Um dia em Paris

Sabe aqueles dias que você sai sem expectativa? Pois é, quando um dia assim acontece em BH, nada muda, mas aqui… Aqui é outro papo. Eu queria conhecer um restaurante que me foi indicado, fiz a reserva e lá fomos nós caminhando por Paris… e no nosso caminho estava a Pont des Arts (Ponte das Artes) que é uma ponte destinada somente a pedestres. É a famosa ponte que precisou ser fechada ao público pra que fossem retiradas as manifestações de 1 milhão de amantes (Luiz e eu, inclusive) que lá deixaram seus cadeados… Sim, todas as juras apaixonadas tiveram outro destino, pois a ponte não suportou o peso de tanto amor… Brincadeiras à parte, a ponte é linda e continua super romântica! (a foto ao lado é antiga)

.

As declarações já estão de volta

.

Passando pela Pont des Arts… linda, linda no meio das outras lindas.

.

.

Poderíamos ver um mundo de coisas por ali, mas tínhamos reserva no restaurante.

.

.

O ambiente é gostoso com o jardim nos abraçando.

.

.

Existe combinação melhor que pão, manteiga e vinho?

.

.

Luiz ficou um pouco sem paciência com o atendimento e nem quis perguntar o que seria possível fazer na linha vegetariana. Pediu a massa e só. Estava perfeita.

.

.

Interessante, vieram dois tipos de queijo.

.

.

Eu pedi a Formule (entrada e prato principal). Eu adoro, pois nos dá a oportunidade de experimentar mais coisas com um preço mais baixo.

.

.

Hellowww amigos que adoram aula de culinária pra um dia virarem chefs, olhem que receita melhor do mundo…

.

.

O camarão veio normal, a alface é uma que tem aqui que se chama ‘sucrine’, é carnuda e levemente adocicada (troquemos por alface americana); o abacate em forma de cremesinho (faça um guacamole e bata no liquidificador); gomos de pamplemousse (use mixirica ou laranja), e agora, o show da receita: gelatina de aloe vera… gente, que gosto é esse mais instigante?

.

.

Tirei a foto bem de perto pra gente poder copiar com precisão!  😆 Copiar não, desculpe, inspirar!

.

.

Aí vem um peixe simplesmente divino. Outra receita: a berinjela foi graceada com pedacinhos de cebola (isso deu um sabor bom demais), o caviar de berinjela todo mundo sabe fazer, e o creme de manteiga… afff… depois dou a receita certinha.

.

i

.

A sobremesa estava leve, simples, deliciosa e linda. Era uma pera cozida (eu acho a minha melhor, mas… clique neste link e veja a receita)

.

.

Apesar do atendimento frio e um pouco demorado, a comida estava deliciosa. Vale a pena! Quem estiver vindo a Paris, guarde esse cartão!

.

.

O que faz a gente sair de um restaurante feliz? A comida, claro! Quando boa, ela nos alegra, concorda? E bem alegrinhos fomos ‘ruá’!  😆

.

.

Êita que ‘ruá’ em Paris é a melhor coisa do mundo! Mesmo com o  tempo fechado, fazendo muito frio, você é surpreendido a todo momento – isso, sem gastar nadica (fora uma gorjeta aqui, outra ali e o almoço, claro!).

.


.

Quem conhece o Museu du Louvre?

.

.

Bem, conhecer todo o Museu do Louvre, originalmente uma fortaleza para proteger a cidade dos invasores (final do século XII) e depois, antiga moradia dos Reis da França, deve ser uma missão quase impossível.

.


.

Com área de 60.000 m², o museu é um dos maiores do mundo – em todos os sentidos, já que só ele possui 3 das 10 mais famosas telas do mundo

.


..

É preciso reservar pelo menos umas 4 horas para focar em algumas celebridades, dentre elas, a Vênus de Milo, que vai te provocar uma curiosidade danada pra saber como a danada perdeu os braços…

.

.

E o quadro mais famoso, comentado, reproduzido e valioso da história da arte?

.

.

Ah, leve óculos e vá de salto bem alto, pois com certeza, uma legião de fãs e braços (e celulares) estarão na sua frente. Sem contar a distância que separa seus olhos do sorriso da Mona Lisa.

.

.

Você ainda tem tempo para umas comprinhas?  😆

.

.

O CARROUSEL DU LOUVRE é o lugar ideal para tal, ainda mais se o dia estiver ameaçando chuva.

.

.

O CARROUSEL DU LOUVRE, no sub-solo do Louvre, é uma extensão do museu.

.

.

É tipo um shopping, coisa difícil de se encontrar na cidade luz.

.

.

O diversificado centro comercial possui de empresa de locação de veículos a restaurantes, fast-food, cafeterias, casa de chá, boutiques, banco, casa de câmbio, lojas de souvenirs, uma bilheteria para alguns museus de Paris, enfim…

.

.

Entre etcs e etcs, a Maison du Chocolat, a Ladurée, a Apple Store, a famosa Mariages Frères para um chazinho, a Fragonard, Sephora, L’Occitane, Nature et Découverte, Iwasin, Starbucks, até Printemps…

.

.

Ok, e num vai e vem do Séc. XXI, olha só…

.

.

Ainda podemos encontrar vestígios da era medieval.

.

.

A zona arqueológica com antigos fossos de Paris, fundações e muralhas de pedra que protegiam a cidade foi descoberta durante as obras.

.

.

Protegendo os vestígios do passado, as ruínas medievais foram preservadas.

.

.

Esculturas foram acrescentadas e o conjunto se tornou parte integrante do complexo, maravilhoso!

.

.

Mas o que ali tem de mais lindo é a Pirâmide Invertida. Sua ponta é direcionada para o chão, e foi concebida com a mesma polêmica da sua irmã mais famosa.

.

.

A imponente estrutura pesa 180 toneladas, mede 16 metros de largura e 7 metros de altura.

.

.

Existe um simbolismo… Reza a lenda que a pirâmide invertida é percebida como um cálice, símbolo feminino, enquanto que a pirâmide de pedra que existe bem embaixo dela, é interpretado como uma lâmina, símbolo masculino – a estrutura poderia, assim, expressar a união dos sexos.

.

.

Você acha que entra num lugar desse à luz do dia e ao sair, ainda estará claro? Nã nã nã nã não!

 

.

Mas vale a pena, só pra ver iluminada a irmã mais famosa da pirâmide invertida.

.

.

Carrousel do Louvre: Rue de Rivoli, 99 e Praça do Carrossel

Aberto de segunda a segunda – 10h às 20h.

Metrô Palais Royal – Musée du Louvre

Só lembrando: não é preciso comprar ingresso para entrar no Carrousel do Louvre

.

Restaurante Le Lulli: 4 Rue de Valois, 75001 Paris – Telefone: 01 42 96 72 20

.

CLIQUE AQUI PARA VER O POST ANTERIOR DESSA VIAGEM

Um dia assim… a cara de Paris! DE-LI-CI-O-SO!

.

CLIQUE AQUI PARA VER O PRÓXIMO POST DESSA VIAGEM

La cantine de Quentin no Canal Saint-Martin, atmosfera única e ‘unique’ em Paris!

.

Se quiser receber um e-mail avisando quando publicamos novo post, por favor, deixe seu email aqui. Obrigada, Dilu

Você poderá gostar de:

16 comentários em “Um dia em Paris

  1. Para dar mais seriedade ao meu comentário não vou te chamar de CUMADRE.
    DILU, você é FERA!
    Seus posts são lindos, seus comentários precisos e claros e você sabe tudo de gastrinomia.
    Mas o que mais me impressiona é o poder de saborear e o seu talento para definir e reconhecer sabores…
    É coisa de magia.
    Bj

  2. Adorei esse post miga! Uma verdadeira aula e um senhor roteiro! Realmente, todos os dias Paris vai te surpreender, ainda que fique 3 meses aí! Minha irmã vai a Paris duas a três vezes ao ano e morou na França durante 5 anos. Ela fala que todas vezes que vai conhece um montão de coisas novas! Não dá pra ficar entediado num lugar desses! Aí eu entendo sua carinha sempre feliz e linda!!!

    • Amiga do meu coração, vc inspirou um novo post. Nele, começo te citando! Vir, tenho fé em Deus que, em breve, voltaremos aqui juntas, quero te proporcionar muuuuuuuitos dias como esse. Escreve aí!

  3. Gente, eu vou ficar sonhando com essa viagem pra que o universo conspire e eu faça uma igualzinha, obrigada amiga por compartilhar e inspirar.

    • Ana Lucia querida, que Deus te ouça, que o universo conspire e que seus anjos te acompanhem. Fico daqui torcendo pra que tudo se realize o mais rápido possível. AMÉMMMMMM!!!!!

  4. Dilu,
    que fim de ano mágico este que vocês estão vivendo! Bom para a alma e para os olhos, só coisas lindas de se ver e de viver!
    E agora vai ficar completo com a chegada da Louise, não é mesmo?
    Estou daqui pegando uma carona neste viagem, kkk
    Saudades, kisses and kisses!!!

    • AngeKa, vc é a jeca mais chic que conheço! E a que mais amo tb, muitas saudades de você! Se eu pudesse pedir um presente pro Papai Noel, seria ter vcs aqui com a gente nesse final de ano. Como eu sou… assim ‘ó’… com Alguém lá em cima, acho que meu desejo será atendido!

Deixe seu comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CyberChimps