui. Obrigada, Mônica

BBB

 

 

 

 

 

 

Você poderá gostar de:

22 comentários em “Uma breve viagem pelo Alto Douro Vinhateiro

  1. Ah! Que saudade dessa terra de além mar! Realizei um sonho e fiquei no Aquapura, desfrutatando da maravilhosa paisagem do D’ouro! Coisa de sonho mesmo, conto de fadas! Já eu adoro um vinho do porto, e prefiro o tawny ou ruby. Bom passeio nessa região é a Quinta Pacheca. Bjos

  2. Monica,
    Eu estou programando de viajar para Portugal em maio de 2015. Qual é a melhor região para quem tem só 14 dias?
    Obrigado,
    Leonardo

    • Leonardo, Portugal é um País bastante pequeno e em 14 dias dá para ter uma idéia de Norte a Sul é tudo uma questão de organização.
      Se alugar um carro consegue visitar muita coisa e as estradas são excelentes. Maio é um otimo mês estamos em plena primavera.
      Guarde 3 dias para Lisboa, 2 dias para o Porto como cidades principais. A partir daqui será decidir por onde chega e por onde parte para poder organizar o circuito. Quando chegar o momento de organizar as cidades entre em contato comigo que ajudo com todo o gosto: monicacmpos@netcabo.pt.
      Um abraço,
      Mônica

  3. Há alguns anos estivemos de férias com o meu sogro em Armamar. É um local que convida a descansar, comer bem e apreciar a paisagem. De qualquer local se tem uma vista espectacular…
    Belas fotos!

  4. Monica, que lugar lindo!!! Conheço muito pouco dessa região. Quando fui, foi a 23 anos… estou precisando voltar!! Bj e obrigada pelas dicas!!

  5. Monica,voce como sempre nos surpreendendo com histórias mágicas.
    Aliás,surpresa nenhuma,já que este lindo texto,vindo de voce só poderia com brindar com dicas preciosas!!
    Grande parceria esta Dilu/Monica!!!

    • Junia, para mim o segredo da vida é fazer tudo com o coração, fica mais fácil e mais bonito. As dicas são fruto do crescimento de Portugal que cada dia tem mais a oferecer. Estou adorando esta nova tarefa você acertou em cheio. beijocas, Mônica

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps