Tour Experiência – PARAÍSO. DAS CORUJAS!

Celina,

Estou aqui rindo sozinha e lembrando quando o François falou alguma coisa (ele de costas pra gente conversando com outras pessoas) e você respondeu (de costas para ele, conversando comigo) Rsrsrsss… Foi muito engraçado, mas agora vejo a semelhança com a coruja, a ave que você tanto ama. Na realidade o texto já estava concluído e tinha “Paraíso” como título. Ao colocar as fotos das suas corujinhas, pensei em você e em sua capacidade de “audição”. Senti vontade de falar sobre a coruja antes de postar:

 

“A coruja é a ave soberana da noite e para muitos povos, ela significa mistério, inteligência, sabedoria, conhecimento e simboliza a intuição. Enquanto todos dormem a coruja vigia e atenta aos barulhos da noite. Por isso, representa para muitas culturas uma poderosa e profunda conhecedora do oculto. Ela consegue girar o pescoço em até 270º, por isso sua grande capacidade de visão e audição.”

.

Diz a lenda que a coruja tem dons de previsão e clarividência, mostrando poderes divinatórios.

Diz a lenda que a coruja tem dons de previsão e clarividência, mostrando poderes divinatórios.

Bom, vamos ao post… Mudei um pouquinho o título original, agora

. 

PARAÍSO. DAS CORUJAS!

Fotos: Dilu Bartolomeo Villela, Celina Liberal e João Delpino

.

De uma despretensiosa conversa entre amigos, nasceu uma viagem inesquecível nos arredores de Itaipava. Gente!… Foi um sonho dentro de um grandioso fim de semana rico em experiências sensoriais. Por isso, batizei essa viagem com um nome que achei muito feliz: TOUR EXPERIÊNCIA e como numa “saga”, aos poucos vou contando tudo que fizemos. Hoje começo com Celina e François nesse post que batizei também com outro feliz nome: Paraíso. Das corujas!

.

Celina e François

Celina e François

.

Então gente… O Dilucious é direcionado à gastronomia e esse post vai dizer não apenas da comida, e sim tentar dizer daquilo que ela pode nos proporcionar. Por causa dela fomos presenteados com tudo isso. Privilegiados Celina e François por terem esse refúgio, privilegiados nós, convidados para passar um dia de encanto nesse recanto… Até rimou… Rsrsss…

.

Além do horizonte deve ter, algum lugar...

Além do horizonte deve ter, algum lugar…

.

É isso, todos já sabem que em mim, pulsa o assunto comida… Mas hoje a intenção é me permitir ir além, é falar de muito, muito mais a frente! Espero conseguir, aliás, quero alcançar em palavras, o que vivi com essas pessoas nessa viagem, nesse dia, nessa casa, nesse verdadeiro paraíso, que até coruja tem.

.

A casa é encravada entre dois rochedos. Infelizmente a foto não fideliza a realidade

A casa é encravada entre dois rochedos. Tão lindo… Mas infelizmente as fotos nãofidelizam a realidade…

.

Pelas estradas da vida, sempre temos a maravilhosa oportunidade de ver e viver muitas coisas bacanérrimas, mas daí a ficar meio bestificados…

.

A casa fica na parte mais alta de Araras

Não posso deixar de agradecer a Angela e ao João que nos inseriu nesse dia maravilhoso e nos guiou até o paraíso, que fica na parte mais alta de Araras. Obrigada amores!

.

Subimos… Subimos… E de repente, tivemos uma visão indescritível e de uma beleza impossível de ser captada pela câmera fotográfica. Tirei tantas fotos que a capacidade do chip esgotou.

.

n

A força da natureza!

.

Chegamos muito pertinho do céu e sentimos a força da natureza, pudemos sentir o seu poder de nos deixar em estado de choque!

.

n

Era só levantar as mãos e tocar o céu!

.

Nem é corriqueiro entrarmos em estado de choque… Mas aqui…

.

Deus!!!

Deus do céu!!!

.

Mas nessa tarde de sábado, entramos! Emudecemos com o que vimos. Nos fartamos com vistas e lugares deslumbrantes.

.

Levante as mãos e toque o céu!

Muito pertinho Dele!

.

Dentro de mim, existiu a mais pura certeza de que cada um de nós se lembrou de Deus e viu naquilo a confirmação de Sua existência.

.

Uma montanha na frente, outra atras e a casa bem no meio das duas

Uma montanha na frente, outra atras e a casa bem no meio das duas

.

Nesse dia de “encanto” nos deliciamos com histórias reais e outras nem tanto, mas tão lindas e/ou engraçadas quanto. A cada instante tínhamos um motivo que nos levavam ao encantamento…

.

Celina e François

O casalzinho Celina e François Rsrsssss Lindos!

.

Nos deleitamos com cheiros que nos fizeram reviver emoções, cheiros guardados lá no fundinho de nossas memórias.

.

Pães feitos em casa!

Pães feitos em casa!

.

Nos saciamos em todos os sentidos, no autêntico significado da palavra saciedade!

.

03042013-b3dee8ef84e23e6f6258cc2339259f49_20_DSC04460

.

Sim, conhecemos naquela tarde, uma plenitude que nos deixou nesse estado, porque também tivemos a sorte de  “encontrar” esse casal… Foi verdadeiramente um encontro!

.

Harmonia!

Harmonia!

.

Pois é, esse casal nos proporcionou muito e ainda nos fez experimentar com tamanha simplicidade e bom gosto…

.

n

Na varanda da casa, nos esperava um super vinho branco.

.

… seu pacto com o bem viver. Passam todos os finais de semana nesse lugar fenomenal.

.

Cada janela uma vista, cada janela, um quadro!

Cada janela uma vista, cada vista um quadro, cada quadro uma emoção!

.

Quando comecei a escrever esse post tinha tantas possibilidade de nomes, e um deles seria “batizá-lo” A pequena arca de Noé. É impressionante com que carinho e dedicação é feita a relação entre Celina e seus animaisinhos… Suas preciosidades.

.

Celina e o seu porco espinho, Chouriço

Celina e o seu porco espinho, Chouriço. Momento intimo, ou divino?

Esqueci o nome do bichinho, me salva Celina

Esqueci o nome do bichinho… me salva Celina!!!

Tem mais uns 4 cães

Ainda tem mais uns 4 cães

Celina dando a mão para uma de suas corujinhas. Nesse momento me lembrei do livro Filhos da Terra

Celina dando a mão para uma de suas corujinhas. Nesse momento me lembrei do livro Filhos da Terra.

Mamãe coruja

Mamãe coruja

Celina e sua Chanel

Celina e sua Chanel

"As meninas...

“As meninas…

"...meu galinho Mozart".

…e meu galinho Mozart” – disse Celina.

.

E a qualidade de descanso que eles podem usufruir nesse refúgio, recanto, paraíso ou sei lá qual nome dar. Mesmo sendo só nos finais de semana, eles podem dizer que têm um lugar onde aproveitam o máximo e onde são felizes.

.

Celina querida

Celina querida

Atelier
Vista da "casinha" de hóspedes.
Vista da “casinha” de hóspedes.
Os ovos para a omelete do Luiz e nossa sobremesa
Os ovos para a omelete do Luiz e para a nossa sobremesa.

.

Celina e François fizeram com que nos sentíssemos numa casa provençal com todo o aconchego de sua cozinha francesa…

.

François e seu ajudante Um simples Foie Gras preparado simplesmente por um francês... Perfeito!

François e seu ajudante… Um “simples” Foie Gras preparado “simplesmente” por um francês… Perfeito!

Na cozinha do paraíso

Na cozinha do paraíso

Tenho de mostrar essa cozinha, apesar de ter falado o contrário lá no início do post

y

14022011-IMG_9917

14022011-IMG_9926

14022011-IMG_9935

Tive de mostrar a cozinha. Aliás o paraíso do paraíso!

A cozinha.
Aliás, o paraíso no/do paraíso!

.

Eles nos colocaram muito a vontade com seu estilo delicioso de receber… Mostraram maestria nesse quesito num clima super agradável, descontraído, gostoso, enfim… Eles deixaram transparecer o quanto somos especiais pois nos trataram como tal. Não é maravilhoso a gente se sentir assim?!!!

.

14022011-IMG_9943

16032013-DSC02358

16032013-DSC02365

16032013-DSC02361

03042013-b3dee8ef84e23e6f6258cc2339259f49_27_DSC04467

03042013-b3dee8ef84e23e6f6258cc2339259f49_24_DSC04464

À mesa, eles fizeram questão de me colocar de frente para essa vista durante o almoço. Dá para acreditar?

A Celina fez questão de me colocar de frente para essa vista durante o almoço. Dá para acreditar?

.

E agora… Aquilo que não quer calar: seu compromisso com os sabores. E que sabores…

.

Gougeres quentinhos. Pediram que avisássemos quando estivéssemos quase chegando. Aí entendemos o porque!

Gougeres quentinhos. Pediram que avisássemos quando estivéssemos quase chegando. Aí entendemos o porque! O François nos deu a receita… Super gentil! receita aqui

.
16032013-DSC02378

Nem consigo dizer o quanto essa carne estava excepcional

Nem consigo dizer o quanto essa carne estava excepcional

.

O que mais gostei entre tudo que comi foram os legumes, preparados à perfeição. Você deve estar se perguntando: como assim? O melhor foram os legumes?  Pois é… Só quem cozinha entende isso, porque sabe como é difícil preparar legumes com consistências e cortes diferentes. François, esse grande cozinheiro francês, nos preparou uma variedade deles…

.

16032013-DSC02373

.

Se ainda fossem dois ou três legumes, não é, mas poderia ser fácil. Ele nos serviu mini vagens, couve flor, batatinhas, mini berinjelas, tomatinhos cereja, abobrinha, mini cenouras em ramas, cebolas, alhos conflitados, todos no cozimento correto. Todos deliciosos… Áiiii… Só de lembrar…

.

Legumes cozidos à perfeição

Legumes cozidos à perfeição

.

Tudo acompanhado por uma obra de arte… opss… uma torrada que mais parece a tal.

.

Isso não é uma escultura ou uma obra de arte, aliás, é uma obra de arte, em forma de fatia de pão. Estou dizendo verdade, e ainda por cima do pão que eles mesmos fazem!

Isso não é uma escultura ou uma obra de arte, aliás, é sim, uma obra de arte. Só que em forma de fatia de pão. Estou dizendo verdade, e ainda por cima, de pão feito em casa!

.

Depois do almoço, François exerceu a tradição francesa.

.

Alface . Pão . Manteiga . Queijos. Queijos? E quem se lembrou de tirar uma foto deles?

Alface . Pão . Manteiga . Queijos. Queijos? E quem se lembrou de tirar uma foto deles?

Apenas alface romana temperada com um molho maravilhoso de azeite...

Apenas alface romana temperada com um molho maravilhoso de azeite… com os tais queijos.

.

E para finalizar, a sobremesa veio simples, mas toda maravilhosa.

.

Clafoutis de Pera

Clafoutis de Pera

.

Eles são tão gentis que, ainda saímos com lembrancinhas. Celina faz em seu atelier (aquele da foto) perfumes para casa e para os lençóis e os deu para Angela e Maria. Eu ganhei sabonete com aroma de café para tirar cheiro de alho e cebola das mãos. Olha que linda ela é!  E vocês se lembram daquela enorme cesta de pães na cozinha? Agora entendemos o porque. Era para nos presentear!

.

"Lembrancinha"

“Lembrancinha”

.

Em todas as minhas viagens, costumo na volta, dar uma nota. Essa foi dez, e aos dois anjos do “paraíso” fico devendo uma boa parte disso.

.

Final de tarde

Chegando a hora de despedir, que ruuuuim!

Entardecer no Paraíso!

Entardecer no Paraíso!

E a lua como testemunha!

E para completar, tivemos a lua como testemunha!

.

Bem… Então, Celina… minha querida nova amiga, mesmo que essa amizade seja cultivada de longe e que quase nunca encontremos, para mim será para sempre… Porque começou num dos lugares mais lindos que já fui na vida e sei que nunca mais vou esquecer a tarde que passamos nele. Depois que saí do seu paraíso, só tive pensamentos para ele… até conseguir digerir cada momento vivido, da subida até a descida da serra. Para mim foi o que vulgarmente têm se falado: “Momento mágico”. Só com a diferença de que foi mesmo uma tarde mágica, pois foi o que mais me deixou feliz no nosso delicioso final de semana em Itaipava. Bjs, Dilu

.

aaaa

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

BBB

Você poderá gostar de:

44 comentários em “Tour Experiência – PARAÍSO. DAS CORUJAS!

  1. Olá poetisa …. Lí em uma de suas publicações que você gosta de escrever ! Você Gosta porque sabe ou Sabe porque gosta ? Não , não , nem precisa responder ! Cá estou eu totalmente envolvida na sua bela narrativa , me sentindo em ITaipava , respirando o ar puro , me deliciando com os aromas e sabores de tudo que vc acaba de contar , com profunda sensibilidade ! Parabéns Dilu , pelo lindo texto ! Ah , corre em suas veias , sangue de poeta , rsrsrs , já disseram isso a você …. Muita saúde ao casal , Celina e François , para continuarem desfrutando do maravilhoso presente que Deus lhes deu , a hospitaleira e aconchegante morada !

    • Ué Nilza, mas da maneira que você escreve… Hummm… acho que esse sangue de poeta “também” corre em suas veias. Muito lindo seu comentário!
      Na realidade, Nilza, estou me encontrando. Vejo que tenho agradado com meu modo de escrever, mas estou ciente que é por ser um estilo simples, de quem realmente não sabe, mas que escreve com amor… E assim, as pessoas acabam gostando.
      Você poderia fazer um post… Quem sabe sobre aquele reencontro com as filhas? Você não me disse nada depois da Páscoa! Fiquei esperando, viu?
      Bjs querida

    • Ah não Rose, precisamos fazer essa viagem de verdade. Foi muito bacana, mas a Celina e o François tiveram grande participação no sucesso desse fim de semana mágico!
      Bjs

  2. Adorei esse seu lado poeta. Parabens pelas fotos e pelo texto. O lugar é maravilhoso e me senti como se estivesse lá. Bjs.

  3. Itaipava já é especial quando nos aproximamos dela, amo a estrada e a entrada na cidade. Itaipava é um dos mais cobiçados destinos de charme das regiões serranas do Brasil por três importantes motivos: 1-um clima inigualável, ar seco e puro de montanha E com os recursos de uma grande cidade; 2- proximidade com o Rio de Janeiro – apenas uma hora de carro, na melhor autoestrada do Estado e 3- um maravilhoso centro gastronômico, considerado um dos mais importantes do Estado e do País, conhecido como Vale Gourmet. O mais bacana de tudo é que são milhares de casas de veraneio, onde nesses últimos anos, o carioca tem fugido para lá, assim como a Celina e François. Pelo que pude ver são grandes anfitriões, que sabem receber com arte, sofisticação, e o mais importante, com carinho e prazer. François é um chef de mão cheia, se comesse carnes tenho certeza que seria uma das melhores,mas como não como, a omelete me pareceu perfeita.
    Como sempre Dilu, voce consegue nos transportar aos lugares onde vai, somente com sua maneira simples e pontual de escrever.
    Parabéns, está cada dia melhor.
    Hummm, acho que deveria começar a pensar em escrever um livro, tipo, Memórias Gastronomicas, tenho certeza de que sairão milhares de lembranças até então não percebidas, guardadas bem lá no fundo da infancia.
    Bjs, Penha

    • Bia amore, é isso aí, bem ao nosso alcance e as vezes nem vemos. Bunitinho demais esse seu jeito de falar, prece uma menininha… Bjs querida

  4. Dilu do Céu… Que MARAVILHA…. Quero conhecer esse lugar e essas pessoas maravilhosas,… É possível?
    Bjos,
    Fá.

  5. Que lindeza,Dilú!!Quanta sofisticação se pode encontrar em meio à simplicidade:natureza(completa e impactante),pães feitos em casa(onde se pode encontrar isso,meu Deus!),ovos “colhidos” na hora(sorte do marido vegetariano),casa na montanha(com jeito de lar),anfitriões queridos(prazer em receber).Degustei tudo!!!
    Parabéns a voce por saber apreciar/valorizar tudo isso!!!Bj

    • E parabéns por vc saber escrever tão bem! Já te falei mil vezes e vc está correndo… Uma hora eu te prendo e ah se eu te pego! Rsrsrssss…
      Bjsss

  6. Dilu, Parabéns pelo seu post! Há muito tempo não lia algo que me envolvesse tanto qto o seu. Vc sabe se expressar com termos tão singelos e delicados estes momentos, que até parece que estávamos presentes.Realmente existem momentos em nossas vidas que fazem a diferença para sempre, sendo que a maioria não precisa que sejam nem carérrimos nem sofisticados.Parabéns pela sua sensibilidade e amor ao que faz. Continuarei te seguindo para sempre poder apreciar belos momentos e maravilhosos pratos. Sucesso. Bjos.

    OBS: Não sei se vc lembrará de mim…Sou prima do Tarcisio, que foi casado com sua irmã Regina…Outro detalhe;Trabalhei com vcs no” Depósito”, qdo era solteira(+ ou – uns 30 anos atrás) Muito tempo não?

    • Regina… Meu deus, eu lembro direitinho do seu rosto.
      Que bom vc ter gostado, fico muito feliz.
      É isso, a idéia de que o caro é bom está completamente equivocada. Quando a Louise era pequenininha, fomos 6 casais e os filhos a Tiradentes. Foi uma das melhores e mais baratas viagens de nossas vidas e se hoje eu tivesse as fotos, faria um post maravilhoso. Tivemos frango com farofa no isopor, sanduichinhos embrulhados em papel celofane, etc Muito bom!!!!
      Bjs querida, volte sempre, adorei seu comentário!

    • Marinez querida, acho que esse dia ainda vai chegar e vai ser muito bom quando lermos um texto e dele exalar perfume. Muito feliz com sua visita no blog. Obrigada, bjs

  7. Dilux,
    depois que chegamos de Itaipava já voltei lá centenas de vezes lendo e relendo seu post.
    Este passeio para perto do Céu me deixou com um sentimento de que lá tivemos todas
    as nossas idades ao mesmo tempo: os bichos, as pedras, os amigos , a acolhda e uma
    alegria muito descomplicada!
    FOI DILICIOUS MESMO. beijo poetisa!

  8. Oi amiga nova, mas ja mto querida,
    to aqui pensando emocionada c o seu carinho e nem sei o q dizer, mas…
    …nos 12 anos q estamos la e com tantos almocos e jantares gostosos q fizemos,
    e tantas pessoas que por la passaram,
    nunca recebemos palavras tao carinhosas como as suas,
    entao acho q os nossos coracoes realmente se encontraram.
    Obrigada por vcs terem feito parte do nosso paraiso neste dia tao especial
    e espero q muitos outros almocos ainda aconteçam, pois nos tambem adoramos o nosso dia!
    bjo carinhosissimo
    Celina

    • Queridos amigos Dilu e Luiz,realmente foi um fim de semana inesquecivel.Não me recordo de ter estado em um lugar tão maravilhoso.Além do lugar ser lindo,tinha uma certa magia e os papos de François, Celina ,João e Angela vieram a acrescentar . Obrigada pelo passeio.BJSS Maria Albina

      • Maria querida, adoramos ter vocês conosco, pois é muito bom quando estamos juntos. E esse fim de semana juntos em Itaipava foi especialmente dilucious! Bjss

  9. Dilu, que demais ler este post com tanta emoção pela natureza e logico pela gastrô!
    Gosto do seu jeito de escrever. O casal recebe só amigos ou pode se programar tb? Vs dormiram la?
    Bjs querida!

  10. Ei minha linda, que bom vc por aqui, ainda mais dizendo que gosta… Nossa!!! Fico muito feliz!
    Telma, infelizmente não dormimos e eles não fazem dessa maravilha uma pousada. É a casa onde passam o fim de semana.
    Bjss

  11. Nossa , estou encantada com seu texto sobre essa viagem que parece ter sido encantadora!! Mas você realmente tem o dom de escrever ou seja de poetizar os acontecimentos de uma maneira encantadora com magia e muito conhecimento . PARABENS !!!

  12. MAIAvilhosa, esse texto não tinha como ser diferente, a magia estava mesmo em cada lugar onde colocávamos os olhos.
    E te agradeço por me ter feito voltar um pouquinho às sensações daquele dia. Bjs minha querida

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps