O NOME DISSO É… INTIMIDADE, e ela é uma M_ _ _ _ ???!!!!

O NOME DISSO É… INTIMIDADE, e ela é uma M_ _ _ _ ???!!!!

Por Dilu Bartolomeo Villela

Deveria, mas nem sempre a INTIMIDADE é um ingrediente básico para relacionamentos saudáveis. Tipo assim: Sua amiga resolve que é “normal” chegar na sua casa (sem ser convidada), sentar na sua cama (onde você adora trabalhar no laptop), trocar o canal da TV (você nem estava assistindo, mas…), “rechear” sua cabeça de “abobrinha” (que não te interessam nem pra sua receita de Abobrinha recheada), molhar seu travesseiro com suas lágrimas (afff!!! Não sou insensível, mas é a quinquagésima vez) e aí…

Aí, para completar, ela, (que já desabafou, já esqueceu tudo, porque mulher é assim mesmo) vai até seu closet, pega um vestido que você acabou de comprar (e ainda nem usou) e claro, nem lembra de pedir emprestado, solta: Ah… mas com esse vestido vou fazer ele pagar caro por tudo que ele me fez, ele vai comer merda no pão que o diabo amassou!

Então gente… o nome disso é… INTIMIDADE, e ela é mesmo uma M_ _ _ _ . Pois é, essa é a palavra usada quando se tem intimidade, e isso é mesmo (mais) uma M _ _ _ _ ! Rsrsrsss… Deveria, mas nem sempre a INTIMIDADE anda de mãos dadas com a educação.

Vez ou outra com você também ocorrem momentos como esse? Esse algo tão complexo, chamado INTIMIDADE, provoca inesgotáveis ações X reações, já que denota (ou detona) mudanças nos relacionamentos. Cá pra mim, na maioria das vezes, coloco a INTIMIDADE como sendo uma droga, pois quando mal usada, provoca estragos incontornáveis nas relações.

Em certas situações, me refiro a ela dando um tom de gozação, mas quase sempre, o tom é sério. En-tre-tan-to…. hoje o tom é de brincadeira e hoje é dia de desdizer o que disse antes: Como é bom ter intimidade! (só rindo da falta de personalidade) Kkkkk… Sim, como é bom ter intimidade para poder se aventurar!

Foi o que aconteceu nesse almoço que fiz para minha família. Como estou sem ajudante, a princípio queria fazer algo bem “ligeiro”, desejando mesmo o encontro dos irmãos, cunhados, sobrinhos, sobrinhos netos, etc, etc. Nem flores a residência possuía. A INTIMIDADE me deixou enfeitar com flores de mentirinha.

.

flor face.

Já que passei a desdizer… Deveria, mas nem sempre a intimidade dá em M_ _ __ _. Às vezes, sabendo levar, a INTIMIDADE pode te trazer a falta de frescuras, e te abre um espaço livre, leve e solto para rever e encontrar pessoas queridas.

Ok! Eu tinha preparado fotos dos pratos e receitas pra esse post, mas você há de convir que não vai combinar essa mistura íntima de assuntos: a palavra M_ _ _ _  e muitos comes à mesa. Que tal você voltar amanhã para ver tudo? Ah! Inclusive, vou dar uma dica maravilhosa, você vai adorar e fazer muito uso dela!

Bem gente, o post acaba aqui, tá? Daqui pra frente é uma questão de… INTIMIDADE! kkkkk…

Nem pega bem num blog de gastronomia, onde os assuntos giram em torno do alimento, melhor coisa do mundo, usar palavra feia, mas já que comecei… Você sabe qual é origem da palavra M_ _ _ _, aquela que usei mais acima? A expressão MERDE nasceu na França antiga e era utilizada entre artistas para desejar boa-sorte. Pelo fato de o público ir ao teatro em carruagens, acontecia de amontoar “merde” dos cavalos nas entradas e a expressão relacionava os fatos: se havia “muita merda” na entrada do teatro, havia também muita gente, e como consequência, “muita sorte”.

Desculpe gente, mas o assunto ainda vai render mais. Para não extrapolar a intimidade que nos é permitida, devemos nos submeter a um diagnóstico. Sim, antes de fazer qualquer coisa, pense bem. Como usei a palavra M _ _ _ _ várias vezes, pensei bem e cheguei à conclusão que vou postar essa lista a seguir (tirada da internet) para servir de exemplo do que a gente jamais deve falar, mesmo quando muito íntimos.

Você sabe qual é a palavra mais rica ou considerada um coringa da língua portuguesa?

1)    Como indicação geográfica

Onde fica essa MERDA ?

2)    Como indicação geográfica

Vou embora dessa MERDA .

3)    Como substantivo qualificativo

Você é um MERDA!

4)    Como auxiliar quantitativo

Trabalho pra caramba e não ganho MERDA nenhuma!

5)    Como questionamento dirigido

Fez MERDA, né?

6)    Como elemento de indicação do caminho a ser percorrido

Por que você não vai à MERDA?

7)    Como especulação de conhecimento e surpresa

Que MERDA é essa?

8)    Como constatação da situação financeira de um indivíduo

Ele está na MERDA

9)    Como indicador de ressentimento natalino

Não ganhei MERDA nenhuma de presente!

10)   Como indicador de espécie

O que esse MERDA pensa que é?

11)   Como indicador de continuidade

Tô na mesma MERDA de sempre.

12)   Como indicador de desordem

Tá tudo uma MERDA !

13)    Como constatação científica dos resultados da alquimia

Tudo o que ele toca vira MERDA !

14)   Como resultado aplicativo

Deu MERDA .

15)   Como indicador de performance esportiva

Você não está malhando MERDA nenhuma!!!

16)   Como qualificação de governo

O governo LULA e DILMA só fazem MERDA !

17)    Como situação de “orgulho/metidez”

Ela se acha e não é “MERDA nenhuma!”

18)    Como indicativo de ocupação

Para você ter lido tudo isso até aqui, é sinal que não está fazendo MERDA nenhuma!!!

19)   Como classificação literária

Que post é esse Dilu? Êita textinho de MERDA sô!!!

.

aaaa

Se quiser receber um email avisando quando publicamos um novo post, por favor deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

BBB

Você poderá gostar de:

16 comentários em “O NOME DISSO É… INTIMIDADE, e ela é uma M_ _ _ _ ???!!!!

  1. Ei Dilu!
    Estou fazendo mais coisas que MERDA nenhuma e mesmo assim li até o final!
    kkkkkkkkkk Intimidade dá nisso também.
    Aguardo mesmo as fotos e as receitas ok?
    Beijossss

    • kkkkkk ah Cris, adorei o Estou fazendo mais coisas que MERDA nenhuma e mesmo assim li até o final!
      Se eu tivesse a sua facilidade pra escrever, teria usado isso no texto! kkkkk
      Aqui ó! Tb não me venha com essa cobrança de M_ _ _ _ _! kkkkkkkk

  2. Deu a louca na Fada!!! Meu Deus, meu reino para saber quem foi a criatura íntima que tirou a Fada do prumo!!! Rsrsrsrsrs Adorei ler esse post, me senti relaxada depois de tanta merda! Kkkkkkkkkk
    Dilu, que a gente continue amiga, mas nada dessa merda de intimidade tá? Kkkkkkkkkk Beijo

    • Rsrrssss… Na realidade, eu comecei o post de hoje para dar uma dica ótima. Acabou virando isso! Pode Ju??? Por isso que sempre te falo: EU AMO ESSE BLOG!!!!!!! Quantos anos ganhei hoje, além da alegria de fazer esse post?

  3. Mineira, aqui, de madrugada, eu rachando de rir. Até hoje, todos os seus artigos, os que pude ler, trazem uma outra Dilu. Adorei essa menina!

  4. Ei Dilu.
    Acompanho o Dilucius e deliro.
    Louca para ver a receita intima para a familia.
    Não ter ajudantes aos domingos esta virando rotina e minhas inspirações rapidas e praticas esgotando.
    Parabéns.

  5. Simone, muito obrigada, fico muito feliz de você gostar do blog, pois faço com muito amor. Quando ouço um elogio, é como se fosse para um filho… rsrsrsss….
    Olha, espero que você tire uma ideia. Esse almoço é uma delícia, pois pode ficar no aparador e só mais tarde servir alguma coisa quente, ou não. Na realidade, quando eu disse que tinha o filet, ninguém queria mais nada. E na falta da ajudante, você faz uma sobremesa que possa ficar pronta na sexta.
    Mudando o assunto, encontrei uma senhora que trabalha aqui no prédio onde moro que disse fazer almoços no domingo, se vc quiser, me fale.
    Bjss

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps