Piazza Duomo não é praça, é céu… opss, é restaurante!

Não à toa, o Piemonte foi o lugar escolhido para formar o movimento slow food, que defende a qualidade dos produtos, a tranquilidade à mesa e cultua as refeições feitas com amor. A viagem ao Piemonte precisa ser pausadamente “degustada”, pois normalmente as refeições duram horas. Ainda mais que o assunto “gastronomia” reina absoluto quando chega o outono, a mais esperada estação do ano. Êta época fértil em deliciosos presentes para os amantes da boa mesa: os verdadeiramente perturbadores cogumelos porcini, as castanhas, o azeite recém-prensado, as degustações de vinhos e claro, as raras trufas brancas. Temos oportunidade de colher nossas próprias trufas veja aqui numa programada caça à trufa com caçador profissional, cães farejadores e tudo – mas se você não tem tempo para tal, aproveite para degustar as joias da cozinha italiana num restaurante com estrela Michelin. Aproveite ao máximo a viagem incluindo a arte di mangiare bene, legado do Piemonte!

.

Piazza Duomo não é praça, é céu… opss, é restaurante!

.

Em outro post falei sobre o restaurante La Ciau del Tornavento clique neste link pra ver, achando que não poderia ter melhor no Piemonte. Mas num é que a região realmente “abusa” e ainda possui o 150 na lista dos 50 Best Restaurant of the World (sim, do mundo), e ainda, é dono de 3*** estrelas Michelin?

.

.

E vamos combinar: estas estrelas brilham com mais intensidade numa “constelação” onde o acúmulo de mesas aclamadas é monstra. E já que a concorrência é brava, melhor pra nós, consumidores ávidos por boa comida e novidades.

.

Observa a pessoa querendo fazer da placa um espelho… Espelho, espelho meu, tem restaurante melhor que esse?

.

O Piazza Duomo fica no coração de Alba. Sua faxada me faz lembrar uma caixa de docinhos (não parece?).

.

.

Em muito pouco tempo o Piazza Duomo ganhou três estrelas Michelin. Isto, graças a uma filosofia culinária de vanguarda do chef Enrico Crippa, que consegue extrair todo o potencial de sua musa, a comida.

.

.

Enfim, temos o privilégio de assentarmos naquela linda sala cor-de-rosa…

.

.

Com afrescos nas paredes.

.

.

Deliciosos e surpreendentes amuse-bouches nos atribuem o dom da profecia: “este é o início de uma experiência inesquecível”.

.

Menu apenas com as Amuse-bouches

.

E dá-se o início! Por causa da variedade de ingredientes, o ideal é começar com champagne, que harmoniza com todos.

.

.

Os ingredientes, todos do terroir, são trabalhados numa cozinha moderna e o resultado gira em torno de preparos cheios de uma estética ousada, abusada, quase sensual.

.

.

“Tartufo bianco”.

.

.

Espuma de foie gras com gengibre – aconselhada comer de baixo para cima.

.

.

Esponja suiça com atum, um sabor… posso dizer: absolutamente único, não sei se bom ou ruim 😆 .

.

.

Travesseirinhos lindos, de milho com sementes de gergelim.

.

.

Apenas uma falsa azeitona preta recheada com queijo e uma verde recheada com a famosa carne da região, a Fassone.

.

.

Chips de trigo sarraceno com um rico sabor árabe, e outro de arroz.

.

.

Pensa que acabou? Acho que não vou conseguir falar tudo…

.

.

A atitude do garçon na hora de apresentar a trufa ao comensal e ralá-la sobre seu prato é sempre mágica e TOP (não gosto de usar essas duas palavrinhas, mas não encontrei outras ). A nossa postura, nessa mesma hora, é sempre de… hummm… apatetados! Afinal de contas, o garçon está lidando com o que há de mais valioso e nós, nos curvando ao “diamante da cozinha” piemontesa.

.

.

Ah! Ontem eu falei sobre o peso das trufas, mas esqueci de dizer que também podemos escolher uma trufa e ficar com ela inteira e a cada prato usamos o tanto que desejamos. Só que os “apatetados” não sabem nadica sobre seleção, então é preciso ficar nas mãos de quem entende do riscado: o garçom.

.

.

Ele seleciona a trufa, pesa e a coloca dentro de uma cloche de vidro. Aí, toda vez que a cloche é destampada, a área é invadida por um maravilhoso cheiro, cheiro esse que você pode chamar de seu, e é só seu!

.

.

Vieiras com purê de raízes e trufas.

.

.

“L’ albese”.

.

.

Veio um simples creme de batata que, de simples não tinha nada: ganhou ares de banquete com seu gosto deslumbrante e rico por causa das trufas e Lapsang Souchong 😐 .

.

.

Agnolotti com trufa… Ôwww… pode parar de ralar a trufa, lembre-se que ainda tem um próximo prato!

.

.

Desta vez o Luiz não deu sua habitual sorte, comeu um prato de legumes e queijos (acho que era dia dos pressentimentos e ele, antes de entrar no restaurante, parou na esquina e comeu pizza: “Que isso amor, ficou doido? Você indo pra um restaurante 3 estrelas e comendo pizza com coca-cola? Ah, nem! Não acredito!” E ele: “Vou me prevenir, vai quê!”…  😯 ).

.

.

Meu próximo prato era cervo que, além do molho de foie gras ganhou uma porção de trufa…

.

.

A versão mega diferente da famosa sobremesa Montblanc vem coberta com trufa branca.

.

.

E tudo é coroado com a profusão de mignardises que acompanham o cafezinho.

.

.


.

Bem, nenhuma refeição na Itália é completa sem uma dose de grappa…

.

.

E aqui não seria diferente só porque é restaurante estrelado (só que não!). No Piazza Duomo é diferente, porque a grappa vem em forma de shake…

.

.

E post aqui só é completo com “profecia” – lembra que lá no início ganhei o dom da profecia? Pois bem, tenho “boas novas”: haverá o dia em que, quem ler este post terá um assento no céu, opss… naquela linda sala cor de rosa… A um passo do paraíso!

.

.

Lembre-se: Piazza Duomo não é praça, é o céu… opss, é restaurante! Arrivederci!

.

Piazza Duomo
Endereço: Piazza Risorgimento, 4, 12051 – Alba – Telefone: +39 0173 366167

.

DILUdica: Como no post de ontem uma leitora perguntou sobre reserva, para fazer reservas na Piazza Duomo:

  • O restaurante aceita reservas a partir do primeiro dia de cada mês.
  • Se o sistema não permitir que você prossiga, é sinal que a data está totalmente reservada.
  • Você precisará enviar o número de seu cartão de crédito para confirmar sua reserva.
  • Se você não receber um e-mail confirmando sua reserva, verifique seu spam.
  • Se você planeja jantar com crianças, avise a equipe ao fazer a reserva.
  • Para grupos de seis ou mais, entre em contato diretamente com o restaurante em booking@piazzaduomoalba.it.
  • O traje é casual, mas nada de bermudas e sandálias para os “meninos”.

.

Vai que acontece de você se perder naquelas colinas do Piemonte… Bom copiar a lista das dicas que fui recolhendo com concierges e amigos:

Em ALBA

      DULCIS VITIS – Via Rattazzi 7, Alba – Tel: +39 0173 364633

       OSTERIA ITALIA – Comida típica bem farta, simples e boa. Frazione San Rocco Seno d’Elvio, 6, Alba -Tel: +39 0173 286 942

      ENOCLUB – Piazza Savona, 4, Alba – Tel:  +39 0173 33994

      Osteria dell’Arco – Piazza Savona, 5, Alba – Cuneo, Italy; Tel. +39 0173 363974

      Gelateria La Romana – Corso Italia, 2, 12051 Alba, Italy; Tel. +39 0173 286755

 

Em POLLENZO

……– GUIDO – Via Fossano 19, 12060 Pollenzo, Itália. Tel: + 39 0172 458422

.

Em BAROLO

       – TRATTORIA ROSSOBAROLO – Via Roma, 16, Barolo – Tel: +39 0173 56133
.


Em CANALE

   VILLA TIBOLDI – Comida típica com uma vista maravilhosa. Loc. Tiboldi, Case Sparse 127, Canale – Tel: +39 0173970388

      All’EnotecaVia Roma, 57, 12043 Canale CN, Itália

Em TREISO

       – LA CIAU DEL TORNAVENTO – Piazza Baracco, 7, Treiso – Tel: +39 0173 638333

.

Em BARBARESCO

      ANTINE – Comida regional inventiva. Via Torino 34/a, Barbaresco. Tel:  +39 0173 635294

      VECCHIO TRE STELLE – Strada Tre Stelle 21/23, Barbaresco, Tel. +39.0173.638192

 

Em BRA

    OSTERIA DEL BOCCONDIVINO – Slow food – Via Mendicita 14, 12042 Bra, Tel: + 39 0172 425674

.

Em LA MORRA

   L’OSTERIA DEL VIGNAIOLO – Frazione Santa Maria, 12, 12064 La Morra, Tel: +39 017 350 335

– BOVIO – Via Alba 17 bis, La Morra, Tel: +39 0173590303

– VEGLIO – Localita Annunziata 9, La Morra, Tel:  +39 017 350 9341.

    

Em RODDINO

      – OSTERIA DA GEMMA – Via Marconi 6, 12050 Roddino, Tel: +39 0173/794252

Em Asti

      – Relais del Sant’Uffizio – Strada Sant’ Uffizio, 1, 14030 Cioccaro di Penango, Asti – Cuneo, Italy; Tel. +39 0141 916292

 .

Em Monforte d’Alba

……– Trattoria della Posta – um dos salões mais impressionantes do Piemonte – Loc. Sant’Anna, 87, 12065 Monforte d’Alba CN, Itália

.

Em Cervere

……– Relais & Chateaux Antica Corona Reale – restaurante estrelado – Via Fossano, 13, 12040 Cervere CN, Itália – Telefone: +39 0172 474132

 

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

Você poderá gostar de:

20 comentários em “Piazza Duomo não é praça, é céu… opss, é restaurante!

  1. Ótimo trabalho para nos dar uma ideia de que tipo de experiência no Piazza Duomo! Eu já ouvi grandes elogios dos meus amigos. A única coisa a seguir é provar a culinária, um dia em breve tentarei reservar uma mesa. Obrigado!

    • Leonardo, para 2017 já está muito em cima da hora, por isso, tente fazer a reserva para a próxima temporada das trufas, em 2018. Lembrando: de outubro a janeiro. Bjss

  2. Talvez a comida no Piemonte seja a melhor na Itália, então não estou surpresa por você ter feito uma matéria tão bacana. Beijinho!!!!

    • kkkkk… é verdade Adriana, a comida em si já faz a maravilha de qualquer texto, é mesmo a estrela mor! Bjs querida, e obrigada pela presença aqui no blog!

  3. Eu concordo completamente com suas postagens sobre Alba e seus restaurantes, vi o post anterior e comento neste. Nós ficamos no Pallazo Righini em 2015, e passeamos por toda a região enquanto almoçávamos nos restaurantes bons e mais caros e jantávamos em pequenos restaurantes e com isso conhecemos o Piemonte sem gastar uma fortuna nos hotéis caríssimos. A refeição mais bacana que tivemos foi o ovo na caixinha (bocadinho do céu) do Ciau del Tornavento. Mas no todo, nunca tivemos uma refeição ruim. O Piemonte é mesmo o CÉU!

  4. Eu sonho em passar uma temporada na Itália, mas acho que vai esperar eu me aposentar. Adoro suas fotos e comer, comer, comer é tudo de bom, ainda mais no país da bota!

    • Na verdade, comer é bom em qualquer lugar, né Leandra? Basta estar gostosa, ela pode ser simples ou refinada, a gente sempre diz: Nossa, é a melhor comida do mundo!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps