Dame de Cœur, a “Senhora do Coração”

Cathedrale d’Images

Há muitos anos estive na França com minhas irmãs e uma amiga. Nessa viagem vi pela primeira vez um espetáculo de projeção na Catedral Notre-Dame de Strasbourg. Fiquei tão maravilhada que ano passado voltei com meu marido pra ele também ver aquela fachada de arenito rosa sendo iluminada pelas projeções. Em Baux de Provence, a Carrières de Lumières (dica pra quem vai pra Provence) apresenta a cada ano uma projeção baseada nos maiores artistas do mundo. Quando fomos era a vez de Van Gogh ser homenageado naquelas imensas paredes rochosas da mina desativada. Luiz e eu, de mãos dadas, choramos de emoção.

.

Dame de Cœur, a “Senhora do Coração”

.

.

Filmei todo o espetáculo, mas infelizmente não consegui passar pro computador.

.

Nos últimos 4 dias, aqui em Paris, as projeções vieram com um UP em relação aos espetáculos que citei acima.

.

.

Além do projeto em si, o espetáculo celebrou o Armistício, dia de comemorar o fim da I Guerra Mundial

..

.

Quase 24 minutos de imagens iluminaram, não só o Parvis Saint Jean-Paul II, em frente à Notre-Dame de Paris, mas o coração de cada uma das milhares de pessoas que tiveram o privilégio de assistir o Dame de Coeur, que homenageou também os soldados que perderam suas vidas nas horríveis batalhas.

.

..

A história contada durante a projeção trouxe uma mensagem de paz e fraternidade…

.

.

… E nos brindou com um roteiro que abraça a história da Notre-Dame: Em 1917, uma enfermeira francesa encontra um soldado agonizando que ainda tem tempo para dizer sobre seu arrependimento por não ter conhecido a Notre Dame.

.

.

Copiando o texto da @ Cathédrale Notre-Dame de Paris: Por meio de um diálogo histórico, artístico e místico, essas duas almas se encontram para acessar em conjunto o mistério de Nossa Senhora, que é a Dame de Cœur, a “Senhora do Coração”.

.

.

Que mensagem! Que maravilha! Que emoção!

.

.

Que espetáculo “monumental”, já que o “palco” foi a fachada do próprio monumento, a catedral. Tudo começou na escuridão ao desligarem as luzes da praça dando ainda mais ênfase, ou dramaticidade, na beleza do show que gradualmente foi recebendo o jogo de luzes, cores e som.

.

.

Ontem, aqui em Paris, Luiz e eu, de mãos dadas, choramos novamente, só que desta vez, além da emoção, tivemos ali a noção da enorme gratidão que sentimos nesse momento de nossas vidas.

.

.

É uma pena que mais outras milhares de pessoas não possam assistir e sentir a sensação que nos provocou a “Senhora do Coração” (pensando aqui, bem que poderia ser Dame de Cœurs, a Senhora dos Corações).

.

.

O projeto custou a bagatela de 400.000€, demorou quase dois anos para ser concretizado e ficou em cartaz por apenas 4 dias, de 8 a 11 de novembro de 2017. Vou guardar para sempre esse convite, que foi gratuito, mas muito precioso! Merci, ‘senhora do coração’!

.

.

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

Você poderá gostar de:

12 comentários em “Dame de Cœur, a “Senhora do Coração”

  1. Diluzinha querida , sempre fico admirada por você compartilhar seu dilucious com tanta generosidade , mas hoje eu acho que você extrapolou com tamanha maravilha . Obrigada de coração e um beijão pra você !

    • Stella, eles mandaram um email perguntando se achamos que eles devem continuar. Quem sabe em janeiro eles fazem as últimas apresentações? Fica de olho!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps