Happy Hour Happy!!!

Filas de espera, grupos imensos, barulho, garçons cansados e atrapalhados, contas erradas (sempre para mais), insegurança, falta de táxi… Ufa! Bora fugir? Vamos em busca de uma feliz hora feliz? Sim, para quem gosta de receber, happy hour é uma ótima pedida, ainda mais que é sempre pautado pela informalidade, falta de cerimônia. Mas veja bem, não por isso, deve ser feito de qualquer jeito. A falta de certos cuidados, pode ser interpretada como falta de amor, e porque não dizer, falta de educação. Sempre devemos oferecer muito carinho a quem recebemos dentro de nossa casa, mesmo sendo um encontro no “improviso”. Pessoalmente, adoro arrumar a casa, preparar tudo para que o encontro seja o mais agradável possível. Alguns “mimos” devem ser lembrados e olha que bacana: aproveite para usar certas coisas que você não vê a hora de tirar dos armários, como aqueles palitos breguinhas, assim como as antigas sombrinhas de enfeitar drinks, guardanapos decorados, pratos e taças que acabam ficando desfalcados, enfim, é a hora (feliz) de usar a imaginação e criatividade! No lavabo, improvise uma pequena caixa bem linda com itens de emergência, decore os ambientes com flores, perfume a casa,  faça uma mesa bonita. Prepare tira-gostos apetitosos, nem precisa de sofisticação, cada um tem seu estilo e faz o que sabe. Sirva cervejinha gelada, vinho branco e claro, o tinto não pode faltar. Suco para começar “os trabalhos” é o supra-sumo, uma opção muito charmosa. Com tudo isso, adoro começar mais cedo para ter mais tempo e aproveitar melhor e mais as pessoas. A conversa rola solta, enquanto todos ouvem aquele DVD que você acabou de encontrar e é maravilhoso. Juro, improvisar um Happy Hour em casa, é uma gratificante alternativa para você receber bem e… Feliz!

.

Happy  Hour  Happy!!!

Fotos: Dilu Bartolomeo Villela

.

Tem coisa mais gostosa e elegante que promover um happy hour?

.

Já se vê as sombras da noite... Ainda se vê a luz do dia

É um horário que já se pode ver as sombras da noite… Mas ainda se vê a luz do dia…

.

Gostaria de saber a opinião de vocês, mas tenho gostado tanto de ficar em casa. É muito mais prazeroso, mais confortável, mas aconchegante, mais barato, mais seguro e come-se muito melhor. Happy hour é o encontro perfeito. Despretensioso, pois não existe a obrigação de se produzir “para sair”. Todos saem do trabalho e seguem direto para o encontro.

.

Adoro a descontração de uma mesa redonda

A descontração onde todos participam. Amo mesa redonda!

.

Além de todos esses prós, ainda tem o fato de começar cedo e o dormir cedo! Acho que é mais um ponto a favor. Mas infelizmente queridos… Os brasileiros de um modo geral, não têm a cultura de respeitar esse horário. Normalmente a maioria dos convidados chegam muito mais tarde do que a hora estipulada.  Então… Fica aqui uma sugestão e quem sabe pega a moda do encontro: Feliz Hora Feliz!!

Bom… Raramente meu marido e eu recebemos à noite, mas quando acontece, preferimos que seja com um delicioso Happy Hour. Então vamos ao nosso:

.

Menu

Menuzinho do dia

.

A gente sabe que cada tipo de bebida pede um copo que tenha altura, forma e espessura apropriados, pois a escolha correta enaltece a qualidade dessa ou daquela bebida. Porém, adoro usar criatividade (com bom senso) e não seguir essa regra. Olha que lindo ficou esse suco nessas taças de champagne. Aliás, adoro começar com suco ou sopinhas. Hoje foi esse suco de jabuticaba, misturado com vinho branco frisante, porque tinha muitas dessas frutinhas lindas e genuinamente brasileiras aqui em casa, e eu queria aproveitá-las. O suco fica lindo nesse tom rosado.

.

Frisante de Jabuticaba

Frisante de Jabuticaba

.

Encontramos esses maravilhosos acetos na Alemanha, numa cidadezinha linda, se não me engano, chamada Eltville am Rhein, numa ruinha linda, numa lojinha mais linda ainda. Só que nesse momento, não estou me lembrando os nomes dessas lindezas todas. Bom… São acetos saborizados e o dono da tal lojinha, escreve à mão, na hora que a gente escolhe os sabores. Bacana demais!

.

Aceto com sabor de Chocolate, Morango e Baunilha

Degustação de Acetos: Chocolate, Morango e Amêndoas

.

Meu marido é vegetariano, então sempre temos queijos… hummm… e esse é especialíssimo. É um queijo amanteigado de ovelha, da Serra da Estrela em Portugal. Resolvi conferir o esperado sabor adocicado, que tanto combina com queijos, através do pralinée de pignole, que nada mais é que torrar o pignole com açúcar e um pouquinho de farinha de trigo. No finalzinho, coloca-se um pouquinho de  manteiga. Pronto! É muito bom!

.

Serra da Estrela com Pralinée de Pignole

Serra da Estrela com Pralinée de Pignole

.

Esse queijo maravilhoso, ficou ainda mais especial com um vinho que ganhamos de dois queridos amigos alemães, Letícia e Ingo. Eles sim, são especialíssimos e a eles, dedicamos essa “feliz hora feliz”, esperando e torcendo que eles venham logo nos visitar.

.

Saudades e um brinde a vocês Leticia e Ingo!

Saudades e um brinde a vocês, Leticia e Ingo!

.

Gente, esse palmito (ou pupunha???) é Dilucious demais!!! Se vocês quiserem, posto a receita, e aí vou ficar ansiosa esperando seus comentários, para saber se a opinião de vocês bate com a minha.

.

Pupunha com Bacon e Pistache

Pupunha com Bacon e Pistache

.

Gente, tem coisa que mais combina com happy hour que carpaccio? Não tem não, e ainda por cima, é gostoso demais. Esse foi trufado e servido individualmente. Ficou super gostoso com os brotinhos!

.

Carpaccio com Brotinhos de Agrião

Carpaccio trufado com Brotinhos de Agrião

.

É… Mas o Dilucious do dia mesmo foi esse incrível sanduíche. Que isso? Sem comentários! Existem certas coisas que as palavras são bem dispensáveis… Mas se quiserem ver a receita, vejam aqui Cheeseburguer com Foie Gras

.

Cheeseburguer com Foie Gras

Cheeseburguer com Foie Gras

.

Aprendi a fazer flan há uns quinze anos. De lá para cá, é capaz de já ter feitos uns… Muitos! Adoro fazer e adoro comer, acho uma verdadeira delícia! Esse resolvi “inovar”… As vezes fazemos umas besteiras… Olha só! Por já ter feito muitas vezes e querer inventar moda, resolvi apertar o flan dentro de um aro para mudar seu formato, mas aí deu nisso, ficou feio. Ruim até que não, mas o formato original é perfeito e perdi a oportunidade de não ter trabalho atoa… hehehehe… Por cima coloquei uma gema, levei ao forno e trufei. O aspargo branco é delicioso… Amo!

.

Flan de Aspargos ao Vermouth com seu Zabaglione Gema trufada

Flan de Aspargos ao Vermouth com seu Zabaglione e Gema “perfeita” trufada

.

Aqui em casa, você nunca sairá sem comer um ovo. Eu amo muito e considero o ovo, o ingrediente que não pode faltar na cozinha. Mas meus amigos queridos, toda vez que servir ovo, logo após ofereça um sorbet ou qualquer coisa semelhante. É super nescessário tirar o gosto forte da boca para poder prosseguir. No momento, estou na fase da lichia, completamente “in love” rsrsrssss

.

Sorbet de caipinha

Sorbet de Lichia

.

Se tem um “trem danado de bão” é o tal do angu, que para ficar elegante dos “úrtimo” a gente chama de polenta. Ainda mais, quando acompanhado de carne de segunda (maça de peito) cozida por longas 52 horas no vinho tinto… Ai meu Deus, essa carne é barata, mas é chic demais da conta! Ainda dei uma sofisticada colocando queijo Minas e maçaricando… Gente, pode??!!!!! Essa é outra, se quiserem, passo minha receita. Divina!

.

Brasato ao Barolo com Polenta e queijo Brülée

Carne ao Barolo com Polenta e queijo Brülée

 

.

A sobremesa? Pois é…, a sobremesa. Não sei o que aconteceu, não achei a foto dela. Sumiu! Acho que a Feliz Hora Feliz foi tão feliz, que esqueci da sobremesa!

Hoje é dia do amigo, então espero que todos vocês consigam “horas” tão felizes juntos deles, que possam dizer em alto e bom tom: AMO MEUS AMIGOS E É COM ELES QUE QUERO TER MINHAS HORAS MAIS FELIZES!

Então… HAPPY HOUR HAPPY!

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

ser com arte

Você poderá gostar de:

43 comentários em “Happy Hour Happy!!!

  1. Feliz dia do amigo,minha querida Dilu!
    Na mesa redonda, muitas risadas,muita alegria,comidinhas maravilhosas, seja no improviso ou muita antecedencia, sempre digo, tudo dilucious!

  2. Muitas “Happy Hour Happy” para vc,queridissima amiga!!
    O melhor de tudo isto foi te reencontrar tão feliz e seguir seu entusiasmo pela vida através de cada post que vc nos brinda com tanto carinho!!!!
    Beijos,Diluciosa!!!

  3. Feliz dia dos amigos, minha amiga Dilu!!!

    Também sou muito caseira, na maioria das vezes prefiro ficar em casa curtindo o meu conforto e hobbys do que sair à noite. Então entendo muito bem do que você está falando.

    Sabia que o meu maior fraco é pelo queijo Serra da Estrela? Quando fui a Portugal, trouxe um queijo inteiro e mais uma outra metade, tudo escondido na mala e a alfândega nem desconfiou! Foi a maior alegria comer uma fatiazinha todos os dias no café da manhã!

    Vou adorar ter a receita de pupunha! Acho bem gostoso, uma vez comi peixe thai com macarrão de pupunha, tava uma delícia!

    Hahaha, aqui em casa ninguém é chegado a um ovo! É bem difícil para mim quando eu faço um prato como omelete e ninguém quer comer! Aos poucos vou chegar lá, com uma receita ideal que todos gostem! Como que fui criada neste ambiente, não sou muito chegada a ovo, mas também não tenho preconceitos e aceito provar algumas versões.

    Me fala o que serviu de sobremesa! Fiquei curiosa! Para mim esta é a melhor parte! Quando você falou em flan, pensei no meu pudim que fiz ontem e ainda não sei se deu certo! Mais tarde desenformarei e descobrirei, foi a primeira vez que tentei fazer! É um pudim de leite condensado com tapioca, servido com calda de paçoquinha.

    Beijos!!!

    • Maria do céu, que vontade de provar esse pudim! Deve estar divino! Tira foto e manda pra gente a receita.

      Aqui em casa, já somos o oposto, amamos ovos e todas as vezes servimos um tipo diferente deles. Foi bom saber, pra qdo vc vier, não incluir essa “iguaria” no menu. Adorei o comer Serra da Estrela no café da manha… Mas aqui a gente não se dá a esse luxo. Comer uma maravilha dessa e depois malhar… nemmm.. rsrssss

      A sobremesa foi um mini bolinho de chocolate com cardamomo e espuma de café. Acho que esqueci de tirar foto, porque não tinha nem aquelas que ficam mal tiradas, sabe?

      Não se esqueça de tirar foto do pudim, bjss

      • Infelizmente o meu pudim não deu certo!! Já aprendi com os meus erros! É da receita do melhor pudim que conheço, da minha professora de culinária. Eu, na verdade, não gosto de pudim porque são extremamente doces, mas este fica na medida certa! O erro foi no tipo de tapioca que comprei e não ficou boa, na próxima comprarei em outro lugar! Foi um pudim que desafiou as leis da física, era para sair de um jeito e saiu de outro jeito! O importante é que descobri onde que deu errado e na próxima vai sair perfeito!

        Na época em que comia o queijo no café da manhã, era magra de ruim, magérrima mesmo! hahaha Aqui não me dou o luxo de comer este queijo, só quando viajo para Portugal mais pelo custo dele mesmo.

        Beijos!

        • Ah que pena!! Fiquei aqui salivando! Bom que vc já sabe onde mora o erro rsrsssss Se der certo da próxima vez, mostra pra gente, ta? Alias, se quiser tenho tapioca das boas aqui, pode pegar. Bjs

  4. Dilu, estava aqui fazendo um trabalho ( estou) e vi sua mensagem chegando . Feliz dia do amigo pra vc tb. Adorei a dica do drink com jabuticaba. Não esqueci de seus maracujás, mas eles estão custando a amadurecer, viu? , Ô Dilu, eu preciso saber…. quando vc serve estas iguarias maravilhosas, sei que é pouquinho, mas como são mtas, acaba sendo até mta coisa…. mas suas amigas repetem o que gostam ou ficam só numazinha de cada? No cá entre nós, kikiki. Eu ia querer negociar P ex, sei que é heresia , mas como não gosto de foie gras, trocava meu sanduichinho por dois flans e como vc mesma disse, isto me daria direito a depois dois sorbets de lichia ( pra tirar bem o gosto dos dois ovos).A polenta tb ia querer duas, mas não ia ter mto pelo que trocar porque, embora não saiba o que é carpaccio trufado, ia querer experimentar. E peloamordedeus amiga, aquele prato vegetariano com praliné, ia me dar dois também, nem que fosse escondidinho na cozinha kikiki. bjs Dilu, repara não, mas é brincadeira, mas é sério, tem comidinha alí que só umazinha tá pouco pra mim, o jeito seria trocar….

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Vera, a cada dia, fico mais apaixonada por você. Interessante, que mesmo vc dizendo amiga virtual, sinto que somos muito ligadas, já contei nossa PEQUENA (porque nasceu aqui e é à distancia) GRANDE (porque é lá de dentro do coração) historinha para um monte de gente. Contei da piscadinha, contei dos vasinhos de violeta, contei da sua avo, contei que sempre vc me faz arrepiar, contei que já chorei de emoção ao ler suas palavras, enfim, vc sabe a que me refiro…!

      Agora… esse seu comentário de hoje, me fez cair na gargalhada. Lembrei que as pessoas gostam de todos os pratos, e sei que gostariam de repetir sempre, principalmente qdo começamos a comer, pois pensam que irão passar fome kkkkkkk Lembrei tb que as pessoas querem repetir os pratos, mas não pedem, e não podem, porque sabem que tudo que é feito, é feito EXATAMENTE a conta certa. Se são 8 pessoas, tem 8 porções. Vc imagina a “logística” quando são feitos muitos pratos, e sobra um pouquinho de cada coisa? Um horror, pq nem tem lugar pra guardar. Então, elas ficam só numazinha de cada sim kkkkkkkkkkkk Mas outro dia, fiz um aniversario de uma amiga. Eram 20 mulheres. E teve um prato que, ou eu contei errado, ou sumiu! E claro, ninguém quer ficar sem provar qualquer um deles, mesmo sendo 18 passos, como foi esse dia. Corri na cozinha, e realmente, não achei. Sabe o que tive de fazer? Dar o meu pra ela, acredita? Então, prepare-se… pode ser que vc fique sem uma das suas porções…. kkkkkkkkkkkkkkkk

      Normalmente eu sei o que as pessoas gostam ou não. Sempre faço questão de usar algum ingrediente que a pessoa ama. Ainda gosto de dizer que tal prato foi feito especialmente pra ela. No seu caso, eu te serviria o sanduíche sim, sem o foie. kkkkkkkkk e uma super dose de sorbet de lichia!!!!!!! E qdo vc vier, vou te passar o que servirei e vc terá as maiores porções do que vc gosta. E se preciso for, entraremos as duas, escondidinhas pra dentro da cozinha kkkkkkkk Adorei! Vc é das minhas, uma comilona!

      Esse seu comentário daria um post super gostoso de ler!

      “Peloamordedeus”, não some, não me abandone! Já dependo de vc para me fazer arrepiar, me fazer chorar, rir ou gargalhar. Mas saiba que me faz feliz em qualquer um desses momentos.

      Bj no coração

      • Dilu, obrigada pelos esclarecimentos, prá perguntas que faço em tom de brincadeira, mas são seríssimas. Te disse uma vez que mesmo na net, a aproximação das pessoas acontece com um sentido que nos escapa. Se pensarmos, o acaso, forma imemorial do Universo conspirar para que os encontros aconteçam é bem mais complexo e sempre funcionou. Acaso é o nome que damos àquilo para o que não temos explicação, afinal. Um dia, por acaso, sei, nos encontraremos. E te darei um abraço daqueles apertados que guardamos pra pessoas queridas. Imaginei mesmo que seria assim, uma porção de cada. Mas sabe, pensando aqui. Tá certa esta lógica. Um dia ouvi uma entrevista do Ney Matogrosso, uma das minhas descabeladas paixões. O repórter lhe perguntou o segredo de sua forma invejável com a idade dele. E ele respondeu: exercícios físicos e sair da mesa sempre querendo um pouco mais. Como sabe, sempre fico caraminholando sobre o que ouço, às vezes por dias ou anos. À época, lembro, escrevi algo sobre o que ele disse. Não sei onde está, deve estar em alguma canastrinha das que guardo com escritos e fotos. Mas hoje vc reafirmou e enriqueceu o que pensei quando o Ney disse isto. Pensei em algo sobre o pecado da gula. Em minhas caraminholices imaginei que a gula é um pecado porque busca o transbordamento da saciedade, ou, como diria minha avó, leva-nos a querer empanturrar-nos. E o que nos move é o desejo de saciar-nos, este não pode morrer. Certamente por isto também seus eventos amorosos são sempre festejados e esperados. Deixam um gosto de quero mais e a certeza de que a fonte estará sempre jorrando, igual e diferente a cada vez, delícias e carinhos de forma delicious. Bj e bom domingo Dilu.

          • “Um dia, por acaso, sei, nos encontraremos. E te darei um abraço daqueles apertados que guardamos pra pessoas queridas.”
            Esse dia, não vamos deixar ao acaso, quero marcar dia e hora para nos encontrarmos. Espero por esse abraço apertado, pois sei o quanto eu o corresponderei!

  5. Meu Deus,que comidinhas maravilhosas! Só você para transformar um Happy Hour num banquete! Salivei do princípio ao fim. A verdade é que,quando se faz com gosto e amor,tudo extrapola os limites do comum. Você arrasa sempre porque,além de talentosa,se entrega por inteiro ao ato de cozinhar e agradar os amigos. A-do-rei!

      • Rosangela é qual messsssmo????????? Seja qual for, muito obrigada pelo elogio, e mais obrigada por ter vindo aqui, gastar um precioso tempo pra me prestigiar… Muito, muito feliz!!!!!!!!!!!! bjs

    • Tina minha querida, que bom vc dizer isso, ainda mais que já tive oportunidade de ver o tamanho de seu bom gosto, o qual não é normal, ne? Super obrigada e fiquei muito feliz de vc ter vindo visitar o blog. Bjs

  6. Dilu,
    Não te conheço pessoalmente. Que pena!
    Estou encantada e me deliciando com o seu Dílucíons. Realmente uma bênção ter tantos dons…
    A cada novo post me pergunto: será ela uma poeta, uma filosofa, um sábia e iluminada mulher, uma cozinheira de mão cheia, irresistível, uma escritora?
    Já sem palavras mas ainda com muitas perguntas…te parabenizo e agradeço por postagens sensacionais!
    Abraço.
    Águeda Azevedo

    • Nossa Àgueda, aqui só cabe a mim te agradecer, só a mim cabe ficar sem palavras, pois é como fiquei agora ao ler seu (maravilhoso) comentário. E respondendo a sua pergunta, apesar de um tanto sem graça… nada daqueles elogios. Apenas uma cozinheira, sim, com boa mão, que ama de paixão todos os assuntos que envolvem a gastronomia.
      Vamos combinar de um dia a gente se conhecer, faço a maior questão de te conhecer e de, se souber, responder todas essas perguntas.
      Enquanto isso não acontece, desde já, deixo o meu muitíssimo obrigada minha querida. Um beijo grande e carinhoso pra vc

  7. Ha um tempo atras, cheguei no Ferry de Sayville(NY) para pegar o barco para Fire Island. Eram 8:30 da manhã e estava doido para tomar um café preto. Cheguei no restaurante do Ferry para pedir o café quando me deparei com Bethenny Frankel (The Real Housewives of New York).
    Para minha surpresa ela estava segurando um copo longo decorado com champagne grapes, sombrinha colorida e uma fatia de bloody orange, e ela estava degustando “Sea Breeze” com uma cara tão boa que perguntei: “Bethenny, don’t you think that is a little early for a cocktail?” Ela me deu uma olhada e disse: ” My dear, you must think that it is always happy hour somewhere in the world. Happy hour is the time to enjoy with the most precious thing in the world. Your friends! Don’t let the clock set you up for happy hour. Do it on your own and wherever and whenever it pleases you.”
    Achei fantástico e bem verdadeiro o que ela disse. Esqueci o café e pedi um Sea Breeze. De 8:30 as 9:25(horário do Ferry sair) tive um dos melhores momentos em minha vida. Com ela e meus amigos. Foi só alegria. Nunca esquecerei.

    Bom, simplesmente adorei seu post e artigo sobre Happy Hour, e sem duvida você SEMPRE deu o toque de sofisticação em tudo. Fabuloso! Menu “unique to fit the occasion”! Adorei as dicas do queijo e do vinho.
    Parabéns mais uma vez.
    Cheers ao Happy Hour e ao Dia do Amigo. Beijos 1000!!!

  8. Gente, adorei tanto esse comentário do Felix no Facebook, que pedi a ele para copia-lo aqui no blog. Caiu como um anexo, muito bacana. Uma aula de bem viver! Felix, se errei na tradução, por favor, me corrija. Espero que muitas pessoas possam ter a oportunidade de ler. Obrigada, Felix
    “My dear, you must think that it is always happy hour somewhere in the world. Happy hour is the time to enjoy with the most precious thing in the world. Your friends! Don’t let the clock set you up for happy hour. Do it on your own and wherever and whenever it pleases you.”
    Traduzindo…
    “Meu querido, você deve sempre pensar que é happy hour em algum lugar do mundo. O happy hour é o tempo para desfrutar a coisa mais preciosa do mundo. Seus amigos! Não deixe o relógio te dizer quando é hora de ser feliz. Faça isso para si mesmo, onde e quando isso favorecer você.”

  9. Dilú, vc não existe!!!!
    O arte e o dom cozinhar todos sabem que vc tem e muito.
    E agora estou impressionada com o dom para escrever, e para expressar seus sentimentos.
    Obrigado por proporcionar á todos nós o prazer de ler e encantar. Bjo

    • Ah Ines minha linda, (que agora ainda é magra… afff… rsrssss) que elogio mais lindo o seu. Obrigada querida, adorei te ver aqui no blog, fiquei muito feliz. Bjss

  10. Dilu, que texto delicioso (dilucious) de ler, de ver e de incentivar a gente a tentar… Claro que não tentaria fazer as mesmas coisas, mas já ate marquei um happy aqui na minha casa. Vc poderia sugerir algumas coisas mais “normais” pra eu servir e ter uma/um happy hour happy?
    Um abração e obrigada por nos deixar em estado de êxtase ao ler esse blog de delicias… Até os comentários vale a visita

    • Soninha, se vc não tem muito tempo, sugiro que vc faca uma mesa de queijos com uma geleia e pães. Existe uma massa de pizza de frigideira que é super fininha, uma delicia. Vc pode deixar os ingredientes do recheio já preparados dentro de cumbucas e na hora, convida seus amigos para participarem e cada um escolhe seu sabor. Ex: molho de tomate, muçarela, tomate, manjericão, queijo de cabra, parma, muçarela de búfala, champignon, ovinhos de codorna, azeitonas, enfim, o que vc gosta. Tem uma que comemos muito no Domenico que fica muito gostosa: molho de tomate, muçarela, gorgonzola, mel de trufas e gergelim. Tem a Clarisse de Oliveira (procura no face) que faz empanadas. De vários sabores. Vc pode servir com algumas pastas e guacamole. Fica muito bom. Bem… vc pediu sugestão, mas não especificou bem… Se não for isso que vc gostaria de servir, me fale que pensamos em alguma outra coisa. Bjs e boa sorte

      • Dilu, comprei tudo hoje e na quinta-feira recebo 7 bons amigos para um HAPPY HOUR HAPPY. Dei preferencia pela pizza, adorei a ideia, e estamos todos ansiosos pra colocar literalmente a mao na massa. Bj e muito thanks

  11. A-DO-REI!!!!!!!!!! Sem palavras! E mais legal é vc ter ligado um evento de amigos ou entre amigos, com o Dia do Amigo. Genial!

  12. Outro dia disse que as mineiras são diferentes. Acho que são mais que isso, são surpreendentes! Hoje estou muito impressionada com esse happy dos deuses. Que isso? Isso é real ou sonho? Isso é de verdade ou é de brincar? Isso é amor ou pura dedicação? Isso é dilucious…

  13. Dilu, estou completamente encantada com tudo no seu blog. Não consigo parar de ler. O maridão aqui chamando pra sair, dá vontade de levar o computador e só ficar me deliciando… deliciando… Aliás, viajando…

  14. Dilu, que sem te conhecer, já é minha tambem querida.
    Como vc sugeriu, eu fiz. “Dilu’s Pizza Happy”. Foi um sucesso. Foi “Dilucious”. Foi “Dilu”. Falamos de vc muitas vezes. Sua orelha não queimou? Ah foi muito bom, chegou uma hora que um fazia pizza pro outro, testando um sabor com outro. E já combinamos de repetir uma vez por mes, e sabe como combinamos de chamar esse dia? Dilucious Happy Hour. Vc para sempre nos nossos corações, bjs e ate o proximo happy. hehehe…

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps